Traduzir
EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Participe de nossos abaixo-assinados
Petição Pública
Prezado Leitor, sua participação é muito importante para nós. Pedimos que, no site www.peticaopublica.com.br,
para cada abaixo-assinado de que você queira participar, digite seu nome completo, RG ou CPF e e-mail. Aproveite para recomendar o site a sua rede de contatos. Obrigada.
Lista de Links

Espiritualistas

 

  

Com agradecimento a trilhasdeluz.blogspot.com

 Querido Leitor, sua participação é muito importante para nós. Além de poder postar seus comentários sobre nossas matérias, aqui você pode publicar seus textos ou notícias. Mande-os, para aprovação, ao e-mail chamavioleta@terra2012.com.br. Você receberá, no prazo de 7 dias, um e-mail informando a data em que seu texto será publicado aqui em sua comunidade. Não esqueça de, no final do texto, informar a fonte, ou, se for de sua autoria, declarar que autoriza a divulgação pelo site. Obrigada.

O que são os walk-in?

14/05/2021

Este termo, Walk-In, é usado para designar a troca de uma individualidade em seus diversos níveis. É usado nos casos em que a Mônada já absorveu a alma e os demais núcleos de consciência inframonádicos. Esta é a transmutação monádica.
Também pode ocorrer naqueles seres em que a individualidade é composta de núcleos ainda não integrados entre si.

Este processo é conhecido desde os tempos antigos por parte dos ocultistas. No livro DAS LUKAS-EVANGELIUM, Rudolf Steiner (1861-1925) afirma: “Ocorre, por exemplo, que chegando à certa etapa de sua evolução uma individualidade necessite de condições distintas das que lhe foram dadas inicialmente. Pode suceder então que um ser humano, ao atingir determinada idade, de repente desmaie e pareça ter morrido. Nesses casos, produz-se uma transformação: o Eu abandona os corpos e outro Eu toma seu lugar”. Steiner complementa: “semelhante permuta de Eu produz-se também em outros casos; é fenômeno conhecido de todo ocultista.

O mestre tibetano Djal Kwul (D.K.), disse para Helena Blavastsky em 1920, que esse fenômeno é chamado de ‘Obsessão Divina’, o qual, segundo ele, seria cada vez mais comum nos anos vindouros”.

Disse D.K., que na “Obsessão Divina”, o indivíduo coopera voluntariamente com Aquele ser que procura inspirar ou ocupar veículos inferiores a ele, com o objetivo de ajudar a humanidade. Quanto mais a raça humana desenvolver a continuidade de consciência entre o físico e o emocional e mais tarde o mental, mais esse processo será freqüente e compreendido”.

Ruth Montgomery apresenta casos de walk-ins conhecidos, como Moisés e Lot, Enoch e Melquizedec do antigo Testamento; José do Novo Testamento; Cristóvão Colombo; Benjamim Franklin; George Washington; Thomas Jefferson; Abraham Lincon; Ghandi e outros que tiveram uma transformação total durante suas vidas, tendo tido suas individualidades substituídas por uma mais avançada, para contribuir profundamente no desenvolvimento da Terra.

O walk-in é sempre mais desenvolvido que o walk-out (o substituído) e seu trabalho evolutivo reflete no corpo que encarnar, inclusive ajudando na resolução de carmas.
Os walk-ins estão encarnados por todo o planeta.

Tantos relatos ilustram o que o ensinamento esotérico vem difundindo, que a lei da morte e renascimento começa a ser transcendida. Por esses meios pode se vir ao mundo sem passar pelo longo processo do reencarne.

Entretanto, é na transmutação monádica, que a lei de morte é transcendida por completo: a individualidade libera-se do que foram os átomos permanentes e desfaz os vínculos materiais. Nestes casos, a Mônada encarnante tem a possibilidade de transcender a lei do nascimento físico, se já não o houver feito antes.

Há casos em que a individualidade apenas faz “empréstimos” de seus corpos por um período que pode ser até o final da encarnação. Nesse caso a alma permanece dependente dos elos materiais, ligada aos átomos permanentes. Apenas pessoas muito atentas e despertas – ou videntes – podem identificar esse processo. Eu mesma tive essa experiência com um amigo com quem eu trabalhava em processos de cura (e que já se foi), alterando em muito o seu quadro familiar e do próprio trabalho.

Mesmo sendo uma entidade mais desenvolvida que ocupe o corpo, há de se assinalar que os transtornos emocionais que podem acompanhar o processo são, por vezes, inevitáveis e sem real compreensão dos envolvidos.

