; charset=UTF-8" /> Terra 2012 » Vamos estudar
Participe de nossos abaixo-assinados
Petição Pública
Prezado Leitor, sua participação é muito importante para nós. Pedimos que, no site www.peticaopublica.com.br,
para cada abaixo-assinado de que você queira participar, digite seu nome completo, RG ou CPF e e-mail. Aproveite para recomendar o site a sua rede de contatos. Obrigada.
Lista de Links
Sala de atendimento
Clique na porta
para acessar Porta

Vamos estudar

Novas regras para o curso de Medicina e Programa “Mais Médicos”

11/07/2013

Um total de 715 médicos formados no exterior indicaram municípios para participar do programa Mais Médicos. Desses, 194 são brasileiros que se formaram fora do país e 521 são estrangeiros. Os profissionais têm até segunda-feira para confirmar a participação no programa.​

Os médicos com diploma estrangeiro foram alocados em 268 cidades. A maioria fez opção por trabalhar em municípios da Região Sul (204), seguida da Sudeste (162). O Nordeste deverá receber 153 desses médicos, o Norte, 137, e o Centro-Oeste, 59. Os médicos com diploma estrangeiro vão atender no Sistema Único de Saúde (SUS), na atenção básica, em periferias das grandes cidades e no interior do País.

Outros 367 brasileiros indicaram novamente as opções de municípios em que desejam atuar, em uma segunda oportunidade dada a esse grupo com prioridade nas vagas. Eles também têm até o dia 12 para confirmar a participação.

De acordo com o Ministério da Saúde, os médicos com diploma estrangeiro que confirmarem a participação no programa podem procurar as embaixadas para solicitar a emissão do visto a partir do dia 13 de agosto.

 

Os profissionais com diploma estrangeiro que atuarem no Mais Médicos não precisam fazer a Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior (Revalida) e irão trabalhar por três anos. Eles só poderão atuar dentro do Mais Médicos e na região para a qual foram selecionados. Os médicos terão a supervisão de uma universidade durante o período de participação no programa e recebem uma bolsa de R$ 10 mil.

 

Os profissionais formados no Brasil e os que têm diplomas revalidados no país terão prioridade nas vagas. As vagas que não forem preenchidas por eles serão ocupadas por médicos brasileiros que se formaram no exterior e, em seguida, pelos estrangeiros.

 

Entenda o ‘Mais Médicos’
- Profissionais receberão bolsa de R$ 10 mil, mais ajuda de custo, e farão especialização em atenção básica durante os três anos do programa.
- As vagas serão oferecidas prioritariamente a médicos brasileiros, interessados em atuar nas regiões onde faltam profissionais.
- No caso do não preenchimento de todas as vagas, o Brasil aceitará candidaturas de estrangeiros. Eles não precisarão passar pela prova de revalidação do diploma
- O médico estrangeiro que vier ao Brasil deverá atuar na região indicada previamente pelo governo federal, seguindo a demanda dos municípios.
- Criação de 11,5 mil novas vagas de medicina em universidades federais e 12 mil de residência em todo o País, além da inclusão de um ciclo de dois anos na graduação em que os estudantes atuarão no Sistema Único de Saúde (SUS).

 

 

Diferentemente do que informou o ministro da Educação, Aloizio  Mercadante, no lançamento do programa Mais Médicos, os estudantes de medicina  que começarem o curso a partir de 2015 só receberão o diploma depois de oito  anos de curso, o que inclui os seis anos da formação atual e os dois em que  terão de trabalhar na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS)

A medida provisória (MP) instituindo o programa Mais Médicos, com ações  voltadas para a saúde pública, diz que “o diploma de médico somente será  conferido ao estudante de medicina aprovado no segundo ciclo de formação”, ou  seja, após os dois anos no SUS. A MP foi publicada no Diário Oficial da União  desta terça-feira.

Na segunda-feira, após a cerimônia de lançamento do programa, os ministérios  da Educação e da Saúde bateram cabeça. Os dois dizem que o segundo ciclo da  formação será obrigatório, mas discordam em um ponto: enquanto a Saúde informou  que o médico teria diploma só após os dois anos no SUS, Mercadante saiu da  reunião dizendo que, após os seis anos do primeiro ciclo, eles estariam formados  e com diploma.

— Ele sai médico em seis anos, com diploma, mas ele ainda terá um segundo  processo de formação — afirmou Mercadante.

Os dois anos adicionais valerão para todas as escolas de medicina públicas e  privadas do país, mas ainda vão demorar a ter resultados. Os estudantes vão  começar esse segundo ciclo da formação apenas em 2021, quando tiverem passado  pelos seis anos do primeiro ciclo de formação.

O Conselho Nacional de Educação (CNE) terá um período 180 dias, contados a  partir desta terça-feria, para regulamentar a questão e definir as diretrizes  desse segundo ciclo do curso de formação dos médicos. Além disso, o Congresso  poderá alterar a medida nos próximos 120 dias e, caso não a aprecie neste prazo,  a MP perde a validade.

Hoje, o curso de medicina prevê quatro anos de formação teórica e dois de  estágio obrigatório em regime de internato, totalizando seis anos. A partir de  2015, os alunos de medicina continuarão a fazer um curso de seis anos, mas  depois disso passarão um ano no serviço de atenção básica do SUS e, depois, mais  um ano nos serviços de urgência e emergência, como o Serviço de Atendimento  Móvel de Urgência (Samu).

O discurso oficial é que a medida, baseada em modelo britânico e sueco, vai  melhorar a formação do médico brasileiro. Mas, na prática, também permitirá um  afluxo maior de profissionais ao SUS, com 20,5 mil médicos em 2021 e o dobro  disso em 2022. Dados do Ministério da Saúde mostram que 80% dos problemas de  saúde podem ser resolvidos pelo serviço de atenção básica.

Diferentemente da residência, em que o médico se especializa, os dois anos no  SUS serão voltados à atenção básica e permitirão uma formação mais generalista.  Nesse período, ele vai ser remunerado. O valor ainda não foi definido, mas  ficará entre a bolsa de residência (hoje em R$ 2.976,26) e a bolsa do Programa  de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab), que visa levar  médicos recém-formados para trabalhar nas regiões mais carentes (hoje em R$ 8  mil).

Depois dos seis anos iniciais, o estudante poderá obter uma inscrição  provisória no Conselho Regional de Medicina (CRM), o que permitirá o exercício  profissional da medicina na atenção básica do SUS. Ele continuará sendo  fiscalizado e, eventualmente, penalizado por erros médicos que venha a  cometer.

Com o tempo, poderá haver uma redução dos seis anos do primeiro ciclo para  apenas cinco. Os dois anos adicionais poderão ser aproveitados para abater um  ano do curso de residência, caso ele opte por uma especialização do ramo da  atenção básica.

Prepare-se para o concurso do Detran Sp 2013

02/07/2013
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

Aula sobre espiritismo

23/06/2013
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

Aula de Informática para concursos públicos

07/04/2013
IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

Peça o livro “Hercolubus” GRÁTIS

20/03/2013

Existem questões da mecânica celeste desconhecidas para a Ciencia atual. Uma delas é
a relacionada com a aproximação de Hercólubus, planeta assim chamado pela sabedoria
antiga e cuja aproximação ao nosso Sistema Solar não só é um fato próximo e que todo
mundo verá, mas que também vai trazer como consequência grandes convulsões em todas
as partes do nosso planeta.

Como no vai-vém da nossa vida tudo retorna ao seu principio ou ao seu fim, já
ocorreu que na sua anterior aproximação, Hercólubus trouxe o fim à civilização
Atlante. Estes fatos, bem conhecidos por todos aqueles que no curso da história
tiveram sua Conciencia Desperta, ficaram devidamente narrados através de todos os
“Diluvios Universáis” de diferentes religiões e culturas.

Ao largo dos tempos, diversos escritores falaram de tal fenómeno cósmico. Um deles,
V.M. Rabolú, foi uma dessas pessoas que disfrutaram de uma Conciência Desperta que
lhe permitiu investigar sobre a aproximação de tal astro. Da sua obra titulada
“Hercólubus ou Planeta Vermelho”, transcrevemos os siguintes parágrafos:

“Quando Hercólubus se aproximar mais da Terra, que se ponha ao lado do Sol,
começarão as epidemias mortíferas a expandirem-se por todo o planeta, e os
médicos ou ciência oficial não conhecerão que classe de doenças são e com o
que se curam; ficarão rendidos, com as mãos ao alto, face às epidemias.

Chegará o momento da tragédia, da obscuridade: tremores, terremotos,
maremotos; os seres humanos desequilibrar-se-ão mentalmente por não poderem
comer nem dormir; e, vendo o perigo, ao precipício lançar-se-ão em massa,
totalmente loucos.

O que afirmo neste livro é uma profecia a muito curto prazo, porque me consta
o final do planeta, conheço-o. Não estou assustando mas prevenindo, porque
tenho angústia por esta pobre Humanidade, já que os fatos não se fazem esperar
e não há tempo a perder em coisas ilusórias.”

O V.M. Rabolú ensina no seu livro o método para a eliminação dos defectos
psicológicos e das técnicas do desdobramento astral como únicas fórmulas existentes
para escapar do cataclismo que virá. Ele conclui dizendo:

“Amável leitor: estou falando muito claro para que entenda a necessidade que há de
lançar-se a trabalhar seriamente, porque se estiver trabalhando tira-se-á do perigo.
Isto não é para que formem teorias nem discussões, mas sim para que experimentem o
verdadeiro ensinamento que lhes estou dando neste livro, pois não há mais ao que
apelar..”

Com agradecimento à Associação Alcione

Aula dos Mestres da Grande Fraternidade Branca

17/03/2013

MARCANDO O TEMPO

PERGUNTEM AOS MESTRES

Através das Vozes Celestiais

 

AVANÇANDO NO CAMINHO CERTO

 

 

PERGUNTEM AOS MESTRES

 

Através das Vozes Celestiais

 

9 de Novembro de 2014

 

 

 

 

 

Preocupados com a segurança e o nosso desejo de planejarmos o futuro, muitas vezes, preocupamo-nos indevidamente com problemas que poderiam ocorrer na esperança de evitá-los. Isto é natural, certo? Ironicamente, no entanto, muito deste foco pode ter um efeito contrário. Os Mestres explicam isto a uma mulher Finlandesa, em perigo de atrair para si mesma aquilo que ela mais teme. Aqui está um alerta importante para todos nós.

 

Uma mulher Russa angustiada com a sua vida, gostaria de saber o que ela está fazendo de errado. Ao seguir o conselho dos Mestres de liberar o seu controle e combater as suas tendências de julgamento do ego, ajudará muito a melhorar a sua existência – se ela conseguir romper os padrões de longa data.

 

A terceira pergunta vem do Brasil e se refere a uma situação incomum. Acontece que o ser espiritual responsável pelas escolhas de vida da mulher, não era quem ela pensava. Agora ela deve começar de novo, mas com a orientação dos Mestres. Assim, ela deve ter uma experiência mais positiva desta vez.

 

As perguntas e respostas desta semana são esclarecedoras. Elas podem nos ajudar, bem como aos questionadores, a discernirmos qual o curso de nossa vida e como podemos lidar melhor com os nossos problemas.

 

Luz, Amor e Risos

Toni e Peter

 

contact@mastersofthespiritworld.com

Celestial Voices, Inc | 13354 W. Heiden Circle | Lake Bluff | IL | 60044 | USA

 

AS PERGUNTAS

 

CRIANDO E PROJETANDO OS MEDOS

 

PERGUNTA: Mestres, finalmente, estou preparada para o amor e sinto que ele está bem próximo… É quase como se ele estivesse batendo à porta, eu acho… MAS o problema é: o que eu posso fazer para confiar que a minha filha esteja segura? Tenho experiências desagradáveis sobre abuso de crianças e tenho absoluta certeza de que a minha filha passou por isto também. Como posso superar este medo?Existe algo em relação a nossas vidas passadas referente a esta questão? – Anett, Finlândia.

 

RESPOSTA: Você pode sentir que o seu amor está próximo, mas fechou a porta em sua cara, por causa dos seus medos. Quando você dá o poder ao potencial para os problemas, isto convida estas atividades a visitá-la. O passado é passado e ele não afetará o presente, a menos que você chame uma repetição desta energia novamente para você.

 

Deixe de pensar – e, assim, de trazer – os piores cenários possíveis ao seu mundo. Dê tempo e energia somente ao positivo, ao mais maravilhoso que você deseja que apareça. Semelhante atrai semelhante. Se você se lembrar de experiências desagradáveis, o universo irá achar que você deseja tê-las novamente e irá garantir que isto aconteça.

 

Medos são indicações de lições em que você desejava trabalhar nesta existência. Quando uma aparece, você precisa investigá-la e descobrir por que ela está aí e como pode compreendê-la e bani-la de sua vida. Pergunte-se como se sente em relação ao medo. Retorne a sua origem e veja que ele foi somente uma lição e que você não precisa experienciá-lo novamente.

 

Você precisa ser muito positiva em relação a si mesma e do que precisa. Como uma parte da energia da Fonte, que é a sua alma, você tem o poder e a capacidade de criar o seu próprio mundo. Se você visualizar o seu ambiente como somente positivo e amoroso, é isto o que receberá. Seja cautelosa para que os pensamentos negativos não entrem e preencham o seu mundo com estas coisas que você temeu no passado.

 

Sua filha é também uma alma poderosa e trará para ela as coisas que ela deseja experienciar.

Confie que ela conhece a sua própria mente e o seu caminho espiritual.

 

APENAS A PERFEIÇÃO IRÁ OCORRER

 

PERGUNTA: Mestres, sou uma mãe de duas filhas lindas. Tenho alguns problemas em meu relacionamento com o meu marido, na minha situação financeira, com a minha casa, etc. Acho que serei capaz de ser uma boa mãe e fazer o máximo para que as minhas filhas sejam felizes. Mas agora acho que tudo está muito opressivo para mim e não estou lidando muito bem com tudo e vários objetivos em minha vida que pensei que fossem alcançados, eu não os atingi. Tenho problemas também com as minhas filhas agora. Será que é porque eu não estou me esforçando muito? Será que não sou realmente uma boa mãe? Sou preguiçosa? Isto foi planejado por alguma razão?Não entendo toda a situação e as lições dela. Espero alguma indicação de onde ir a partir daqui. – Margarita, Rússia.

 

RESPOSTA: Você tem expectativas tão intensas sobre “como as coisas deveriam ser”, que não permite a interação de outras pessoas e membros da família. Você está oprimida apenas porque as coisas não estão indo da forma com que você pensava. Você não pode se importar com a maneira com que outros irão responder aos mesmos estímulos que você enfrenta. Cada alma está em sua própria jornada.

 

Você está muito envolvida no julgamento tridimensional do ego. Você está constantemente julgando-se e se avaliando em relação ao que observa e lê sobre o comportamento de outros. Você nada tem a ver com eles. Eles têm escolhas de vida diferentes que estão seguindo. Suas escolhas são para que sejam capazes de se entenderem, e o seu objetivo na vida.

 

Você tem sido fantástica ao dar amor e apoio as suas filhas, mas agora enquanto elas ficam mais velhas, você quer controlar o seu pensamento e elas estão se rebelando. Deixe-as conduzir as suas próprias vidas. Elas têm que lidar com as suas próprias lições. Elas têm que interagir com as suas lições para aprenderem a ver aonde elas irão a partir daqui. Se há algo que você está se esforçando muito é em ser perfeita. Alivie-se.

 

É o momento certo para você recuar e avaliar o que tem acontecido em sua vida, em seu casamento e na criação das suas filhas até este ponto. O que você aprendeu com estas experiências? Há algo que gostaria de modificar em seu comportamento que tornaria a vida mais agradável para você? Faça-o.

 

É o momento de deixar de pensar e de trabalhar para os outros – marido, filhas, outros conhecidos – e começar a trabalhar em seu crescimento espiritual. Deixe de prever e analisar, e comece a ver que ações ressoam com a sua alma. Pergunte sempre: Como me sinto em relação a isto?Afaste-se das comparações do pensamento analítico que esteve fazendo.

 

TENDO UMA IDEIA E LHE DANDO VIDA

 

PERGUNTA: Mestres, após passar anos perguntando ao meu eu interior qual era a minha missão de vida, em 1977 eu vi um belo Ser de Luz que me disse para ir a uma fazenda e construir um lugar em que cursos pudessem ser oferecidos, na promoção da consciência espiritual, e a necessidade e meios para recuperar e preservar a natureza, o que seria importante para este tempo de mudança que está ocorrendo agora, como uma das áreas de sobrevivência. Foi-me dito que outros viriam ajudar. Em 1984, eu encontrei o local como descrito, comprei a terra e trabalhei da melhor maneira que podia. Enfrentei muitas dificuldades ao longo do caminho… Agora, eu me vejo basicamente sozinha, desorientada e com um local inútil. Isto tudo foi uma ilusão, uma invenção do ego? O que fiz de errado? Qual é a lição e o que devo fazer agora? Serei muito grata se merecer uma resposta.– Ana, Brasil.

 

RESPOSTA: Os Seres da Luz nunca lhe dirão o que fazer. Eles lhe darão sugestões, mas não ditarão as suas ações. Esta entidade foi um desencarnado que lhe deu o sonho que ele tinha, mas que não conseguiu concluir. Ele não seguiu em frente, porque queria que alguém realizasse os seus desejos.

 

Você coloca uma enorme pressão em si mesma para alcançar uma missão, um propósito para a vida que lhe permitisse ajudar os outros. Isto não a ajudou, mas somente lhe deu muito trabalho que precisava ser feito. Você criou um sonho baseado nos desejos de outro e, então, colocou toda a sua energia nele.

 

Esta foi uma experiência de ir para onde você foi dirigida e se permitir pensar que isto era exatamente o que você queria. Se tivesse sido útil para os outros, a energia teria atraído pessoas para você, para fazer deste projeto um sucesso. É hora de começar a sentir por si mesma e assumir a responsabilidade pelas suas ações.

 

Todas as pessoas criam a ilusão que elas desejam para a sua vida. Você fez isto, mas somente na direção de outro. Medite sobre o que a sua alma deseja criar para si mesma. Não se preocupe em ajudar os outros, até que tenha sido capaz de ajudar a si mesma. Nada é certo ou errado. Tudo é apenas uma experiência que você pode avaliar pelo benefício que ela lhe forneceu. Determine o que você quer, e o faça.

 

http://rayviolet.blogspot.pt/2014/10/the-many-degrees-of-higher-love.html

 

GUIA DE REENCARNAÇÃO

 

Andrew, da África do Sul, pergunta aos Mestres: Por que é que a comunicação do outro lado vem através de formas inesperadas? Gostaria muito de contar com uma forte sensação de presença e, também, a aparência da pessoa com quem estou me comunicando.

 

RESPOSTA: Por quê? Você não tem fé nos sentimentos e mensagens que recebe? Os guias não ficam por perto para segurar a sua mão e movê-lo na direção “certa”. Todas as decisões têm que vir de seu livre arbítrio. Eles estão perto apenas para aconselhar. É muito difícil que um espírito se materialize na forma humana, quando ele está nas vibrações superiores, muito mais sutis, do que a energia da terceira dimensão. Se você se abrir para a energia universal, será capaz de sentir a presença dos seus guias.

 

Andrew, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Não tenho intenção alguma de permanecer vivo, ainda que o meu coração esteja batendo. Se eu sou realmente livre, por que não posso terminar com isto a qualquer momento que queira?Não sou o meu passado, nem o meu futuro. Eles nada deveriam ter a dizer sobre a questão. Eu peço à Fonte para colocar um fim nisto. Assumirei total responsabilidade por esta decisão.

 

RESPOSTA: Por que você se odeia tanto? Você escolheu vir à Terra e ter esta vida. Você a encara como um fracasso e não consegue encontrar algo para desfrutar da beleza ao seu redor? Você quer que a atenção dos outros “apimente” esta vida que diz que detesta? Se você leva a sério o que declara, encontre uma caverna e fique lá até que a sua alma deixe o seu corpo sem alarde e sem testemunhas humanas. Ninguém tem nada a dizer, além de você.

 

Suman, da Índia, pergunta aos Mestres: Isto é muito urgente. A alma da minha alma gêmea está presa em meu corpo. Como posso ajudá-lo a sair? Ele me fere através dos seus poderes. Como posso evitar isto?

 

RESPOSTA: Esta não é a sua alma gêmea, mas uma alma desencarnada que não quer retornar ao amor incondicional, porque ele teme à Deus. Ele diz que é a sua alma gêmea para que você não o expulse, ou consiga ajuda para afastá-lo. Antes desta fase, quando ele estava em um corpo humano, ele era completamente negativo. Ele era manipulador e controlador – ele adora estas coisas. É por isto que ele a está perturbando. Foi a sua solidão que a fez convidar esta alma. Diga-lhe, em termos inequívocos, que parta, três vezes. Queime incenso e peça aos curadores que enviem energia amorosa incondicional ao seu corpo, pedindo que ele parta. Sua mente deve estar totalmente segura de que ele tem que sair.

 

Ariel, do Brasil, pergunta aos Mestres: Depois de algumas experiências passadas, eu decidi as mudanças que quero em minha vida, o que está prestes a acontecer. Estes próximos passos me dão muita felicidade, sabedoria e realização. Mas esta decisão refletirá em outros, e no momento eu posso sentir os seus sentimentos desequilibrados, o que também me faz sentir mal. Como superar este período de uma forma mais suave, até que estas mudanças sejam totalmente concretizadas?

 

RESPOSTA: A única pessoa com quem você tem uma obrigação em seu caminho espiritual, é com você mesmo. Ao dar atenção ao que os outros pensam e sentem, diz que eles são mais importantes em sua jornada do que você. Ame-se e a responsabilidade que você está assumindo de mudar a sua direção para onde possa aprender e evoluir. A única pessoa a quem você tem que agradar é a você. Ignore os demais.

 

Louisa, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Soube recentemente que alguém foi assassinado em meu quarto há dois anos. Será que é uma coincidência o aumento dos terrores noturnos?

 

RESPOSTA: Seus sonhos e outros problemas estão se originando em seu interior. A vítima deste incidente seguiu em frente e toda a energia negativa foi com ela. Você está presa nas fantasias dos filmes, livros e histórias com que esteve exposta. Convide os seus guias para se unirem a você e para protegê-la e os seus pensamentos noturnos da negatividade, quando você for se deitar a cada noite. Use a aromaterapia para ajudá-la a relaxar e dormir. Você pode até decidir sobre que caminho de sonhos você quer seguir, antes de dormir.

 

Mark, da Inglaterra, pergunta aos Mestres: Há menos de dois anos, o meu belo filho de 6 anos fez a transição. Uma vez ele me disse que ele era “eu”, que éramos o mesmo ser e ele continuava repetindo que ele queria ir “para casa”. Durante a sua doença, ocorreram muitas coincidências. Você poderia chamá-las de sincronicidade. Até agora as coincidências ainda ocorrem. Estas coincidências são compartilhadas por mim e a minha família. Minha pergunta é: Qual é a natureza da coincidência significativa quando se relaciona com alguém que morreu?

 

RESPOSTA: Não há acasos no pensamento e na comunicação consciente. Quando uma alma faz a transição, depois de passar um tempo na Terra, ela, frequentemente, deseja manter o contato com a sua família e os amigos que estão ainda vivos. Ela usará inúmeros métodos para permitir que aqueles que permaneceram saibam que eles são considerados. Seu filho é um membro de seu grupo de companheiros de alma e ressoa energeticamente com a sua energia, por causa das muitas vidas que vocês compartilharam, assim é mais fácil perceber a sua atenção e, em seguida, de alguns outros ao seu redor.

 

Naiara, do Brasil, pergunta aos Mestres: Minha mãe morreu quando eu era criança. Tenho pensado nela ultimamente. Gostaria de falar com ela. Será que ela pode ouvir o que eu digo? Ouvi dizer que é ruim pensar nela.

 

RESPOSTA: Não há nada de errado em pensar em alguém que retornou ao Lar, para o Amor Incondicional. Sua mãe zela por você e gostaria que você a tivesse em seus pensamentos. Espíritos não físicos podem sempre ouvir o que os seres humanos pensam e dizem, quando se trata deles. Se você acreditar que ela pode ouvi-la, ela lhe enviará mensagens – nem sempre verbais, mas através de luzes, números, odores e outros sinais.

 

Ainoa, da Colômbia, pergunta aos Mestres: Quais são as principais lições e opções a serem aprendidas a partir de meu atual relacionamento? Por que acabamos sempre brigando por coisas insignificantes, que me levam a me sentir tão incompreendida e sozinha? Será que eu o amo realmente? Será que eu irei evoluir mais espiritualmente se estiver sozinha ou em um relacionamento com outra pessoa?

 

RESPOSTA: Esta união ocorreu para que você fizesse estas mesmas perguntas aqui. Você deve entender que o seu relacionamento é disfuncional e que você não tem que permanecer nele, a menos que queira ver mais que está sendo desrespeitada. Você entrou nisto para se mostrar como pensava que ele queria e, então, começou a se respeitar e a agir em defesa própria. Este crescimento foi a razão para esta associação. É o momento de seguir em frente, a menos que deseje continuar a ser repreendida.

 

YA, do Brasil, pergunta aos Mestres: Minha pergunta é: Por que eu tenho tanta dificuldade em ter uma vida feliz com o meu marido? Parece que temos um vínculo espiritual, mas na vida carnal, não conseguimos criá-lo.

 

RESPOSTA: Vocês não são sexualmente compatíveis. Contanto que você não esteja procurando a satisfação com ele, se quiser uma vida completa, você terá que procurar em outro lugar. Houve uma época em que vocês se adaptavam, mas se afastaram com o tempo. A escolha para o seu futuro cabe a você.

 

Danielle, do Brasil, pergunta aos mestres: Neste ano tenho feito muitas coisas que estabeleci para ser feliz, e fui. Mas há uma situação que me deixa muito infeliz. Estou sem um namorado há muito tempo. Por quê? O que preciso aprender para encontrar um companheiro para mim?

 

RESPOSTA: Você precisa se respeitar e se amar mais e não depender do que os outros pensam de você. Determine-se a atrair um homem para você com o mesmo procedimento com que realizou os seus outros desejos. Seja fiel a si mesma e apresente sempre o seu eu original àqueles a quem você atrai.