Para encerrar, vamos citar Goethe, que em sua sabedoria, disse: “Um homem não chega a compreender coisa alguma, a menos que a ame”.

Muita luz!

Fonte: Site Cura e Ascensão

Carta psicografada de Henry Borel para Monique Medeiros

11/05/2021
Fonte: Youtube

Jesus

04/03/2018

Experiência de quase morte

05/12/2017

experiência de quase morte

Fonte: Youtube

Use o fogo sagrado em seu dia a dia

12/11/2017

Nove dicas de Saint Germain: o Fogo Sagrado em seu benefício!

1. Começa o dia com Gratidão, Luz e Proteção
Mesmo que tenhas dormido mal e estejas cansado, sê grato por este novo dia.
Expande-te e dize: “Hoje eu vivo para a alegria!”.
Isto é uma grande disciplina e o êxito aumentará dia a dia.
Então te envolve em um reluzente casulo de Luz.
Este campo de energia pulsante te protegerá durante todo o dia. Ele transpassa cada célula do teu corpo físico e é alimentado pela tua Divina Fonte.
Sente este reluzir e brilhar como agradável calor, como tua Divina Força de vida e te sente abrigado nesta proteção.
Como bênção especial, quero dar-te a poderosa transmutadora força da Chama Violeta.
Vê-te envolvido por ela. Que este invólucro onde todo o negativo se dissolve, te envolva sempre.
Se tiveres dificuldades em teu mundo externo não permitas que se instalem dentro de ti. Se pensares em Saint Germain podes vencer todas as dificuldades.

2. Magnetiza a água: A Água da Vida
De manhã, prepara um copo com água limpa. Ergue o braço esquerdo e coloca a palma da mão virada para cima, e a palma direita sobre o copo, abençoando a água e dize as seguintes palavras:
“Eu Sou a Presença Divina que carrega esta água com a essência divina da vida, que eu bebo agora e que renova os meus corpos com perfeita saúde e eterna juventude.”
Bebe então a água, mantendo a mão esquerda para cima, e passa a mão direita algumas vezes sobre a barriga, partindo do lado esquerdo, subindo até o arco das costelas e então para o lado direito e para baixo até a virilha esquerda.
Este exercício deve ser executado exatamente como foi descrito.
Procura manter na consciência:
“Eu Sou a atividade perfeita de cada órgão e cada célula do meu corpo.”
Dize muitas vezes:
“Eu Sou a perfeita saúde que se manifesta em cada órgão do meu corpo.”

3. Usa a Luz Violeta no banho: A Ducha Violeta
Quando sentires o efervescente jato da ducha de manhã em teu corpo e imaginares os raios d’água transpassados pela Luz Violeta, sentirás como tudo que oprime é levado pelas águas.
Purificadoras e curadoras energias te transpassam e envolvem – entrega-te completamente a este sentimento vibração da alegria aproxima se da vibração do amor!

4. Escolhe o Programa Certo
Nunca mais te ligues a programas de medo, de dúvida, de raiva!
Através do medo te tornas exposto a agressões e manipulações em todas as esferas da tua vida!
Abre-te aos caudais de Luz da tua Divina Fonte coloca a torrente de Luz contra o medo, a doença e todas as imperfeições deste mundo.
Tu és um filho da Luz e estás abrigado na divina corrente da misericórdia.
Preenche tua casa, tua família e tudo ao teu redor com esta divina perfeição – não permitas mais outros pensamentos.
Tu és um ser de Luz – inatingível pela escuridão e inferioridade.
Tua vestimenta protetora de Luz com a luminosa aura violeta te envolve e tu sabes: afasta todas as causas que destroem o desempenho correto e harmonioso do teu corpo!

5. O perdão como uma força de cura
Um ponto importante é o perdão – deixa de lado todos os pensamentos e sentimentos negativos, do contrário teu corpo físico não poderá usufruir saúde.
Então trabalha com as Forças das Chamas e não desanimes se as doenças ainda continuarem a existir.
Teu corpo precisa ser purificado preparado para a Nova Era.
Não existe melhor remédio do que as Forças do Fogo Sagrado em todas as suas formas: a purificadora e transmutadora Luz Violeta, a curadora Chama Verde e a calmante Luz Crística.

6. Respira Corretamente: usa o invólucro violeta
Respirar é viver – é espírito – é alimento, e a respiração profunda e rítmica é uma boa base para a saúde. Porém o elemento ar tem dificuldade de se manter sempre purificado para os filhos da Terra – assim fala a Mestra Áries.
Muita imperfeição impregna o elemento Ar, e ar puro tornou-se uma raridade para o homem.
Mas aos amados alunos da Luz, que trabalham pela purificação da Terra, queremos apresentar um serviço extra:
Nós agora criamos um delicado e fino invólucro para ti, que te protegerá de todas as imperfeições do ar, dando-te a possibilidade de absorver, por assim dizer, sempre ar puro e filtrado.
Imagina este véu, esta proteção como irradiante e cintilante substância que tem um leve vislumbre violeta. Esta delicada e irradiante substância de Luz purifica a atmosfera em volta de ti.
Apela a mim e aos amados ajudantes do ar, para te dar este envoltório e construí-lo sempre, para que esteja constantemente a tua disposição.
Este delicado invólucro de substância violeta te protege contra cheiros desagradáveis de toda espécie e também contra diversas irradiações nocivas.
Pratica agora! Trabalha diariamente com esta proteção! Pede aos Amigos Anjos ajuda, este invólucro te protegerá também em tempos de crise, quando energias destrutivas estiverem em tua volta.

7. Alivia as dores com a Luz Violeta
Quando tiveres dores – ergue o braço esquerdo com a mão espalmada para cima.
Visualiza a Chama Violeta penetrando e percorrendo este braço até o coração e daí passando pelo direito e coloca o polegar direito e o dedo indicador juntos no local onde tiveres dor, pensa ou fala baixinho, porém com determinação:
“Eu Sou a Poderosa e Transmutadora Chama Violeta!”
Dize-o inúmeras vezes e sentirás o Fogo.
Tuas mãos tornar-se-ão quentes, minha corrente as transpassará – a purificadora Luz Violeta!
Em seguida, repete o mesmo exercício de modo inverso (erguendo a mão direita) e dize baixinho, com determinação:
“Eu Sou a Divina e Curadora Luz Crística!”
Esta Luz Crística é uma poderosa Força! Senti-la-ás flamejando através dos teus dedos.
Não duvides nem um momento!
Porém, primeiro transmutar, depois curar!

8. Cura Para os Amigos
Se quiseres curar uma pessoa, apela por sua Presença Eu Sou para dosar a irradiação corretamente.
Dize as palavras:
“Poderoso Eu Sou na corrente de vida de (Nome): deixai fluir vossa Energia Eletrônica através de cada célula do seu corpo e sentimento para que tudo se transforme em Perfeição instantaneamente.”
Se colocares estas energias curadoras em movimento, visualiza-te em teu invólucro protetor de Luz, levanta tua mão esquerda aberta, sente o afluir das Energias Divinas e deixa-as passar pelo teu coração preenche-as com a Chama do Amor – e envia esta irradiação com a mão direita – e vê a corrente de vida inundada por esta Luz Violeta.
A pessoa beneficiada pode estar perto de ti ou mesmo distante.
Na esfera espiritual não existem distâncias.
A Chama Violeta foi dada aos homens desta época para neutralizar o mal. É a grande possibilidade de dissolver o acumulado carma negativo dos homens e libertar o mundo dos poderes da treva.

9. Leva Luz ao Mundo
Leva a Chama Violeta contigo, ancorando-a nos lugares onde andas e te encontras! Visualiza como teu corpo está preenchido pela Chama Violeta. E como em toda parte ela se fixa sobre o solo, lançando raízes para dentro da Terra.
Queres fazer isto para mim? Lembra-te: podes fazê-lo!
De outra forma eu não pediria.
Mãos à obra, com alegria.
Sabe que estou contigo para dar-te toda a ajuda possível.
Anda, então, envolvido no teu irradiante traje de Luz para levá-lo à escuridão, preenchendo-a com Raios do Amor, e ancora a Força da Paz onde ainda houver discórdia.

Amigos do Meu Coração:
Eu Vos Amo!
Saint Germain

Fonte: Anjo de Luz

Cidade espiritual do pecado

06/11/2017

A cidade do pecado

     Normalmente não atendemos à distância, mas recebi uma solicitação de atendimento de além-mar e, como se tratasse de um caso que envolvia uma grande quantidade de espíritos em estado de sofrimento, além da própria pessoa que solicitou atendimento, resolvi abrir uma exceção.