 

Esa, da Suécia, pergunta aos Mestres: Tive uma jornada difícil nos últimos sete anos. Perdi duas mulheres de câncer, rompi um relacionamento com uma mulher a quem amava e a minha atual relação está muito conturbada. Qual é este mecanismo em mim, que causa tudo isto? Qual é a razão para não encontrar a paz em mim mesmo?

 

RESPOSTA: Você está passando pela sua lição desejada de abandono e de encontrar o seu próprio valor nesta vida. Você vê a necessidade constante de ter alguém com você, a fim de se sentir completo. Você precisa encontrar o amor por si mesmo, o que lhe permitirá atrair para a sua energia o amor duradouro que você quer experienciar. Imagine a paz, o amor e a felicidade ao seu redor. Uma vez que você programe o seu ambiente, isto irá preencher a energia desejada.

 

Nota Stela:  Quem quiser fazer sua pergunta (em inglês) para os Mestres,

A grande questão desta semana feita aos Mestres envolve uma série de pontos relacionados à presunção da escritora de que o papel representado pelo Planeta Terra e os seus habitantes está se aproximando de sua conclusão.

 

O tom da correspondente é enérgico ao perguntar por que a “minúscula” Terra foi escolhida para um experimento, por que os humanos foram usados, embora, em termos históricos, eles tenham apenas recentemente chegado no universo, e por que a Fonte esperou tanto tempo para aprender sobre a negatividade. Agora é o momento para que o papel da Terra seja concluído, ela pergunta, e para que as almas deixem de encarnar?

 

 

A resposta dos Mestres é muito simples em termos de jornada da alma, não somente para a Terra, mas para outros locais, e eles afirmam que os experimentos irão continuar, de uma geração para a seguinte.

 

A segunda pergunta é doméstica e triste. Trata-se da esposa do escritor, que em uma depressão perdeu o desejo de trabalhar em seu casamento, ou de cuidar dos filhos. Os Mestres oferecem uma avaliação da motivação da esposa, além da sua visão da possibilidade da mudança de suas maneiras e se o casamento será capaz de sobreviver diante destas circunstâncias.

 

A terceira pergunta se refere à eterna situação do triângulo: o noivo da escritora é bom e ela gosta muito dele, apesar de serem mais amigos do que amantes. O novo homem em sua vida é romântico e desejável. Qual ela deveria escolher?É onde a maior parte das pessoas poderia argumentar a favor de um ou de outro de seus pretendentes. Mas há outra possível resposta para este antigo problema? Deixamos que vocês adivinhem o que os Mestres têm a dizer. A resposta está aqui (página das Mensagens).

 

Mais doações foram recebidas para a nossa tradução do Manual dos Mestres para o Chinês. Estamos gratos àqueles que deram o seu apoio desta maneira. Estamos ainda trabalhando no término deste livro.

 

Luz, Amor e Risos.

Toni e Peter

 

Celestial Voices, Inc contact@mastersofthespiritworld.com

Celestial Voices, Inc | 13354 W. Heiden Circle | Lake Bluff | IL | 60044 | USA

 

AS PERGUNTAS

 

A TERRA ESTÁ CONCLUINDO A SUA MISSÃO?

 

PERGUNTA: Mestres, por que a Fonte criou o universo (ao contrário de qualquer outra coisa), como um meio de conhecer experiências fora da bondade? É a primeira tentativa da Fonte neste universo? Por que existe esta minúscula Terra em um universo tão vasto? Na história do universo, os seres humanos nada mais são do que um piscar de olhos diante da eternidade. A Fonte teve que esperar tanto tempo a fim de começar a aprender as lições que as almas humanas trouxeram, ou a Fonte teve outros meios de se compreender, fora do amor incondicional antes que viéssemos? Os seres humanos parecem estar criando vida na Terra inóspita, e, talvez, até seja isto impossível nos próximos anos. Isto significa que o propósito único da Terra esteja se aproximando do seu final? As almas deixarão de encarnar?As lições estão quase todas aprendidas? A Fonte está considerando criar um novo espaço para o aprendizado de lições? Grata, como sempre, pelo seu insight.

 

RESPOSTA: A pergunta que você está fazendo é usar a ilusão humana para discutir a jornada da alma, e há muito mais com a história. A Fonte criou o lugar que chamamos de Terra, como uma dualidade de positivo e de negativo, a fim de examinar as experiências fora do seu amor incondicional.

 

Foi um experimento muito simples, um lugar simples, onde as almas poderiam se aventurar para usar o livre arbítrio para escolher experiências positivas, em reação às lições negativas que elas tinham estabelecido para as suas vidas.

 

Ao mesmo tempo, outras almas, não querendo experienciar a negatividade, quiseram um lugar para se reunir, para que tivessem experiências mútuas em uma não dualidade. Para este propósito, outros lugares, os planetas que vocês podem ver em seu universo, foram criados.

 

A maior parte destes não exigia que as almas tivessem um corpo, desde que elas trabalhassem juntas em empreendimentos energéticos, não precisando de músculos, nervos, emoções, ou uma presença física.

 

Embora houvesse alguns onde um envoltório era desejado, a fim de testar coisas, tais como força e resistência, a comunicação era principalmente através da vibração, assim as cordas vocais eram desnecessárias.

 

A Fonte esteve reunindo informações por milênios. Não havia nada além da Fonte antes que as almas fossem individualizadas a partir do todo, e, portanto, nenhuma necessidade de que qualquer espaço físico para a experimentação ocorresse.

 

Os seres humanos evoluíram junto com o planeta, de modo que novas informações pudessem ser obtidas. O homem destruiu partes do mundo anteriormente e, então, encontrou maneiras de se adaptar.

 

O propósito da Terra continua, enquanto as próximas gerações de seres humanos encontram meios de viver com as novas lições. Não há novos espaços sendo planejados, pois este está longe de ser obsoleto.

 

AS PESSOAS MUDAM À MEDIDA QUE O TEMPO PASSA

 

PERGUNTA: Mestres, estou em um casamento, a partir do meu ponto de vista, feliz por 15 anos. Temos dois filhos lindos. Ele tem 13 anos e ela, 6 anos. Amo os meus filhos, também. Em tempos recentes, depois que retornamos para vivermos próximos da família dela, as coisas mudaram muito. Houve uma vontade expressa de separação, devido à forma negativa com que a minha esposa começou a encarar a vida. Ela entrou em um estado depressivo e isto me deixou indeciso. Minha esposa continua dizendo que “não suporta cuidar dos nossos filhos”, “que não foi feita para o casamento”, entre outras declarações. Eu lhe digo que tente ver o lado positivo das coisas, mas não adianta. Minha intuição diz que ela é uma boa pessoa, mas eu estou considerando seriamente a possibilidade de deixar o nosso casamento. Podemos tentar novamente, afastando-nos de sua família? – Gerson, Brasil.

 

RESPOSTA: Sua esposa está fazendo as suas escolhas com base nas pressões que nela estão sendo colocadas pela família e amigos. Ela deseja ser capaz de “divertir-se”, como ela o fazia quando criança. Ela não quer ter quaisquer responsabilidades com um marido e filhos. Ela está agindo como uma criança mimada e a sua família acha que assim está bem.

 

Sua negatividade e depressão vêm daqueles com quem ela está agora se associando. Nenhum deles vê o mundo como positivo e eles alimentam a negatividade do outro. É quase como se eles estivessem disputando para ver quem pode ser o mais negativo. Eles estão até reunindo seres negativos (desencarnados) em sua presença.

 

Apenas se afastar de sua família não irá mudar a maneira com que ela está agindo neste momento. Ela precisa querer ser uma esposa e mãe, sem que veja isto como um trabalho penoso. Debaixo de sua negatividade, ela é uma boa alma, mas isto está profundamente arraigado nela. É impossível fazer as pessoas mudarem da maneira que elas pensam ou se comportam, a menos que elas queiram mudar. Nada que você faça vai fazê-la mudar.

 

A escolha então é sua: Suporte as suas condições, ou siga em frente. Seu casamento acabou e muitas escolhas têm que ser feitas por todos para que ele retorne onde estava.

 

TOMANDO DECISÕES, ASSUMINDO A RESPONSABILIDADE

 

PERGUNTA: Mestres, envolvi-me com um homem, mas somos mais amigos do que amantes. Importo-me muito com ele, mas tenho ficado com ele, talvez, por causa de meus problemas pessoais não resolvidos. Recentemente, conheci um homem com quem sinto uma ligação, amor e desejo e sei que deveria fazer uma escolha, mas não consigo. Sinto medo, desespero e falta de coragem e teria os dois, ainda que eu saiba que isto é impossível. Como poderia seguir em frente com isto? – Jenny, Finlândia.

 

RESPOSTA: Seu noivo é um homem maravilhoso, mas você o considera mais como um irmão protetor do que um amante. Ele, por outro lado, está profundamente apaixonado por você. Seus problemas pessoais de se sentir traída, de não ser boa o suficiente, e de não ser capaz de confiar nas pessoas a tem impedido de procurar alguém para amar como um parceiro.

 

Você teve sempre uma forte necessidade de ser necessária para alguém, e o seu noivo foi o primeiro que a tratou desta forma incondicional. Você permitiu que o relacionamento se encaminhasse para uma proposta de casamento, porque ele foi o único com quem você se sentiu segura. Ele se apaixonou por você e você se sentiu necessária por ele. Você não tinha idéia de como era o amor romântico naquele momento.

 

Este novo homem a conduziu a uma atração de puro amor e não apenas a um fascínio. Você irá se magoar se não decidir o que fazer nesta situação. Qualquer decisão é uma vitória para você. Seu noivo sempre a amará e cuidará de você, e a nova atração irá conduzi-la a um amor desenfreado. Os dois homens têm os seus melhores interesses no coração.

 

É impossível ter os dois ao mesmo tempo, a menos que ambos estejam conscientes da situação e consintam. Você tem uma enorme quantidade de força dentro de você, que você nunca usou por medo. Sua alma é um fragmento da Fonte, com todos os magníficos poderes da Fonte. Aqueça-se neste poder e veja que vida você deseja. Fale ao seu noivo do seu amor por ele, mas que você não tem uma atração amorosa por ele e conversem. Ele pode encontrar uma maneira de deixá-la sentir o tipo de atração por ele que ele sente por você.

 

Fale com o seu novo homem sobre o seu noivo, da segurança que ele trouxe a sua vida. Você perceberá que ele tem a ver com o amor sexual, mas não com o carinho. Você pode se sentir confortável com o sexo e de não ser necessária para qualquer outra coisa?

 

http://www.Mastersofthespiritworld.com/

 

GUIA DE REENCARNAÇÃO

 

Kathy, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Recentemente, conheci um homem. Sinto por ele uma forte conexão de alma, de todas as formas positivas. Sinto que este é o homem que estive esperando por toda a minha vida e não posso acreditar que ele realmente exista. Ele é a minha verdadeira alma gêmea?

 

RESPOSTA: Isto é com ele. Não existe tal coisa de uma pessoa estar destinada para uma parceria, porque todas as almas são livres para escolher o seu caminho. Você conheceu um homem realmente atraente. Assim, não o analise – vá buscá-lo!

 

Preet, das Filipinas, pergunta aos Mestres: Há alguma alma que esteja atribuída a mim nesta vida. Se for afirmativo… então, eu sempre penso e tenho certeza absoluta de que uma alma muito evoluída como Lorde Krishna irá me aceitar como os seus pais… Será que isto poderá ser possível? A segunda coisa: quando a minha irmã terá um parceiro na vida? Por causa de suas deficiências físicas, a maior parte dos rapazes a está rejeitando. Envio o meu amor para o meu pai que está aí com vocês.

 

RESPOSTA: Você esteve ligado aos guias desde o momento do seu nascimento. As almas são todas consideradas como iguais, porque todas atraem a nossa essência igualmente da Fonte. Os guias espirituais têm várias experiências que os tornam um benefício para orientar uma alma que está atualmente encarnada. Sua irmã é responsável pela sua vida e isto inclui encontrar um parceiro. Pode ser alguém que seja capaz de ver além das dificuldades de sua irmã. Ele pode ter tido uma lição de tipo semelhante. Seu pai está feliz por estar em contato e envia o seu amor para vocês dois.

 

Dessie, da Escócia, pergunta aos Mestres: Meu marido fez a transição há 18 meses. Estivemos juntos durante 42 anos e eu sinto muita falta dele. Ele foi o amor da minha vida. Tive o que acredito, mensagens dele, mas ultimamente as minhas mãos começam a vibrar sem razão. Poderiam, por favor, dizer-me se ele está tentando entrar em contato comigo?

 

RESPOSTA: Seu marido lhe está enviando amor, em um fluxo constante, e está bem consciente de sua tristeza. Ele quer que você não fique triste por ele, pois ele está em um lugar maravilhoso. Você pode achar útil avaliar se a sua vibração é um problema neurológico, ou uma reação do stress temporário à tristeza. Voltar os seus olhos às necessidades do mundo pode ser agora mais fácil, porque agora você sabe que ele está compartilhando de suas experiências.

 

Athina, da Grécia, pergunta aos Mestres: Por que as pessoas ainda não sabem sobre o Conselho dos Anciãos do segundo grau? Quero dizer, algum tipo de “super conselho” e o convite de Fonte para reencarnar novamente para eles, pelo menos uma ou duas vezes (para aqueles que estiverem no super conselho)? Porque eu vi muitos tipos diferentes de conselhos dos anciãos e algumas almas de um super conselho.

 

RESPOSTA: Nós nos reunimos em grupos, como o que lhe responde, para trabalharmos em vários projetos. Não compartilhamos o seu conhecimento de um super conselho, nem do trabalho de um conselho de anciãos. As pessoas aqui não os conhecem, porque o relato que você teve não se baseia em fatos.

 

Bárbara, do Brasil, pergunta aos Mestres: Durante 6 meses tenho me sentido extremamente cansada, com vertigens, eu não consigo comer, minha barriga está enorme. Os médicos dizem que é uma infecção, mas ela não deveria me causar todo este mal. Disseram-me que eu estava com muito medo de viver. Agora estou trabalhando em minha coragem e me sentindo mais amadurecida. Espero ficar melhor, mas o sofrimento é muito intenso. Sou uma pessoa sensível, mas fui muito ignorante de como usar o meu poder, permitindo que as pessoas absorvessem a minha energia.

 

RESPOSTA: Você ama a vida, assim ficou chocada por ficar imersa na negatividade. Agora diante do que está acontecendo, você pode escolher usar as ferramentas positivas a sua disposição. Visualizar a boa saúde é uma disciplina contínua e essencial. Observar a intuição positiva que vem da sua mente superior irá abrir o canal para a energia amorosa incondicional de sua alma. Se você sentir que há uma entidade negativa a atacando, diga-lhe para ir embora e ficar afastada.

 

Chiara, da Itália, pergunta aos Mestres: Sou casada e tenho três filhos, mas estou apaixonada por outro homem. Ele teme todos os problemas de estar com uma mulher casada e me evita. Estou considerando abandonar o meu casamento, porque não estou mais apaixonada pelo meu marido, mas não tenho dinheiro e não quero que os meus filhos sofram. O que eu deveria fazer? O outro homem é adequado para mim?

 

RESPOSTA: Nós aceitamos que seja possível que os seres humanos amem mais de uma pessoa ao mesmo tempo. Você é livre para escolher o seu caminho, mas tenha em mente de que poderia estar cometendo um grande erro. O outro cara tem medo, não quer ser arrastado pela lama e, provavelmente, irá escapar. Seus filhos estão cientes dos problemas familiares agora, e a lição deles pode ser a do julgamento. Certamente, não haverá dinheiro suficiente. Algumas pessoas se afastarão de você – elas têm o livre arbítrio, assim como você. Por outro lado, outras poderão apoiá-la. Admita que você está obcecada por esta idéia e comece a se amar para desenvolver a sua compreensão do que este amor realmente significa.

 

Amokale, de SA, pergunta aos Mestres: Fiz perguntas e recebi respostas e, no entanto, duvido delas, porque eu não sei quem me responde. É a minha mente soando como vocês a partir de todas as leituras de suas mensagens, ou é realmente a sua resposta? As respostas ressoam comigo, mas eu continuo querendo saber de onde elas vêm?

 

RESPOSTA: Nós dizemos a todos que aceitem o que acham certo para vocês e deixem de lado o que não considerarem. Explicamos que somos mestres do outro lado e as nossas palavras são traduzidas psiquicamente por Toni, uma sensitiva hábil e sábia. Mas, ainda dizemos que se isto não fizer sentido, não se preocupem. Seus sentimentos vêm em primeiro lugar. Quantos professores vocês conhecem que valorizariam a sua liberdade para escolher?

 

Cristiane, do Brasil, pergunta aos Mestres: Meu irmão mais novo tem causado muitos aborrecimentos, devido ao seu comportamento que se mostrou cada vez pior. Somos todos afetados pelos seus atos, mas, especialmente, o meu pai. Meu irmão faz coisas indevidas, usando o nome do meu pai. Hoje o meu pai tem um débito absurdo que o meu irmão fez em seu nome e este problema está ficando cada vez pior. Ele e o meu pai não se preocuparam em agir, de modo a resolver a situação. Meu pai não aceita o que eu lhe digo e prefere acreditar em meu irmão. É como se o meu pai estivesse cego e surdo a qualquer coisa que lhe digam. Há algo que eu possa fazer em relação a esta situação?

 

RESPOSTA: Cada um de vocês está no comando de sua própria vida. O que você faz ou diz para se proteger é aceitável, mas a longo prazo, se o seu pai e o seu irmão não aceitarem a sua intervenção, não poderá mais nada que você possa fazer. As almas deles, a sua alma e outros que estão envolvidos, fizeram um contrato aqui no Lar, antes de irem à Terra, de terem esta experiência. Isto poderá nunca melhorar e poderá ficar pior. Lide com a sua própria lição de vida como uma lição que deve enfrentar, e não espere que lhe seja dado outra audiência. Eles já se decidiram.

 

Eduardo, do Brasil, pergunta aos Mestres: Parece que a espiritualidade consegue uma vantagem em minha vida. Estou evoluindo, mas o amor não tem sido abundante em minha vida. Gostaria de saber o que há de errado. Conheci um homem que se tornou um amigo. Instantaneamente eu me apaixonei por ele. Houve sempre esta energia que eu não posso explicar entre nós. Ele é casado, tem filhos, e eu desisti dele. Perdemos o contato, mas desde que nos encontramos novamente por acaso, estive com ele em minha cabeça, meus sentimentos me dizem que ele está pensando em mim, talvez, precisando de mim.

 

RESPOSTA: Não há acasos, incluindo o seu caso. O estado natural da alma no Lar é a ausência de gênero. É muito natural que você tenha amizades com pessoas de ambos os sexos. Você disse que para você, a dinâmica física do romance não é tão forte quando antes. Isto pode livrá-la de ter relacionamentos que nem sempre se baseiam no amor físico, mas em uma atração mais ampla. Você é livre para decidir o que melhor lhe convier. Você precisa desenvolver a sua auto-estima, no entanto. Deixe de se dizer que você é um fracasso nos relacionamentos. O melhor está ainda por vir – se você o quiser.

 

Wallace, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Disseram-me que eu preciso retornar a este lado espiritual. Gostaria de saber como eu poderia e se vocês vêem o mundo espiritual, vocês sabem quem eu sou como a maior parte dos estranhos?

 

RESPOSTA: Estamos em estreito contato com os espíritos no Lar na quinta dimensão, e temos a capacidade de fazer contato com as almas atualmente encarnadas no Planeta Terra e em outros locais. Todas as almas desfrutam da mesma energia do amor incondicional, o que nos dá uma real compreensão de todos. Achamos que vocês apreciarão estar em contato com a sua alma e os guias espirituais. Quando vocês recorrerem a eles, eles sempre irão ouvi-los. Para a maior parte dos seres humanos, a sua resposta vem sob a forma de sentimentos positivos que vêm de forma intuitiva, não em palavras.

 

VS, da Índia, pergunta aos Mestres: Tenho 43 anos, sou casada, infeliz e reclamo o tempo todo. Tenho outras dificuldades, problemas de saúde e velhos pais que exigem cuidados em tempo integral. Tenho ressentimento de todos e continuo a culpar outros pelo meu fracasso. Gostaria de reconstruir a minha vida, ser bem sucedida e feliz. Estou explorando o caminho da espiritualidade, intelectualmente. Não tenho uma fé absoluta em qualquer coisa, mas quero mudar para o bem do meu filho de 9 anos.

 

RESPOSTA: Ajudará o seu filho ter uma mãe renovada, mas faça-o para si mesma. Você começou bem com a mudança que deseja. Veja isto como um processo gradual. Você não tem que acreditar em tudo que lhe dizem. Você pode escolher o seu próprio caminho, em seu próprio tempo. Estabeleça objetivos para resolver as tensões. Comece a se amar, até as partes escuras. Preste muita atenção ao seu coração e aja de acordo com os seus sentimentos em relação a tudo. Leia os nossos livros e cartas. Eles ajudam a uma enorme quantidade de pessoas.

 

Monique, do Reino Unido, pergunta aos Mestres: Olá, isto é real? Por que fui enviada de volta? Sou muito solitária e diferente. Como posso melhorar isto e os meus processos? Como posso me curar?

 

RESPOSTA: Sim, é real e você está de volta novamente, com uma nova compreensão do que a vida se trata. Permita que a renovação venha a cada parte do seu corpo e de sua mente. É essencial que você ame a pessoa que é e siga os ditames do seu coração. Permita que sempre haja um objetivo que você estabeleceu para alcançar, e isto expressa o amor a si mesmo

MARCANDO O TEMPO

 

Aqui está – o último dia de 2013!

 

Mas antes de tocarmos as buzinas e abrirmos o champanhe, vamos ouvir algumas palavras dos Mestres.

 

Dos Estados Unidos vem uma pergunta sobre como uma alma que partiu, pode aparentemente aparecer aos entes queridos na Terra, enquanto, simultaneamente, está no Lar. A resposta é informativa e fascinante e apresenta vários cenários.

 

Uma brasileira está deprimida por não mais ser capaz de sentir Deus. Os Mestres são amáveis e tranquilizadores, mas também firmes em sua avaliação dos problemas e da solução.

 

Então, temos um Sueco que não é bem sucedido nos relacionamentos e precisa ser cutucado para fazer um auto-exame e o reconhecimento das lições.

 

Esta é a parte do nosso ano terrestre em que olhamos para trás os acontecimentos dos últimos 365 dias e aguardamos ansiosos o que poderá ocorrer nos próximos 365. Defendemos a ideia de que um “novo ano” significa novos inícios, uma oportunidade para começar de novo, romper um hábito ruim (ou três!), limpar a lousa, compreender o que, de alguma forma, nos iludiu.

 

É um pequeno artifício psicológico, concebido para nos encher de esperança, mas, muitas vezes, nossas resoluções falham e nos sentimos deprimidos e derrotados, e não de todo felizes com nós mesmos. Em vez de nos tornarmos vítimas desta enfermidade comum, talvez devêssemos nos lembrar de que o tempo existe somente na Terra, que somos quem e que estamos onde estamos, porque escolhemos aprender determinadas lições, e que somos na realidade, almas magníficas, energia pura e amorosa da Fonte. Na essência, somos amor incondicional e perfeição. Agora, isto deveria nos dar um motivo para sorrir. Feliz 2014!

 

Luz, Amor e Risos,

Toni e Peter

 

http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587

 

AS PERGUNTAS

 

PERDA DE FÉ E DE CONEXÃO

 

PERGUNTA: Mestres, antes eu costumava sentir Deus em meu interior e ao meu redor. Costumava ver Deus em todos os lugares e não sei como, ou por que, eu já não posso mais sentir Deus. Estou me sentindo deprimida! Quero apenas permanecer na cama, usando o meu computador. Não quero orar e nem meditar… O que está acontecendo? – Rafaella, Brasil.

 

RESPOSTA: O que aconteceu é que você evoluiu, ficou mais séria em relação ao que poderia realmente sentir, em oposição ao que os outros lhe disseram que você poderia sentir.

 

Você é uma magnífica alma, que é um fragmento do Criador, ou Deus, e que reside em você na forma de amor incondicional. Você ouviu desde criança que Deus está com você, o que você aceitou, e você decidiu que o bom sentimento do amor incondicional era Deus.

 

À medida que amadurecia, você começou a questionar tudo o que lhe foi dito e tudo o que leu. A impressão de Deus como um homem fora de você, vestido com uma longa túnica branca, com cabelo e barba branca, que julgava todas as coisas, já não lhe fazia se sentir bem.

 

Quando você começou a sentir a diferença entre os estilos negativos e positivos da vida, e compreendeu que todas as almas têm a liberdade de escolher viver como elas querem, você decidiu que é muito trabalho tomar todas estas decisões e aceitar toda esta responsabilidade. É mais fácil fazer coisas monótonas em seu computador, ou simplesmente esconder a sua cabeça debaixo das cobertas.

 

A depressão vem do fato de que você não tem mais uma série de impressões ou crenças que permitam determinar o seu comportamento. Para avançar você tem que fazer algumas escolhas para a sua vida. Aceite que há uma energia incondicionalmente amorosa dentro de você, que é a mesma que toda a energia incondicionalmente amorosa no universo. Esta é a composição do que você sentia como “Deus”, no passado. Ele está ainda com você.

 

Tudo o que é medo, é uma parte de uma lição de vida que você optou por aprender. Sim, esta fase em que você está agora, nada mais é do que uma lição para que você compreenda e veja o seu caminho para a energia positiva, livrando o seu mundo de medos e de dúvidas.

 

Pare de sentir pena de si mesma, porque ninguém está aí para segurar a sua mão. Mas os seus guias estão presentes para ajudá-la se você lhes pedir. Comece agora a viver no presente. Livre-se de todas as idéias ou noções que você teve no passado. Não crie expectativas sobre como deveria ser o futuro. Viva simplesmente o presente, fazendo uma análise de si mesma e como você se sente em relação ao seu mundo.

 

Se algo for assustador ou negativo, rejeite-o e traga as sensações opostas à sua vida.

 

O QUE ESTÁ NO CONTROLE?

 

PERGUNTA: Mestres, eu me apaixonei por uma mulher, que supus que me amava, mas não consigo compreender o que deu errado, porque achava que era mútuo. Agora, encontrei outra mulher, mas esta antiga senhora surge inesperadamente em meus sonhos e pensamentos o tempo todo, perturbando o relacionamento que eu tenho agora. Estou querendo saber qual é a lição para mim, e então deixar ir as coisas. Tentei ser honesto em todos os sentidos. Foi um golpe duro, porque já perdi duas mulheres com câncer – Batti, Suécia.