     A consulente é mulher, psicóloga, mas tbm possui formação como terapeuta de vidas passadas e hipnóloga, além de ter trabalhado com tarot, astrologia, numerologia e reiki. Resumindo, uma típica terapeutaholística.
     Ela própria descreveu no e-mail as situações pelas quais está passando e que a levaram a buscar ajuda: “Neste preciso momento que estou a escrever o mail, estou com uma dor terrível nos ombros costas e nuca, uma dor que vem de repente. Sofro também de uma dor extremamente forte no plexo solar com a qual fico sem ar e parece que me estão a sufocar e a queimar por dentro… tenho sintomas de diarreia, vomitos, essa dor e ultimamente um prurido imenso na zona genital…  tenho outras situações como sentir imenso frio principalmente à noite,… sinto presenças… também sinto um calor muito forte ao redor das orelhas,… Já ouvi vozes, já ouvi a darem-me instruções, já dei por mim a dar conselhos negativos a algumas pessoas.”
    A consulente ainda relata que: “Outra situação é que já tive sonhos muito reais em que vi colónias no astral de pessoas que estavam presas e eram escravos sexuais. Eu própria desde muito pequena que tenho sonhos de carater sexual nada normais para a idade e pensamentos recorrentes com o mesmo conteúdo, estou a falar de quando era mesmo muito pequena desde os 3, 4 anos. Também já dei por mim a sugar energeticamente pessoas, ou melhor, algo as sugava através de mim… Sinto presenças com frequência e aconteceu por várias vezes que quando mencionam o nome de alguém já falecido em algumas situações choro compulsivamente mas como se estivesse alguem a chorar através de mim. Sei que tenho alguma mediunidade…  Estou a desesperar, já não sei o que é verdade, o que não é, a quem recorrer… sinto-me no dever de lhe avisar que as pessoas que me tentaram ajudar de alguma forma foram prejudicadas e eu não quero isso, mas preciso procurar ajuda para continuar a minha caminhada.”
     Já deu para ter uma ideia dos problemas da consulente e no atendimento tratamos de 6 (seis) frequências dela, onde a quantidade de espíritos que foram resgatadas foi de quase 1.000.000 (um milhão). A primeira frequência em que a encontramos, devido ao caráter de alerta que pode ter para muitas pessoas, vai ser objeto deste post; as demais vou relatar na sequência.
A cidade do pecado
     Ao se conectar com a consulente a médium foi parar num local que poderíamos descrever como um paraíso sexual para os viciados em sexo. Trata-se de uma cidade umbralina onde se reúnem espíritos de pessoas encarnadas (desdobradas) e tbm espíritos desencarnados, para fazer sexo.
     Nessa cidade umbralina, onde os prédios eram todos negros e o cheiro era pútrido e nauseante, havia jovens e velhos, homens e mulheres, heterossexuais e homossexuais, enfim, pessoas com características e orientações sexuais diversas, mas com um elemento em comum, o desregramento sexual.
Por desregramento sexual estamos nos referindo à prática sexual exagerada e promíscua. Não se trata de moralismo, mas de descrever a maneira como essas pessoas utilizam sua energia sexual e as consequências que podem advir disso.
Na cidade do pecado as pessoas andam todas nuas, homens e mulheres, e seus órgãos genitais são deformados. Vamos descrever alguns dos espíritos que foram vistos para vcs terem uma noção.
     Vimos uma mulher nua correndo pela rua, ela tinha cabelos compridos, era muito magra e o corpo estava coberto de feridas. Estava pálida e com olheiras escuras ao redor dos olhos, uma moça estilo gótico. Tbm andando por ali havia um homem jovem, tbm nu, cujo órgão sexual era tão grande que o pênis era mais comprido que suas pernas e ele andava com dificuldade arrastando o membro genital pelo chão. Seus olhos eram vermelhos e parecia hipnotizado, em transe. Esse dois eram desencarnados mas a maioria dos milhares de habitantes da cidade do pecado é composta por pessoas encarnadas que vem em desdobramento ou durante o sono. Os espíritos das pessoas encarnadas circulam ali embriagados ou alucinados, bebendo, fumando e usando drogas, todos à procura de sexo.
     Uma moça estava sentada numa calçada nessa cidade, escorada na parede de um prédio, nua, e no local de sua vagina havia um buraco escuro, como se ela tivesse lepra e tivesse perdido pedaços de carne ao redor da vagina. Enquanto observávamos passou um rapaz por ela e a moça ficou fitando ele com um olhar de desejo desesperado, querendo fazer sexo com ele ali mesmo.
     A consulente estava nesse local tbm, mas sua aparência não era como a dos demais pois ela apresentava-se com o corpo sem deformidades,  com um vestido curto, cinta liga e fumando uma cigarrilha. Ela é a “prefeita” dessa cidade que na verdade é um imenso bordel umbralino. Ela é uma vampira sexual e se alimenta da energia sexual de outros espíritos. Ela circula com desenvoltura pelo local, sugando energeticamente quem lhe agrada.