 

RESPOSTA: Sua ex-namorada não está “surgindo inesperadamente” em seus sonhos. Você está se recusando a deixar ir as memórias. Você está comparando tudo o que está acontecendo com a sua nova namorada, com experiências anteriores. Você criou um mundo ao redor desta ex-mulher, a maior parte do qual foi apenas imaginação. Ela não sentia o mesmo em relação a você, como você em relação a ela.

 

A alma atrai para ela aquilo que ela procura experienciar. Suas principais lições nesta vida são questões de abandono, de traição e de auto-estima. Todos os seus esforços românticos giraram ao redor destes princípios. Você não foi capaz de descobrir que estas senhoras estão tendo uma vida humana, enquanto trabalham em lições que elas escolheram. Estas lições estão lhe dando as situações que você precisa aprender sobre si mesmo, mas você somente vê os relacionamentos como românticos, experiências de aprendizagem não interpessoais e, definitivamente, não como lições para você.

 

Você passa a maior parte do tempo pensando na outra pessoa e o que ela espera de você, em vez de você ser apenas você mesmo e buscar um relacionamento de partilha. Estando sozinho é um momento para examinar a sua vida e ver se pode sentir a sua conexão com o universo.

 

Você tem que perceber que não está sendo sincero com você mesmo em relação à natureza destas uniões. Além disto, comece o seu exame com a pergunta: Será que eu me amo? Se você não se amar, a resposta para a sua infelicidade é descobrir o por quê.

 

Talvez ajudasse se você baixasse o nosso livro gratuito: “Manual de Reencarnação dos Mestres: A Jornada da Alma.” Nele nós explicamos por que as suas almas dão o difícil passo de entrar em um corpo e viver nas situações extremamente confusas das energias positivas e negativas.

https://www.celestialvoicesinc.com

 

(*) Nota Stela -  Eu baixei o Manual de Reencarnação dos Mestres – quem quiser um, me envie mensagem pelo formulário de contato do Blog

 

O LAR E AQUI AO MESMO TEMPO?

 

PERGUNTA: Mestres, como alguém que retorna ao Lar pode rever a sua vida e ainda aparecer na Terra como um fantasma, ou estar aqui para conversar ou confortar os seus entes queridos? Ele não se sente separado uma vez que entre no reino do Lar novamente – principalmente, preocupado em rever a sua vida na Terra e escolher uma nova vida para reencarnar? Como ele pode fazer as duas coisas ao mesmo tempo? E se uma alma reencarnou, então ela não pode se apresentar na Terra com os seus entes queridos de sua vida anterior? – Shawna, Estados Unidos.

 

RESPOSTA: Quando uma alma volta ao Lar, ela entra instantaneamente em um processo de revisão e tem dificuldade em fazer qualquer outra coisa, tal como entrar em contato com aqueles na Terra. No momento em que a alma se separa do corpo, a alma pode decidir não retornar imediatamente ao Lar. Ela pode desejar ficar por aqui, por algum tempo, para “acertar as contas”, ou quando sente que não está preparada para deixar todos para trás. Ela fica desencarnada por algum tempo, até que decida seguir em frente.

 

Aqueles que fizeram a viagem muitas vezes, do Lar para a Terra e de volta ao Lar, fazem isto muito rapidamente. Não há nenhuma medida de tempo no Lar e assim ela pode fazer a revisão completamente e estar preparada para avançar, para visitar aqueles na Terra, ou escolher os seus novos desafios, no que parece apenas como alguns minutos para os seres humanos. Ela não pode fazer a revisão e visitar a Terra ao mesmo tempo.

 

Quando uma alma reencarna, toda a sua atenção está focada na consciência desta nova vida. A maior parte das almas passa algum tempo no Lar, para que elas possam avaliar e se comunicar com as almas, com quem ela compartilhou a sua última existência.

 

Há sempre uma parte de sua alma deixada no Lar. Toda a sua alma contém as memórias do que a sua alma participou durante todas as suas vidas. Durante um estado de sonho, quando a sua alma vai visitar, ela pode encontrar esta parte da alma do seu ex-parente e observar o material que está contido em seus registros.

 

O Eu Superior, esta parte que é o aspecto inconsciente da sua alma incorporada ao corpo, pode enviar pensamentos ao seu inconsciente, como uma maneira de você sentir e recordar o seu tempo juntos.

 

CONTRATOS, CANALIZAÇÕES E FRAUDES

PERGUNTEM AOS MESTRES

Através das Vozes Celestiais

Novembro de 2013

 

CONTRATOS, CANALIZAÇÕES E FRAUDES

 

Nesta semana, as cartas dos Mestres do Mundo Espiritual abordam temas variados. Da Singapura, um escritor pergunta sobre os contratos feitos entre as almas. Uma boa pergunta recebe uma resposta bem merecida. Nós nos encontramos fazendo anotações das respostas dos Mestres. Estes contratos são acordados entre almas gêmeas amigas, com a maioria das quais já vivemos várias vidas humanas. Mas será que estes contratos nunca mudam? Eles ficam cancelados, uma vez que a nossa alma e a nossa parceria com a alma gêmea decidam que é o melhor?

 

A segunda carta vem dos Estados Unidos, onde alguém está chateado com a nossa publicação das respostas dos Mestres e sente que elas mostram ignorância. Obviamente perturbado pela perda de uma grande amiga, o escritor frustrado termina dizendo que os Mestres “são provavelmente uma fraude. Esta é uma maneira terrível de atacar as pessoas.” Nós recomendamos que vocês leiam a resposta dos Mestres.

 

A terceira pergunta, da Índia, refere-se à canalização. Uma mulher quer saber se ela é médium, podendo canalizar mensagens, como ela deseja intensamente. A chama bruxuleante de uma vela fez com que ela se sentisse mais segura de sua capacidade. A resposta dos Mestres menciona sobre o trabalho a ser feito e sobre as suas dificuldades pessoais, que ela precisará enfrentar. Esta é uma boa leitura, especialmente para aqueles que querem saber sobre as suas próprias habilidades psíquicas.

 

Toni Winninger está em Sarasota, na Flórida, onde ela espera encontrar velhos amigos e fazer novos, em uma estadia muito ativa lá. Enquanto isto, o nosso apelo sobre as contribuições continua, para a tradução para o Chinês do ensinamento dos Mestres. Esperamos que este lembrete os ajude a encontrar o link de doações, na página das Mensagens.

Luz, Amor e Risos

Toni e Peter

 

http://www.mastersofthespiritworld.com/

 

AS PERGUNTAS:

 

OS CONTRATOS SÃO DETERMINANTES E VINCULATIVOS?

 

PERGUNTA: Mestres, como funcionam os contratos da alma? Por exemplo, se eu sou de um país e destinada a encontrar alguém em outro país e nunca viajo, os meus contratos de alma mudam ou as coisas iriam acontecer de modo que eu sempre encontrasse este contrato original da alma? Isto deve ser mais flexível, ou as coisas sempre acontecem, de modo que você termina com o contrato original da alma? – Suyeon, Singapura.

 

RESPOSTA: Os contratos da alma surgem de acordos determinados pela liberdade de escolha do indivíduo. Eles não são permanentes e vinculativos, nem são puníveis por lei, porque não há julgamento. Uma vez que duas almas falem sobre algo que gostariam de experimentar e elas concordam – o que a maior parte chama de “criar um contrato’ – que tal e tal coisa é desejável. Nada é absoluto, porque circunstâncias e escolhas que interferem, podem tornar o acordo inicial desnecessário ou contraditório à atual direção que a alma está seguindo.

 

A liberdade de escolha é o principal fator para estruturar a vida da alma. Não há jornada inflexível ou imutável quando vocês entram no domínio da Terra. Embora você começasse com a ideia de que queria experienciar um relacionamento abusivo e feito um acordo com alguém, você pode ter testemunhado o abuso suficiente entre os seus pais para compreender que não é algo que você tem que experienciar pessoalmente. Portanto, você não precisa ter o contrato cumprido.

 

Uma vez que o contrato não é necessário, a alma escolhe outra direção e lição para preencher o espaço do contrato desnecessário. Tê-lo, de outra forma, seria predestinação, significando que todos seguem um plano pré-estabelecido – como as direções e ações de um jogo. Isto anularia a sua liberdade de escolha. Em vez disto, você tem a improvisação espontânea.

 

Uma vez que a lição desejada é compreendida e casos adicionais desta atividade não são necessários, você está livre para avançar em qualquer direção ou para qualquer lição para a qual se sinta atraída.

 

EXPLICAÇÃO DOS MESTRES

 

PERGUNTA: Mestres, acho isto incrivelmente maldoso, mas perdi a minha melhor amiga e sinto muita falta dela. Não compreendo por que vocês escreveriam sobre estas coisas das quais não têm conhecimento. Isto me dá esperança, mas então me deprime ainda mais, quando compreendo que vocês são uma fraude. Esta é uma maneira terrível de atacar as pessoas – Drew, Estados Unidos.

 

RESPOSTA: Lamentamos que você não entenda o que está sendo escrito aqui e a origem da informação. Estas respostas estão sendo canalizadas a um ser humano que as recebe, mas elas vêm do mundo espiritual, dos arcanjos, mestres, guias e até mesmo de almas que retornaram recentemente, que foram os seus amigos e parentes.

 

Tivemos os nossos associados humanos que estabeleceram este site como um meio de compartilhar o nosso conhecimento da jornada da alma. Nós discutimos, principalmente em resposta a questões específicas, as razões que as almas escolhem entrar na dualidade do seu planeta Terra.

 

Estamos relatando para vocês o que podemos observar acontecendo – desde o planejamento antes do nascimento, durante as lições de vida, e continuando através do processo da morte, com o retorno ao Lar e a sua avaliação do que ocorreu. Nós não adivinhamos e nem especulamos. Nós simplesmente relatamos.

 

Vivemos em um reino de amor incondicional, sua residência quando não está em um corpo físico. Não há ação, pensamento ou sentimento certo ou errado aqui, porque não temos egos que exijam tais ações. Ninguém e nada é julgado. Um evento é observado, categorizado pela razão que ele ocorreu (tal como o tipo de lição de vida que esteve envolvido), e então avaliamos quanto a se outra alma optaria por ter a mesma experiência, ou passar para outra coisa.

 

Não estamos enganando ninguém, porque a informação é gratuita e dada livremente. Sabemos que nem todos estão em uma posição de receber esta informação, sem uma reação visceral. Talvez seja isto que é necessário para alguns compreenderem o seu espaço na atividade ao redor deles.

 

Sempre lhes dissemos, (nossos leitores), que não aceitem tudo o que dizemos sem que vejam se isto ressoa com vocês. Se isto não acontecer, coloquem-no de lado, para analisá-lo mais tarde. Se lhes parecer adequado, aceitem-no como parte de sua realidade, até que algo o substitua.

 

Seu mundo físico está constantemente mudando e aprendendo, com base em suas experiências. Vocês têm a responsabilidade básica, fundamentada nos princípios da liberdade de escolha, de criar o que aceitem como seu.

 

MANIFESTAÇÃO DE HABILIDADES

 

PERGUNTA: Mestres, eu gostaria de saber se sou uma médium para canalizar mensagens. Tenho tido este forte sentimento, mas há algum tipo de medo que me assombra. Estou me sentindo mais feliz e alegre nestes dias e o desejo de tentar me comunicar com os meus guias é muito forte. Sempre que faço uma pergunta aos meus guias sobre a sua presença, a chama da vela se eleva muito e treme. Será que eles estão realmente ao meu redor e me ouvem? Eu quero ajudar as pessoas que perderam os seus entes queridos através da canalização e da comunicação com os meus guias e mestres. Suas palavras gentis de sabedoria iriam me ajudar– Daisy, Índia.

 

RESPOSTA: Canalizar nem sempre significa “ouvir’ respostas em seu idioma de escolha. É muito mais comum que a mensagem seja entregue através de sentimentos, visões, ou alguma indicação externa, tal como uma vela que treme. Seus guias estão sempre ao seu redor – como eles estão com todos, mesmo aqueles que negam a sua existência.

 

Sua felicidade é o resultado de estar na presença da energia amorosa, incondicional e positiva dos espíritos. O medo e as dúvidas são lembretes de suas lições de vida escolhidas, que não foram concluídas. Você está tendo problemas com a auto-confiança, a auto-estima, o amor próprio e a crença em suas próprias capacidades.

 

A paciência é outra lição que você tem dificuldade. Você tem muitas expectativas do que quer fazer. Algumas delas são realistas, enquanto outras seriam classificadas como idealistas. O universo traz a todas as almas aquelas experiências que elas precisam para que cumpram o seu propósito. O propósito de todas as almas é compreender a sua magnificência e habilidades e descobrir como usá-las em sua atual forma física.

 

Seu desejo de ajudar os outros deveria ser tentado somente depois de ter se ajudado com as suas lições e a jornada para o amor próprio. Invoque os seus guias quando silenciar a sua mente, como na meditação. Peça-lhes para ajudá-la a encontrar o seu caminho. Desde que eles já se comunicam através da vela, use-a para conseguir as respostas “sim” e “não” para as suas perguntas. Você também poderia usar um pêndulo para começar o diálogo. Aproveite o seu tempo e tenha fé em si mesma.

 

http://rayviolet.blogspot.com/2013/11/ask-masters-12-november-2013….