Não é preciso para a consulente fazer sexo com algum espírito para sugar-lhe as energias, embora ela o faça tbm, mas basta ela aproximar a boca como se fosse beijar o outro espírito e da boca dele sai a energia que ela absorve, na forma de uma fumaça tênue. Vários espíritos ali se arrastam na direção dela, gemendo e gritando, implorando por um pouco de prazer.

     Nosso organismo tem uma capacidade limitada de gerar energia sexual. Num ato sexual “normal” onde há uma troca de energias a energia gasta é reposta com a energia do parceiro. Entretanto, a prática sexual exagerada faz com que o organismo gaste mais energia do que o chacra sexual pode gerar pois antes que ele possa se recuperar de uma perda a pessoa faz mais sexo.
     Para satisfazer a demanda, a energia de outros centros energéticos (chacras) é direcionada para o centro genésico (chacra sacro), levando a pessoa a uma desarmonia energética acentuada. Com o tempo todo o conjunto de chacras fica debilitado e podem surgir várias doenças no corpo físico. Na consulente o efeito inicial foi o tal prurido na área genital.
     As pessoas que estão nessa cidade desdobradas, na maioria jovens, parecem não perceber as deformidades em seus corpos. Muitos se desdobram sob efeito de drogas como cocaína, crack, álcool, maconha, etc., e esta cidade umbralina está ligada aqui na dimensão física a vários prostíbulos, casas de massagem, boates e bares/pubs.
     De várias partes do mundo pessoas se desdobram e vão parar nessa “cidade do pecado”, atraídos pela energia afim (afinidade vibratória). Vimos vários locais aqui no Brasil, na Costa Rica, nos Estados Unidos e em várias cidades da Europa. No momento em que fizemos o atendimento o número de espíritos que esavam nessa cidade era de uns 4.000, em sua maioria jovens encarnados desdobrados, mas esse número aumenta consideravelmente em finais de semana e à noite.
     Começamos a recolher esses espíritos com auxílio de nossa equipe espiritual e nesse momento a consulente começou a nos atacar, pois não queria que os espíritos fossem retirados dali. Apagamos a mente dela e a reacoplamos em seu corpo físico.
Príapo
     Na mitologia grega Príapo era o deus da fertilidade e geralmente era representado com um pênis ereto de tamanho exagerado. A consulente mantinha esse lugar juntamente com um ser com a aparência desse fauno grego da fertilidade.
     Este espírito, que comandava a “cidade do pecado” juntamente com a consulente, não reencarna há mais de 2.500 anos. Sua última encarnação foi na Grécia antiga e ele foi um jovem libertino viciado em sexo. Quando morreu foi para um local no astral onde haviam outros espíritos viciados em sexo como ele e acabou se especializando em vampirismo sexual.
     Desde então assumiu a forma do deus grego Príapo, um fauno superdotado, com pernas peludas, cascos e uns chifrinhos de bode retorcidos. Quando o localizamos, escondido numa caverna nos arredores da tal cidade, ele entrou em luta corporal com um dos membros da nossa equipe, mas foi subjugado. Havia tbm um templo parecido com o Partenon, onde ele fazia suas orgias, que foi destruído, assim como essa cidade-bordel umbralina.
     Essa foi apenas uma das frequências onde encontramos a consulente e destacamos para que as pessoas procurem entender que somos livres para fazer o que quisermos, mas somos obrigados a arcar com as consequências. Bebida, drogas e sexo podem nos proporcionar um prazer imediato, mas seu uso abusivo provoca profundas desarmonias em nosso espírito, que a médio e longo prazo nos causam muitos sofrimentos, que geralmente se perpetuam na encarnação seguinte, onde nascemos com o organismo debilitado, com doenças ou deformindades genéticas.
Gelson Celistre
Fonte: Apometria Universalista

Plutão também é planeta prisão

06/11/2017

Plutão – O planeta prisão

     Em 1930 a comunidade científica batizou um recém descoberto planeta com o nome de Plutão. O nome foi sugerido por uma menina de 11 anos que gostava de astronomia e mitologia. Plutão é o equivalente romano de Hades, o deus grego dos infernos.