 

GUIA DE REENCARNAÇÃO

 

Bettsie, dos Estados Unidos,pergunta aos Mestres: Sinto que estou evoluindo espiritualmente, mas o caminho para esta evolução tem sido traiçoeiro. Eu lhes pergunto: O caminho que estou seguindo neste momento em minha vida, está me preparando para a felicidade? As escolhas pessoais que fiz são corretas? Estou seguindo romanticamente o caminho apropriado? Não quero que ninguém sofra por causa das mudanças que fiz em minha vida. Será que o meu caminho da vida irá me conduzir ao sucesso, ao amor e à segurança financeira?

 

RESPOSTA: A principal razão para a sua alma ter encarnado no Planeta Terra é confrontar experiências negativas e com a ajuda do crescimento de sua magnífica e amorosa alma, aprender com cada lição. Você teve que enfrentar algumas dificuldades reais, mas você está agora onde a sua alma pretendeu, e continuará a agir bem. Deixe de julgar o seu desempenho em várias coisas contra algum padrão que tenha emprestado ou inventado. Aproveite a vida e continue a enfrentar as lições de vida, sentindo-se apoiada ao fazê-lo.

 

Mineka, da Austrália, pergunta aos Mestres: Estou escrevendo porque me sinto presa. Leio muitos livros sobre a espiritualidade e medito frequentemente, mas quero me fortalecer mais, mas sem saber o que fazer. Leio cartas para as pessoas, mas sinto que preciso fazer mais, mas não sei como.

 

RESPOSTA: Você escolheu uma maneira prática: meditação, leitura, experimentar a sua capacidade intuitiva. Este é um início saudável, mas não leva muito longe. Você deveria trabalhar para aumentar a sua união com a sua maravilhosa alma. Sua intuição suprirá o lado do sentimento dentro de você, com novas direções, horizontes mais amplos para a sua vida. Certifique-se de seguir a sua mente superior desta maneira, e pequenas coisas que você começar a fazer, irão se transformar em um novo caminho no tempo devido.

 

Lilian, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto-me morta por dentro. Nos últimos seis anos estou tentando viver mais não posso. Tudo está errado em minha vida. Odeio este planeta e não consigo viver como os outros. Vivo com os meus pais e estou triste porque queria viver em meu lar. Às vezes, quero ir para o meu Lar, nas estrelas, e eu não me afasto da minha cama. Por favor, por que me sinto tão morta aqui?

 

RESPOSTA: Você se sente morta, porque esta é uma lição de vida que a sua alma programou para você enfrentar. É um teste de sua força interior. Sua alma acredita que você tem o poder para se virar e dizer: “Oh, pobre de mim!” Esta tem sido a sua canção por seis anos. Você não quer virar o disco? Então, permita que o seu coração a conduza. Siga os bons sentimentos em seu coração de coisas positivas que você pode fazer e dizer. Você irá pensar que eram idéias que você sonhou, mas elas vêm em um fluxo da sua mente superior. Lembre-se de que eles são sentimentos sobre coisas, como o sentimento que a fez escrever a sua carta para nós. Há uma abundância de amor interior. Aceite-o.

 

SJ, da Singapura, pergunta aos Mestres: Vocês poderiam me ensinar a cuidar melhor de mim, energeticamente? Por causa da natureza do meu trabalho, que envolve cura e o faço em casa, e assim eu preciso descobrir uma maneira de me proteger e a minha família de influências negativas, de todos os níveis. No momento, eu invoco os meus guias e anjos, uso incenso e taças tibetanas.

 

RESPOSTA: Você está certa em sentir que você e a sua família correm o risco com as energias negativas. No geral, mantenha uma cobertura de luz branca sobre o seu lar, e todos os que lá residem devem se envolver diariamente com a luz branca. Acolha os seres e espíritos de luz. Diga às energias negativas para partirem e permanecerem afastadas. Você pode precisar de ajuda se alguns dos seres invadirem o seu espaço e ficarem ligados. Trate todos os pacientes como merecedores do mesmo tratamento. Suas práticas existentes irão ajudar. Você pode também queimar sálvia. Estas coisas resolvem lentamente.

 

Thaiz, do Brasil, pergunta aos Mestres: Preciso de ajuda. Odeio as pessoas o tempo todo. Eu estou sempre sofrendo e irritada com questões insignificantes. Gostaria de ser uma boa pessoa, mas parece que as forças que me enlouquecem são maiores do que eu. Estudo sobre a espiritualidade e sei que sou responsável pela minha realidade. Oro e clamo, mas não suporto estes sentimentos. O que há de errado comigo? Não gosto de desejar coisas ruins para outras pessoas. Por favor, ajudem-me. Gostaria de ser boa e seguir o bom caminho.

 

RESPOSTA: Você está tendo uma lição difícil de aprender, mas com a ajuda de sua alma, você poderá superá-la e ser feliz novamente. Comece por fechar a porta para o passado. O passado nunca irá mudar. Corte os cordões com as pessoas do passado, e se puder, perdoe-as pelo que elas lhe fizeram, e perdoe-se. Então, tranque a porta para o passado e viva no presente. Siga a sua intuição quando tiver um sentimento positivo para fazer algo bom. Faça-o lentamente, mas se manter o objetivo de sua recuperação, ela chegará logo. Faça a escolha de ser feliz.

 

Geraldo, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sinto que o meu irmão mais novo está nos traindo nos negócios da família, talvez com o outro irmão. Por que isto ocorre, desde que somos uma família unida? Devo enfrentar, arriscando o equilíbrio da família? Ele está sendo influenciado pela sua noiva? Sinto que tenho que ter a minha própria vida, mas há muita coisa envolvida, além dos nossos pais.

 

RESPOSTA: Isto é difícil, porque todos vocês são como ervilhas em uma vagem. Você nada poderá fazer ao confrontá-los, a menos que tenha todos os fatos relevantes. Você deve ter uma causa que uma pessoa experiente diria que é forte. Não espere vencer, fazendo tudo sozinho. Se não puder provar o seu ponto de vista, eles o expulsarão. Assim, a alternativa é não partir para a luta, mas salvar o que puder e se afastar do problema. Você deve pensar em si mesmo, em primeiro lugar.

 

Nota Stela > Quem quiser fazer sua pergunta (em inglês) para os Mestres, por favor, acesse AQUI
 

PERGUNTEM AOS MESTRES

UM PEQUENO PASSO PARA OS MESTRES

Pelas Vozes Celestiais

15 de Março de 2013.

EXPERIÊNCIA DE QUASE MORTE

A NATUREZA DO HOMEM

O QUE PODEMOS OU DEVERÍAMOS FAZER?

Estamos felizes em lhes dizer que a tradução Espanhola do Manual dos Mestres sobre a Reencarnação foi concluída. Chama-se Manual de Reencarnação  dos Mestres, e está agora disponível gratuitamente na livraria Celestial Voices (Vozes Celestiais). O trabalho de tradução do texto em Inglês foi feito por Esther S. Diaz – Alejo Reyes e revisado por James R. Jones. Nós somos gratos a eles por compartilharem o seu talento e pelo seu trabalho.

Esta nova tradução une as versões existentes: norueguesa e inglesa. Amigos dos Mestres estão trabalhando nas traduções em Alemão e Lituano. Transferimos o saldo do dinheiro dado pelos nossos amigos ao próximo Projeto, que é uma tradução para o  Português.

Doações generosas recentes foram dadas ante o nosso apelo por Richard Barker, Mona Bridgman, Kaisa Broner-Bauer, Deborah Gesaman, Setefanie Karpf e Cintia Massalana. Eles se uniram àqueles amigos atenciosos que foram listados aqui anteriormente. A todos eles, nós dizemos: obrigado!

As perguntas desta semana aos Mestres envolvem uma experiência de quase morte. A questão do por que temos experiências difíceis e dolorosas e uma situação familiar que é uma lição desafiadora para os envolvidos. Nós adicionamos às respostas dos Mestres um extrato relevante de seu livro popular Sabedoria do Mundo Espiritual. A passagem vem de um conjunto útil de afirmações:

Eu afirmo que:

“Eu irei aprender a banir todo o medo para que eu possa ver a lição interior.” As únicas emoções que existem na Terra são várias formas do amor e do medo. A alma existe no amor incondicional. Se vocês desistirem do seu poder na Terra, aceitando o medo, vocês se tornam incapazes de ver qualquer coisa. Portanto, vocês devem afastar o medo para ver a lição desejada da alma em qualquer situação. Aceitem isto como uma alma que são no amor incondicional.

“Compreendo as lições que eu vim à Terra para aprender”, significa  em primeiro lugar, passar pela lição escolhida, e segundo, receber o conhecimento das energias, tanto positivas, quanto negativas, que foram geradas durante a lição. Isto significa ver que efeito as suas ações durante a lição, teve sobre vocês e aqueles que foram também uma parte da lição. Finalmente, isto resulta em uma compreensão das razões pelas quais vocês escolheram esta lição, o que lhes dá a sabedoria desta lição particular.

“Confio no universo, sabendo que ele não irá me dar mais do que eu posso suportar”, é uma afirmação da lei universal que, a fim de aprender a partir da experiência na Terra, vocês não devem ficar oprimidos no processo. O Universo não quer que vocês gastem todo o seu tempo caminhando na água, sem chegar a lugar nenhum. Para obter a sabedoria de uma lição, vocês devem ser capazes de completá-la, doando-se à experiência e aceitando a responsabilidade pelo que estão fazendo. Afinal, vocês são parte do Universo.

(Adaptação do Capítulo 10 da Sabedoria do Mundo Espiritual.)

Luz, Amor e Risos,

Toni e Peter.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

EXPERIÊNCIA DE QUASE MORTE

PERGUNTA: Quando eu tinha 3 anos de idade, eu me afoguei e fiquei em coma por 6 meses. Tenho esta memória ou sonho e não tenho certeza se criei isto ou não de estar com uma mulher que cuidou de mim e eu estava muito feliz! Eu também fiquei obcecado com a morte e em saber sobre o futuro. Vocês sabem por quê? – Lela, Estados Unidos.

RESPOSTA: A  experiência que você teve é chamada de uma experiência de quase morte. “Perto da Morte”, porque o seu corpo físico  estava ainda no principal local de sua alma, mas a sua mente consciente estava fora do seu corpo, comungando com as almas no amor incondicional do Lar. Durante o tempo em que você esteve nesta energia da Fonte, você foi guiada e protegida por um dos seus guias espirituais que a ajudaram a decidir se retornaria à Terra e a sua família física, ou iria permanecer no lar com as outras almas.

No momento em que você começou esta vida, você tinha um plano com dois aspectos. O primeiro aspecto seria ajudar a sua família e associados a terem a experiência de perder ou de se aproximar da perda de uma filha pequena. Eles poderiam sentir como seriam a culpa, o abandono, e a perda profunda. Muitos conflitos ocorreriam entre eles, e assim eles teriam a oportunidade de aprender as lições deles, se assim o quisessem.

A segunda ideia seria que você poderia querer terminar esta vida naquela idade e voltar ao Lar para tentar outra coisa. Durante o tempo que você passou com o seu guia, ele e outros a ajudaram a examinar o que aconteceria se você retornasse à Terra e o que poderia fazer se escolhesse terminar esta vida. Você revisou outras vidas que tinha vivido e falou sobre as muitas lições que ainda queria explorar. Você optou pelo retorno.

Sua fascinação pela morte e a vida após a morte, vem do fato de você ter passado estes seis meses na energia que você experiencia a cada vez que deixa uma vida física e retorna a sua forma essencial. Você não se lembra de tudo que foi discutido durante este período, porque quando retornou e tentou conversar isto com outros, eles lhe disseram que foi tudo um sonho. Se você visitasse este período sob hipnose, ou em meditação profunda, poderia recapturar alguns elementos da época.

Se você for curiosa, pesquise para ver se você tem um Capítulo da Associação Internacional para os Estudos de Quase Morte, próximo a sua casa. Se tiver a possibilidade de assistir a uma de suas reuniões, você irá encontrar inúmeras pessoas que tiveram esta experiência de Quase Morte e verá que elas têm bem pouca memória ou memórias muito específicas do seu tempo entre as dimensões.

A NATUREZA DO HOMEM

PERGUNTA: Mestres, foi-me dito por outra entidade canalizada que eu tive várias vidas passadas como um soldado e que estive envolvido em situações bélicas. Por que os seres humanos são tão destrutivos? Se estamos escolhendo aprender lições sobre nós mesmos e sobre o plano físico, por que estas lições são tão difíceis e dolorosas? Há outros seres ou espécies em outras partes do universo que experienciam a harmonia e uma paz relativa? – François, Canadá.

RESPOSTA:  Se você ler o nosso Manual de Reencarnação: Jornada da Alma, um download gratuito do nosso site, terá o conhecimento da jornada que todas as almas na Terra vêm experienciar. A jornada se refere a aprender lições sobre a alma e as suas habilidades se você se permitir assumir a responsabilidade pela jornada.

Sua alma é composta de energia incondicionalmente amorosa da Fonte e é onipotente, onisciente e magnífica. Você pode fazer qualquer coisa que desejar se escolher aceitar estes fatos. A Terra é a sala de aula que foi criada para proporcionar uma arena dualista em que aprender qualquer coisa. Você tem que escolher se quer ser controlado pelo ego que julga, ou ser o observador no amor incondicional.

Você entra no corpo com amnésia quanto a sua verdadeira natureza. A sociedade da Terra é construída no julgamento, um lugar onde as pessoas determinam o seu “valor” pela forma como elas se comparam aos outros. Parte da decisão deste status é quem controla quem e quem é fisicamente mais forte do que quem. Disputas surgem para provar o “valor” – algumas vezes chamadas de sobrevivência do mais apto. As lições são difíceis e dolorosas porque você precisa de algo para chamar a sua atenção. Se tudo fosse confortável, você não teria a vontade de lutar para entender o que você pode fazer para mudar a forma com que a vida funciona para você.

Este é o único lugar onde existe a negatividade. Outros planetas e locais têm várias razões para a sua existência, tais como estudar a energia na música e formas de arte, aprendendo como se desenvolver fisicamente, seja qual for o corpo, imaginando novas maneiras em que a sociedade da Terra poderia se desenvolver, etc. Alguns discutem a grande literatura da Terra, os efeitos psicológicos no corpo humano, ou por que algumas almas nunca parecem ser capazes de compreender e de trabalhar com as suas lições de vida.

O QUE PODEMOS OU DEVERÍAMOS FAZER?

PERGUNTA: Mestres, meu irmão é um artista que cria arte digital e tem a ver com a consciência cósmica. Sua arte é espiritual. No entanto, a sua cabeça parece estar nas nuvens. Ele se recusa a conseguir um trabalho “normal” e se ele tivesse uma escolha, daria a sua arte em vez de vendê-la. Embora pareça que ele compreende a importância de ter um emprego, ele esteve adiando isto nos últimos anos. Em breve, ele estará com 30 anos. O que isto significa? O que ele está aqui para nos ensinar, e o que estamos aqui para ensiná-lo? Como seremos úteis para lhe ensinar as lições de vida que ele pretende aprender, ou somos uma parte deste processo de ensino, em primeiro lugar? – Aly, Singapura.

RESPOSTA: O que é normal? Você está dizendo que o seu irmão, pelo simples fato de estar em uma vida humana, deve escolher se conformar à ideia da sociedade de como viver a sua vida. Você nunca pode fazer com que as pessoas façam algo ou mudem de ideia sobre alguma coisa, a menos que elas concordem. Seu irmão é a pessoa dele. Não estamos julgando o caminho que ele escolheu. Tudo o que ele faz é parte da sua jornada.

A própria existência da vida é uma série de lições de vida. Algumas de suas lições são apenas dele, e outras são lições do grupo com a família e outros. Estes testes podem ser encontrados, perguntando-se: “Por que as ações dele nos irritam tanto?”

Nesta situação você verá algumas formas de ciúme, de inveja, de raiva, um senso de responsabilidade por um membro da família e o medo de que vocês estejam fazendo algo errado. Deixá-lo sozinho é uma lição de vida para todos. Deixe-o fazer as suas próprias escolhas. Ele está assumindo a responsabilidade a algum grau para a sua própria vida. Você não tem a responsabilidade de cuidar dele.

Se você sentir que ele está se tornando oneroso para a família, é o momento de exercer o “amor severo”, deixando de facilitar o estilo de vida que ele escolheu. Diga-lhe que é o momento dele ser responsável por todos os aspectos de sua vida, incluindo a alimentação, moradia e roupas. Ele precisa de assistência em fazer as escolhas finais. Ele pode encontrar um ambiente onde ele seja um participante aceito. Pode ser semelhante ao que está ocorrendo agora, ou pode ser o seu “normal’.

Pelas Vozes Celestiais

14 de Junho de 2013

A NOITE ESCURA DA ALMA

DICAS PARA AJUDÁ-LOS A VER

O QUE ACONTECEU EM 2012

Aproximadamente em 1578, o místico espanhol São João da Cruz escreveu um poema sobre a jornada da alma, que mais tarde foi elaborado, e que é um clássico na Literatura Cristã.

O primeiro escritor para os Mestres hoje, um Australiano, tem que lidar com esta situação em sua própria vida. Ele usa a frase: “A devastação da auto-identidade e o potencial que isto pode revelar”. Esta é a primeira frase do que parece uma profunda troca pessoal com os Mestres. Sua resposta é uma parte do texto de uma qualidade que nos convence da maturidade dos Mestres, e que eles realmente são o que nos dizem.

A escuridão na forma de um pesadelo recorrente é a questão sobre a qual um amigo Canadense escreve a segunda carta nesta semana. Os sonhos são muito variados. Pode-se perguntar se eles são metáforas que criamos para nós mesmos, ou uma invenção de uma entidade espiritual que está tentando nos ferir, ou simplesmente uma falha de memória. Os Mestres nos ajudam a recuar um pouco ao vermos a situação, e então as próprias experiências de vida do escritor são habilmente trazidas em sua útil resposta.

O Solstício de 2012, e todas as terríveis previsões das calamidades que foram feitas por outros naquele tempo, são mencionados na terceira carta, desta vez, da Itália. O escritor duvida que haja muito significado na data, porque não foram observados grandes desastres no Planeta Terra. Os mestres dão uma resposta dupla.

Primeiro, que houve muitos acidentes terríveis e desastres naturais e, segundo, que (como eles sempre disseram), este período de grande trauma na Terra tem uma vida mais longa, do que apenas um dia. Os problemas começaram 10 anos antes do Solstício e continuarão por outros dez anos. Vamos atestar esta informação como sendo a que os Mestres sempre nos fizeram, e que empregaram em várias respostas anteriores.

Luz, Amor e Luz,

Toni e Peter

http://www.mastersofthespiritworld.com/

AS PERGUNTAS

A NOITE ESCURA DA ALMA

PERGUNTA: Mestres, por favor, discorram sobre o propósito e o valor da experiência mística conhecida como “A Noite Escura da Alma”. Não como comumente confundida com a simples depressão ou tristeza. A devastação da auto-identidade, e o potencial que isto pode revelar. – Mark, Austrália.

RESPOSTA: O processo natural chamado de “a noite escura da alma”, é uma batalha entre o Eu Superior, a essência da alma e o ego. Quando a alma encarna em um corpo, ela mergulha na sociedade do ego e é criada para aceitar que o julgamento é a única maneira de avançar na vida.

Quando as pessoas alcançam um ponto onde nada que controlou a sua existência faz mais sentido para elas, passam por um período de extrema dor e desorientação. Elas sentem que não pertencem, e que tudo e todos estão contra elas. Elas podem tentar se reconectar com a energia da Fonte para reunir a sabedoria de sua alma, que foi esquecida no nascimento, ou podem simplesmente lutar contra o mundo, expondo-se à negatividade.

O primeiro sintoma que aparece é a depressão – nada parece se encaixar. A depressão é uma perda de todas as impressões sobre a maneira com que a vida deveria ser, resultando em uma lousa em branco. Tudo está em conflito, porque a sua identidade específica foi perdida.

Para enfrentar a noite escura, deve-se lutar para criar uma nova compreensão da razão para a sua existência. Isto pode se transformar em um profundo esclarecimento e conexão com o eu superior, ou pode-se transformar em um indivíduo com emoções negativas e culpando o mundo pela condição.

As pessoas não podem evoluir sem aceitar a total responsabilidade pela sua vida. Com a aceitação vem o conhecimento do por que as lições escolhidas as tornaram quem são nesta vida. Passar pela noite escura transforma os sofrimentos e tribulações que a precedem na sabedoria das lições concluídas.

Almas que escolheram muitas lições para uma existência podem ser confrontadas com mais do que uma noite escura da alma. A maior parte suporta somente uma, durante uma encarnação. E muitas almas nunca têm a experiência porque elas não escolheram ensinamentos extremamente profundos.

DICAS PARA AJUDÁ-LOS A VER

PERGUNTA: Mestres, por favor, ajudem-me com um sonho recorrente. Sonho que não posso abrir os meus olhos, ou que sou cega, ou que simplesmente não posso ver. Isto acontece em meu estado de sonho quando estou interagindo com outros e quando preciso fazer algo. Considero o sonho muito perturbador e não sei o que eu deveria ver. O outro sonho recorrente que tenho é um escritório em que eu costumava trabalhar há anos e este sonho também me perturba, pois estou sempre invisível ou sou muito desvalorizada. Poderiam, por favor, esclarecer-me sobre estas lições? – Darlene, Canadá.

RESPOSTA: Seu Eu Superior está lhe dando dicas para ajudá-la a lidar com a sua identidade. Você é muito teimosa. Você acha difícil ouvir o que os outros têm a dizer sem interromper e dar as suas idéias para “esclarecer” a situação. Você fica pensando no que irá dizer, em vez de realmente ouvir o que está sendo dito.

Você não está “vendo” o que está acontecendo ao seu redor. Você está tentando controlar a situação. Não ”vê” o momento e o que está ocorrendo. Comece a observar os eventos a sua volta. Não tente contribuir com a conversa ou antecipar o que irá acontecer em seguida. Acompanhe o fluxo da energia e sinta o que está sendo feito e dito. Deixe de pensar em tudo e comece a sentir o que os outros estão dizendo.

O seu antigo local de trabalho a fez se sentir invisível, porque você não tinha a confiança suficiente para participar da cena social. Foi onde você experienciou as lições de autoconfiança, de auto-estima e a aceitação da responsabilidade pelo seu comportamento. Estas foram lições difíceis para você. Você ainda tem dúvidas sobre as suas habilidades, ainda que tenha aprendido um pouco lá e é onde você começou a acreditar que era digna.

Quando você tem medos ou dúvidas sobre uma situação, isto é como um sinal, dizendo-lhe que é algo que você quer aprender. Entre em seus sentimentos e pergunte: Por que estou me sentindo assim? De onde os sentimentos se originam? Você também poderia usar esta técnica em seus sonhos.

O QUE ACONTECEU EM 2012

PERGUNTA: Mestres, apesar de todos os livros, artigos e canalizações que tinham antecipado o início de uma nova era para a humanidade, se não é o fim do mundo como o conhecemos em 2012, estamos testemunhando praticamente a mesma dinâmica aqui na Terra. Grandes desastres naturais, colapsos financeiros ou mudança da consciência, não estão ocorrendo realmente. Os mercados financeiros nos Estados Unidos estão alcançando novos recordes, por exemplo. Quando iremos testemunhar as grandes mudanças ou revoltas que vocês e outros autores anteciparam? – Rick, Itália.

RESPOSTA: A data que se acreditava de mau presságio, de 21 de Dezembro de 2012, foi o início de uma nova era. Foi o início do novo calendário Maia e Védico, o movimento em direção a um novo signo astrológico: o de Aquário, enquanto a era de Peixes chega ao fim.

E, como dissemos repetidamente, tudo não mudou e nem mudaria em um único dia. Houve mudanças contínuas durante os últimos 100 anos e a mudança continuará no futuro. Dez anos (nos dois sentidos), é onde você pode ver as tremendas mudanças.

Esta data foi quando os planetas em seu sistema solar foram alinhados em uma linha reta, em toda a Via Láctea com o Sol no centro. Isto ocorre somente uma vez a cada 26.000 anos. Durante o alinhamento, a energia é enviada de um ponto a outro. Com uma falta de interferência, há extremos de perceber e de sentir o vigor tanto da energia positiva, quanto negativa. Mais pessoas na forma humana são capazes de “ouvir’ as almas na forma não física.

No lado positivo, houve um tremendo aumento nos indivíduos esclarecidos e aqueles que estão canalizando informações dos Guias. Muitos foram capazes de deixar ir o ego crítico, recuar e avaliar o que está acontecendo, sem julgá-lo.

O planeta é uma dualidade, assim para toda a energia positiva há uma quantidade igual de negatividade em jogo. Agora, há um número maior de grandes conflitos em operação do que já existiram em qualquer tempo na Terra. Tumultos internos com centenas de mortes estão a pleno vigor na Turquia, Síria, Iraque, Líbano, Nigéria, Afeganistão… apenas citando alguns. E onde os países não estão se matando, há atiradores entrando em escolas, shoppings, cinemas e restaurantes nos Estados Unidos, Reino Unido, Rússia, Holanda, Alemanha, Suécia e outros lugares.

Vocês também têm catástrofes naturais: incêndios, tornados, furacões, inundações e vulcões em atividade. Então, acrescentem o colapso da fábrica em Bangladesh, um aumento nos acidentes de ônibus e trens, e os problemas respiratórios decorrentes de óvulos geneticamente modificados. E não se esqueçam da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG),como a doença na Arábia Saudita e a gripe suína na China.

O negativo e o positivo irão se equilibrar sempre. Enquanto os Trabalhadores da Luz aumentam em número, os descontentes terão o seu dia também. O aumento no mercado de ações é compensado por uma queda nos valores das propriedades. Bancos e países estão ainda falindo. Vocês têm que absorver a cena toda. Se estiverem em seu caminho espiritual, irão apenas observar, sem que tenham qualquer preocupação.

LUZ!

STELA

Fonte: Anjo de Luz

Essa vida de concurseiro….

11/03/2013

Busca por melhores salários e segurança atraem concurseiros para Brasília

Cleude Ribamar da Silva sai de casa todos os dias as 4h50 da manhã para trabalhar no serviço de limpeza no Tribunal de Contas da União. Em meio a tantos concursados, Cleude assiste de perto o futuro que gostaria de ter: ser servidora pública.