Plutão
     Passados 90 anos, em 2006, Plutão foi “rebaixado” da categoria de planeta para “planeta anão”. Apesar de pequeno, pois possui apenas um terço do voluma da nossa Lua, Plutão possui 5 luas, sendo que a maior delas, Caronte, possui metade do seu diâmetro. Plutão e Caronte parecem dançar um com o outro e o centro de suas órbitas fica no espaço entre eles, motivo de alguns especularem se tratar de um planeta anão binário.
Mas além de ser um aglomerado de rocha e gelo, Plutão pertence a uma categoria muito específica de orbe, ele é um “planeta prisão”.  Assim como existem penitenciárias aqui na Terra para punir ou coibir a a ação daqueles que se recusam a agir segundo a lei, no universo esse tipo de solução temporária também se faz necessária.
Através do trabalho que exercemos com a apometria, pudemos perceber que não existe uma razão direta entre a evolução tecnológica e a evolução “espiritual”, ou seja, o fato de dominarmos tecnologias cada vez mais avançadas em todas as áreas das ciências não nos torna seres melhores, no sentido de adquirimos valores éticos. Existem inúmeras raças alienígenas altamente desenvolvidas tecnologicamente, que se comportam de modo igual ou pior que nós humanos.
Ao contrário do que muitos pensam, a maioria dos ETs que visitam a Terra são hostis e estão aqui para explorar as riquezas naturais do planeta, com planos de dominação e escravização da raça humana. Enquanto para alguns somos comida, literalmente querem nos comer, outros que se alimentam de energias mais sutis pretendem viver como parasitas dentro de nós, apenas para citar as situações mais comuns.
A Terra atrai seres de toda espécie e com as mais variadas intenções, pois é um planeta primitivo onde existe vida numa dimensão material densa e muitas civilizações alienígenas vêm aqui nos estudar, assim como nós estudamos nossas sociedades primitivas, com a finalidade de descobrir suas origens há muito perdidas.
Já enviamos vários seres para essa prisão em Plutão e alguns antes de serem exilados em outros planetas passam por ali para sofrerem alguns ajustes energéticos antes de começar sua nova jornada no exílio. Existe uma interpretação errônea de que o espírito não regride mas afirmo com convicção que aqueles seres que se recusam obstinadamente a seguir as Leis, acabam tendo sua mente completamente apagada e sua consciência volta a estagiar em reinos inferiores, como o mineral, o vegetal e o animal. De fato já acompanhamos alguns seres que foram exilados em planetas em estágio extremamente primitivo onde a vida mais evoluída equivaleria a de uma ameba, e foi em criaturas assim que eles passaram a viver.
Essa prisão de Plutão é feita com barreiras energéticas, campos de força, e é monitorada remotamente, não existem guardas ou algo do tipo vigiando o local. Devido à forma como esses campos de força foram construídos e são mantidos, somente seres com um elevado padrão vibratório conseguem adentrar no local. Um médium desdobrado, por exemplo, não consegue.
A maioria dos seres aprisionados ali não possui mais o corpo astral, mas possuem um corpo mental superior já desenvolvido, geralmente criaturas que foram magos negros aqui na Terra ou coisa pior em outros planetas.
Já ouvimos falar que Hitler estaria preso em Plutão mas ele nunca esteve lá; depois de morto ele foi exilado mais de uma vez, pois várias facções nazistas no astral ainda tentam trazer ele de volta pra Terra e já haviam descoberto a localização do primeiro planeta onde ele tinha sido exilado, o que obrigou a um novo exílio, desta vez em um local bem mais sigiloso e de conhecimento de pouquíssimos seres de elevada hierarquia espiritual.
A Terra também já foi planeta de exílio ou prisão para vários tipos de seres, embora de uma maneira diferente pois os seres que vieram exilados foram integrados nas civilizações menos desenvolvidas que já existiam aqui, com a ideia de que seu intelecto mais adiantado auxiliasse na evolução dos seres que aqui viviam. Já falamos sobre um planeta prisão chamado Krazu, de onde alguns exilados aqui da Terra conseguiram escapar.
No caso de Plutão os que vão para lá é para serem contidos e não para se reabilitar, ficando ali até que encontrem algum local onde a inserção deles no ambiente não cause mal a nenhum ser, geralmente em planetas em formação. Interessante que o nome dado ao planeta é o mesmo de um deus que controla os infernos pois na prática é isso mesmo que Plutão faz, mantém os seres infernais presos.

Gelson Celistre

Fonte: Apometria Universal

Conheça KRAZU, um planeta-prisão

06/11/2017

Krazu – O planeta-prisão

     Nestes tempos de transição planetária muito se fala em exílio e a maioria das pessoas acredita que todos os seres irão para o tão falado “planeta-chupão”, citado pelo Chico Xavier, denominado “planeta higienizador” por Ramatis, e também conhecido por Hercólubus, Nibiru ou Marduk. Entretanto, sabemos que existem vários planetas para onde os exilados estão sendo transferidos pois em nossos trabalhos já acompanhamos o translado de várias entidades que foram exiladas.
Krazu – O planeta-prisão
     Em termos de densidade da matéria, o planeta Krazu é feito de uma matéria mais etérica que a Terra, mais próxima da matéria da nossa dimensão astral do que da física. Em termos de tamanho ele é bem menor que a Terra. Existem montanhas e grandes planícies áridas neste planeta e a vegetação de porte é escassa, com predominância de plantas rasteiras. Há animais em estado selvagem semelhantes ao nosso cavalo, mas a pelagem é semelhante ao dos nossos extintos mamutes, com pelos marrons longos, emaranhados e as patas são maiores.
     Lá existem homens, mulheres e crianças, ou seja, mesmo sendo feito de uma matéria mais diáfana lá também ocorrem mortes e renascimentos. Tecnologicamente os habitantes do planeta Krazu são muito primitivos, se comparados com o estágio atual em que nos encontramos aqui na Terra. Se fôssemos fazer uma comparação, eles vivem de modo semelhante às nossas primitivas comunidades da Idade Antiga, que viveram há cerca de 4.000 anos a.C.
     Há algumas cidadelas, sendo talvez mais apropriado chamá-las de aldeias grandes. Eles praticam a agricultura mas o terreno na maior parte do planeta não é fértil, e por isso as cidadelas acabam sendo criadas nos arredores das plantações. Há rios e lagos, mas a água é escura e mais densa se comparada com a nossa e desses rios eles retiram alimento também, que são animais semelhantes aos nossos peixes, porém sem escamas, tendo uma pele escura e oleosa. Existem aves negras e pequenas que voam em bandos, assim como insetos em geral.
     As casas deles são bem rústicas, semelhantes às construções de barro e telhado de palha que vemos em regiões do interior do Brasil. O planeta tem duas estações climáticas cíclicas, uma de calor e outra de frio, onde as temperaturas são extremas como em nossas regiões desérticas, onde faz muito calor durante o dia e muito frio a noite, só que lá ao invés de ocorrer isso num dia ocorre no que seria um ano. Lá eles também tem nuvens e chuva. Na estação de frio o tempo fica mais escuro e ocorrem muitas tempestades. Existem doenças tbm pois foi visto uma uma mulher com o corpo coberto de feridas.
     Um fato interessante é que não se enxerga algum sol como fonte de iluminação ou calor e os “dias” não têm noite como aqui. Talvez fosse mais apropriado comparar o dia deles com os dias que temos na Antártica, onde um dia dura seis meses e uma noite também. O céu parece estar sempre nublado. Em função disso as pessoas não parecem ter um ciclo regulado de vigília e sono como nós, apesar de dormirem quando se sentem cansadas. Comparado ao nosso tempo, o tempo de vida médio de um habitante do planeta Krazu é de 40 anos.
     A pele dos habitantes é escura e parece “emborrachada”, todos usam cabelos curtos e se vestem com tecidos grosseiros e escuros. Seus rostos são inexpressivos e a estrutura física de todos é muito similar (não foi vista nenhuma pessoa gorda lá). Eles tem um tipo de escrita mas muito poucos sabem ler e escrever. Não foram vistos veículos de tração animal lá, apenas algo parecendo pequenos barris com rodas mas puxados por pessoas.
     Existe também uma estrutura política teocrática onde o poder é exercido por uma pessoa “escolhida” pelos “deuses”. As autoridades siderais eventualmente aparecem nesse planeta e escolhem um líder, a quem vão passar instruções de como agir e do que fazer. Esse seres são vistos como deuses e sua autoridade não é questionada. Eles tem um tipo de moeda lá, feita de uma pedra chata e escura, com algumas inscrições nas faces. Não foi visto nenhum tipo de escola ou similar e nem templos que denotassem alguma religião. Embora houvesse a manifestação dos “deuses” na escolha do líder esses deuses parece que não exigiam adoração ou culto.
     Os três seres que haviam escapado desse planeta haviam sido exilados por estarem perturbando aqui na Terra e mesmo nascendo naquele planeta eles tinham uma estrutura mental superior à dos habitantes “nativos”, o que fez com que se revoltassem contra as determinações do governante local, incitando rebeliões, e fossem presos lá também. Estar vivendo naquele planeta já era uma prisão para eles (mesmo que não lembrassem de terem sido exilados) e devido ao seu temperamento belicoso acabaram também infringindo as leis do local, sendo presos lá como uma espécie de criminosos.
     Encontramos um prédio maior que os demais que devia ter a função de um presídio, apesar de muito rústico, semelhante a um barracão, sem divisórias internas, com pouca ventilação e muito quente, onde havia várias jaulas de ferro, sendo que em três delas estavam os seres exilados. Eles eram mais inteligentes que os nativos e todos sabiam ler. Um deles teve acesso a um livro, provavelmente de magia, e foi através do conhecimento que obteve nesse livro que conseguiu acessar mentalmente seus comparsas aqui na Terra, talvez através de algum tipo de projeção mental.
     Vimos o momento em que o portal se abriu e três seres chegaram no tal barracão para resgatar os exilados. Um deles, o líder dos três, estava com esse livro nas mãos e em estado de profunda concentração. Os seres que vieram através do portal trouxeram três trajes, semelhantes a uma armadura, que foram vestidos pelos prisioneiros para poderem vir para o astral da Terra. Essa armadura era semelhante a do “predador” dos filmes do cinema, com algumas partes parecendo de metal rígido e outras como se fosse uma pele ou tecido.
     Uma descrição mais precisa seria de uma roupa de mergulho com algumas partes mais salientes feitas de metal. O capacete desse traje era arredondado na parte de trás da cabeça, mas na parte do rosto ele seguia as conformações do nariz e boca, como se fosse uma máscara. Apesar de não serem visíveis, internamente havia tubos que se conectavam na boca e nariz dos seres, o que indica que eles “respiravam” através de algum filtro aqui na Terra.
     No momento em que o portal se abriu tudo ao redor parece ter se congelado, como se o tempo tivesse parado, de modo que somente os três seres que iriam fugir percebiam o que estava ocorrendo, para os demais o tempo parou e quando voltou as três jaulas simplesmente estavam vazias. Esses seres que foram exilados tiveram muito poder aqui na Terra em tempos remotos, foram magos negros no Egito e na Ásia e mais recentemente, antes de serem exilados, criaram um vírus extremamente mortal que se tivesse sido dispersado aqui na Terra poderia ter dizimado grande parte da população do nosso planeta. Esse virus foi criado por eles aqui no físico, estavam encarnados, e foi em 1915, ou seja, estavam exilados há poucas décadas.
     Quando morreram aqui no físico foram imediatamente presos numa região aqui do astral da Terra mas tentaram fugir e então a alta espiritualidade decidiu exilá-los nesse outro planeta, de onde conseguiram fugir em 1996, mas para onde foram enviados novamente. Só que dessa vez foram efetuados alguns procedimentos na mente deles para que não tenham lá a mesma desenvoltura intelectual que tiveram antes.
     Para os seres que foram exilados o planeta era uma prisão mas para a grande maioria dos outros espíritos que viviam lá era apenas o local onde estavam cumprindo sua jornada evolutiva, não necessariamente por punição. Assim como a Terra foi para os seres exilados aqui, como os capelinos, um planeta-prisão e para muitos que estavam reencarnado aqui era apenas mais um degrau evolutivo pelo qual tinham que passar, sem estarem aqui por punição.
     Qualquer planeta pode servir como planeta-prisão, por mais adiantado que seja, se os espíritos forem impedidos de sair dele e se estes espíritos tiverem vindo de um local mais adiantado. O exílio está ocorrendo já há vários anos e muitos planetas estão servindo de “prisão”. Entretanto, em muitos deles a mente dos exilados, embora ainda devotada ao mal, vai promover um avanço intelectual que inevitavelmente vai auxiliar na evolução desses orbes. Assim a providência divina, mesmo punindo um ser, promove com isso o benefício de outros seres e indiretamente do próprio punido.
Abraço.
Gelson Celistre
Fonte: Apometria Universalista

RAMATIS ensina-nos como será a nova Terra

01/11/2017

RAMATIS

Fonte: Youtube

As encarnações de Hitler

01/11/2017

hitler

Fonte: Youtube

« Próximas
Rádio Anjos de Luz

Com agradecimento à Fada San. Visite www.anjodeluz.net

Meu perfil
Perfil de usuário Terra 2012 .
Leitores do Terra 2012 pelo mundo
free counters
Escreva para a grande fraternidade branca

Grande Fraternidade Branca
Com agradecimento ao Espaço Hankarra. Visite hankarralynda.blogspot.com

Prezado Leitor, se você é uma pessoa solitária, quer desabafar ou deseja uma opinião fraterna e desinteressada sobre algum problema que o aflige, escreva-nos carta para o endereço informado no rodapé do site, ou, se preferir, mande e-mail para grandefraternidadebranca
@terra2012.com.br
.

Todas as correspondências serão respondidas no menor prazo possível.

arvore

Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE!

Gato no notebook

DÚVIDAS? Fale com o Administrador gtm@terra2012.com.br

Acessar Webmail Terra 2012