Com algumas apostilas usadas, outras doadas por colegas ou compradas em livrarias, Cleude estuda no máximo nas folgas que encontra. Com 41 anos e dois filhos adolescentes, entre emprego, família e cuidados da casa, ela se esforça para estudar pelo menos três horas diárias em dias de trabalho e durante toda a tarde no domingo. Cleude segue essa rotina há pelo menos dois anos e já fez diversas provas, mas nunca foi aprovada. A próxima meta dela é passar no concurso de nível médio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), previsto para o primeiro semestre deste ano.

A servidora de limpeza não é a única com o sonho de passar em concurso público no Distrito Federal. Cercada de ministérios, secretarias e sede de grandes instituições do governo federal, Brasília alimenta o desejo das pessoas que encontram no funcionalismo público a oportunidade de ter um emprego seguro, com bons salários e garantias de férias e aposentadoria. Este ano, estão previstas 47.112 vagas no Poder Executivo no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA). Além disso, há possibilidade de 5.438 contratações nos Poderes Legislativo e Judiciário e 6.697 nas Forças Armadas. Brasília, por ser capital, recebe milhares de vagas de concursos nacionais.

A busca pela estabilidade e um bom salário também motiva a jovem Ana Beatriz Messina, de 22 anos, a seguir carreira pública. No último ano de Direito do Centro Universitário de Brasília (UniCeub), a estudante conta que optou pelo curso já pensando em concursar. O sonho dela, porém, é outro: trabalhar com culinária e abrir um bistrô.

 

 

“O meu sonho é a gastronomia, mas tenho muito medo de não conseguir me manter com isso. Revolvi me dedicar ao concurso público para ter alguma garantia de vida e estabilidade. O fato de morar em Brasília me influenciou muito nessa decisão também. Quando você fala da cidade e de emprego, a primeira coisa que vem em mente é o concurso”, conta Ana.

Ana estuda agora para concursos de nível médio para técnico legislativo do Senado e da Câmara. Apesar de pretender completar o ensino superior, ela conta que o salário de nível médio (R$ 12.286,61 na Câmara e cerca de R$13 mil no Senado) já seria um ótimo começo. Após aprovação no concurso, Ana deseja fazer o curso de gastronomia do Instituto de Educação Superior de Brasília (Iesb), montar um blog de receitas e começar a juntar dinheiro para a abertura de um bistrô.

Vida de concurseiro

Para quem já foi aprovado em concurso público, a segurança de emprego e o salário passam a impressão de que os concursados podem ter a vida fácil. Mas, para quem ainda está estudando, a realidade é muito diferente.

O engenheiro mecânico Thiago Strauss, de 36 anos, já sentiu na pele a realidade dos concurseiros e pôde acompanhar de perto a rotina de outros candidatos. Após ser aprovado no concurso do Tribunal de Contas da União (TCU), em 2008, Thiago foi convidado para dar aula em cursinho preparatório. Desde então, ele já trabalhou em diversos cursinhos em Brasília. Para ele, o desafio em ser aprovado não vem apenas do estresse e da enorme quantidade de conteúdo exigido, mas também da ausência de uma data certa para as provas.

“Quando você sabe que algo vai acontecer, você consegue se planejar efetivamente para aquilo e se organizar. O problema dos concursos é que você pode até saber que ele vai acontecer, mas nunca vai ter a data exata com muita antecedência. Então, o estudo tem que ser constante”, conta ele.

Para se preparar para a prova do TCU, Thiago criou uma série de mapas mentais que o ajudassem a lembrar os conteúdos de direito. Os mapas mentais são esquemas elaborados na forma de organograma, que abordam todo o conteúdo exigido de forma que facilite a memorização. Thiago produziu uma série de esquemas sobre direito civil, constitucional e administrativo. A eficácia dos mapas mentais criados por Thiago foi tão grande ele ele foi convidado para publicar os mapas em forma de livro, que são vendidos em um cursinho de Brasília.

De acordo com Thiago, apesar dos concursos estarem presentes na vida dos brasilienses desde a elaboração da Constituição de 1988, há um aumento no interesse em ser concursado na última década. Para ele, a quantidade crescente de cursinhos preparatórios em Brasília e o aumento na quantidade de vagas disponíveis servem como prova de que os brasilienses estão cada vez mais focados no concurso público.

Entre o público e o privado

O consultor legislativo da área de telecomunicações do Senado, Dilson Ferreira, de 48 anos, trabalha hoje em um dos cargos mais altos dos servidores públicos. Para chegar até aí, porém, ele conta que além do estudo constante, a experiência de mercado no setor privado também o ajudou.

Dilson fez dois cursos superiores. Primeiro, se formou em engenharia elétrica pela Universidade de Brasília. Durante muitos anos de sua carreira, não pensava em fazer concurso. Entretanto, o desejo de se casar e ter a casa própria o levou a procurar empregos que dessem a ele um salário maior. Decidiu, então, seguir carreira pública e foi aprovado no concurso de Analista de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União (CGU).

No início, Dilson trabalhava com assuntos ligados a engenharia, mas, com o passar do tempo, sentiu a necessidade de estudar Direito. Passou no vestibular para a UnB deu início ao que seria a segunda fase de sua vida. Ao longo dos anos, Dilson foi aprovado em concursos do Ministério das Comunicações, do TCU e de Consultor do Senado.

“Hoje eu tenho muita experiência na área pública, mas acredito que é fundamental conhecer o setor privado antes. O servidor público é uma bolha, é um mundo muito diferente da realidade do mercado. Você precisa ter uma visão global, entender o Brasil como um todo. E isso é algo que a experiência no mercado privado pode te trazer.”

Com três concursos em seu currículo, Dilson deixa uma dica para quem sonha com os cargos públicos: “Estude até passar. Não desista. A persistência e a motivação é fundamental para ser aprovado, mesmo que demore muitos tempo,” conta ele.

Fonte: Correioweb

O silêncio foi o que mais me chamou a atenção. Imaginei que no  intervalo entre as provas da manhã e da tarde se intensificaria o burburinho nos  pilotis da PUC, na Gávea, onde eu e outros inscritos no concurso público para o  BNDES tentávamos uma vaga no último domingo. Quer dizer, eu fazia a prova para  apurar essa reportagem, enquanto eles, eles buscavam emprego em uma das estatais  mais cobiçadas do país. Quando desci ao pátio, achei que o falatório tomaria  conta do local. Nada. As pessoas chegavam, sentavam nos bancos ou no chão e liam  livros ou consultavam celulares. Pudera, com o registro de 137.989 candidatos  pairando sobre cada um — o maior número de inscritos na história do banco — ninguém queria papo com o colega: era cada um por si.

— A expectativa e a ansiedade estão bem grandes. A gente nunca acha que  estudou o suficiente — me dissera Daniele Hang da Silva pela manhã, antes da  abertura dos portões, desviando um pouco os olhos do “Vade mecum”, o tijolão de  referências legislativas que consultava sentada no meio fio.

Barrado papel higiênico para o nariz

Foram onze horas de maratona. Quase sem direito a espirrar. Quem quis ir ao  banheiro, como acontece em outros concursos, passou por uma revista com detector  de metal. Uma candidata me relatou que avisou à fiscal que pegaria um pouco de  papel higiênico para levar para a sala, por causa de um resfriado. Mas a  funcionária a proibiu:

— A explicação é que os candidatos não têm autorização para levar material,  trazido de fora no meio da prova, para dentro da sala — me contou a colega,  acrescentando que a solução foi “burlar” a situação e colocar um pouco de papel  no bolso. — Será que ela achou que eu ia colar com o papel higiênico?

O clima de tensão pairava por toda a parte. Na sala, olhei para o lado e vi  uma moça pingando umas gotinhas de floral na língua, enquanto um rapaz tentava  fazer o mínimo barulho possível ao comer uma barra de cereal para não ser ouvido  no silêncio. Um candidato tentou abrir a prova antes do início — sinalizado por  uma nada discreta sirene — foi logo repreendido. Não pelo fiscal, mas por um  concorrente.

Entreguei a prova e dei de cara com uma candidata em posição de yoga nos  pilotis. De olhos fechados, talvez meditasse. Parei para pensar que essa vida de  concurseiro não deve realmente ser fácil: é muita expectativa depositada em cima  de um teste.

Na saída, convite para novos cursos

Mas especialmente para o concurseiro de primeira viagem, há uma série de  elementos que ajudam a tornar menos dolorosa a tentativa de se entrar para o  serviço público. O primeiro é estar bem preparado, claro. Agora, driblar o  nervosismo, inevitável, também é fundamental, diante da indústria em que se  transformou o universo de concursos: na saída da prova, recebe-se um monte de  santinhos de propaganda de cursinhos, nos chamando a estudar para outros  processos seletivos. E que ninguém encare isso como fator de desmotivação: até  porque, a experiência de fazer uma prova desse porte fará diferença na hora de  enfrentar a próxima.

Relaxado no campus da PUC, só mesmo o ambulante Francisco Sá, o único a não  enfrentar concorrência naquele dia. Ele comemorava porque não havia aparecido  mais ninguém para vender lápis e canetas, repassados a R$ 2, cada, aos  candidatos, que chegaram a fazer fila na frente dele.

— A prova é grande, e estou sozinho. É muito bom — disse Francisco,  funcionário de uma gráfica, que há cinco anos fica de olho nos concursos de fim  de semana para aumentar a renda doméstica.

Salário inicial de R$ 9.182,01

Francisco estimou que conseguiria tirar R$ 400 de lucro do último domingo.  Aliás, quem for aprovado no concurso vai ganhar, por mês, quase 23 vezes isso: o  salário inicial do BNDES é de R$ 9.182,01.

Com uma remuneração dessas, que é complementada com benefícios atraentes, não  fica difícil entender o tamanho da procura pelo concurso. Mas, pelo que pude  perceber, não são apenas os bons salários que fazem o BNDES ser tão encantador  para tantos. Conversei com um engenheiro de 27 anos, aprovado no concurso de  2011, que decidiu que queria trabalhar no banco quando, em 2001, aos 16 anos,  teve uma passagem como mensageiro pelo local. Em 2004, já cursando engenharia na  PUC-Rio com ajuda de uma bolsa de estudos, voltou como estagiário, por dois  anos.

— Tive a certeza que meu sonho era voltar para lá, dessa vez como funcionário — contou Wagner Sabóia, que, desde fevereiro de 2012 integra o quadro efetivo da  instituição. — O que me atrai é o ambiente de trabalho muito bom, o pessoal  realmente motivado e toda a equipe trabalhando para o desenvolvimento do  Brasil.

Imagino que, sim, muitas pessoas de fato estejam de olho nos gordos salários,  especialmente diante da ideia de muitos de que um emprego público é sinônimo de  estabilidade eterna. Mas Wagner não foi o único a me falar sobre essa  identificação com os valores do BNDES. Acho que o engenheiro se encaixa no grupo  que, mais do que qualquer cargo no serviço público, quer essa vaga  especificamente.

Wagner contou, também, que quando fez a prova, em 2011, chegou a levar  material de estudos para dar uma olhada, mas encontrou um amigo e acabou sem  tempo para dar aquela última revisada.

— Para mim, o estresse todo pode ser positivo, até certo ponto, porque te  deixa mais ligado. E, como estava bem confiante na minha preparação, consegui  ficar mais tranquilo.

No dia da prova, no intervalo para o almoço, enquanto eu fazia anotações no  meu bloquinho, prestava atenção na atividade que os outros escolhiam para passar  o tempo. A maioria lia anotações de matérias, livros e apostilas de  cursinhos.

A advogada Diana Franco escolheu dividir o tempo dela: revisou alguns temas,  depois começou a ler uma revista de decoração para “ficar mais tranquila”, me  disse ela, antes de voltar para a prova discursiva. Achei interessante que ela  sabia direitinho o que seria melhor. E acho que cada um precisa descobrir qual é  o melhor jeito de enfrentar essa maratona — seja fazendo revisões de última hora  ou levando a cabeça para bem longe dali.

Fonte: Caderno Boa Chance (O Globo)

REVISÃO PARA A PROVA EM 2/12/12 DO CONCURSO DE ESCREVENTE DO TJ SP

01/12/2012
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube

FONTE: Youtube

Aulas para concurso público

26/11/2012
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube

 

IFRAME Embed for Youtube

 

IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube
IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

 

Aula de Paso Doble

11/09/2012
IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

 

« Próximas
Rádio Anjos de Luz

Com agradecimento à Fada San. Visite www.anjodeluz.net

EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Acessar

Meu perfil
Perfil de usuário Terra 2012 .
Receba newsletters

Seu e-mail

Leitores do Terra 2012 pelo mundo
free counters
Quem está Online
8 visitantes online agora
1 visitantes, 7 bots, 0 membros
Map of Visitors
Enquetes

SE DILMA CAIU, FORA TEMER TAMBÉM?

View Results

Loading ... Loading ...
Escreva para a grande fraternidade branca

Grande Fraternidade Branca
Com agradecimento ao Espaço Hankarra. Visite hankarralynda.blogspot.com

Prezado Leitor, se você é uma pessoa solitária, quer desabafar ou deseja uma opinião fraterna e desinteressada sobre algum problema que o aflige, escreva-nos carta para o endereço informado no rodapé do site, ou, se preferir, mande e-mail para grandefraternidadebranca
@terra2012.com.br
.

Todas as correspondências serão respondidas no menor prazo possível.

arvore

Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE!