; charset=UTF-8" /> Terra 2012 » Budistas
Participe de nossos abaixo-assinados
Petição Pública
Prezado Leitor, sua participação é muito importante para nós. Pedimos que, no site www.peticaopublica.com.br,
para cada abaixo-assinado de que você queira participar, digite seu nome completo, RG ou CPF e e-mail. Aproveite para recomendar o site a sua rede de contatos. Obrigada.
Lista de Links
Sala de atendimento
Clique na porta
para acessar Porta

Budistas

Querido Leitor, sua participação é muito importante para nós. Além de poder postar seus comentários sobre nossas matérias, aqui você pode publicar seus textos ou notícias. Mande-os para aprovação ao e-mail chamavioleta@terra2012.com.br. Você receberá, no prazo de 7 dias, um e-mail informando a data em que seu texto será publicado aqui em sua comunidade. Não se esqueça de, no final do texto, informar a fonte ou, se for de sua autoria, declarar que autoriza a divulgação pelo site. Obrigada.

Mensagem budista

15/12/2013

 

Conheça um pouco do Budismo

06/05/2012
IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

Conheça o templo budista de Cotia, em São Paulo

11/01/2012
IFRAME Embed for Youtube

E conheça um pouco sobre esta religião encantadora

IFRAME Embed for Youtube

Seu líder é o Dalai Lama

IFRAME Embed for Youtube

Fonte: Youtube

O Dalai Lama está no Brasil

16/09/2011

Líder religioso participou de evento com empresários em SP

Vindo de Buenos Aires, na Argentina, com atraso de duas horas e nove minutos, a Sua Santidade o 14º Dalai Lama chegou ao Brasil na tarde desta quinta-feira para realizar uma palestra exclusiva para convidados no teatro do World Trade Center, na zona sul de São Paulo. Com o tema “Nova Consciência nos Negócios – Valores para um Mundo Sustentável – Um Movimento de Transformação”, o líder religioso atraiu a presença de empresários e do vice-governador do Estado, Guilherme Afif Domingos, que, sentado na primeira fila, assistiu à palestra ao lado de monges budistas. Em sua quarta visita ao País, a missão do Dalai Lama foi inspirar a reflexão de lideranças empresariais sobre a economia do novo milênio.

Bem humorado, o líder religioso chegou às 16h39 ao palco ladeado por seguranças e por tradutores. A passos lentos, sorrindo, ele disse que chegara quase na hora de dormir e que era apenas um monge budista em meio a muitos empresários. “Geralmente eu me descrevo como um simples monge budista. Não há nada o que discutir com empresários se eu sou um simples monge budista”, brincou. Em sua partipação no evento, que durou uma hora, o 14º Dalai Lama pregou o altruísmo e a ética moral para reduzir o fosso entre ricos e pobres no mundo.

 ”Temos de prestar séria atenção para reduzir a lacuna entre ricos e pobres. E vocês (apontando para a plateia de empresários) têm condições de ajudar. Ajudem mais os outros. Se vocês, honestamente, genuinamente, tiverem atitudes mais altruístas, vocês terão mais amigos e mais respeito, mais confiança com demais membros da comunidade. Claro, todos somos egoístas, mas é muito melhor ter um egoísmo sábio do que tolo. E aos industriais, prestem atenção aos problemas da ecologia. Os atentados de 11/9 também aconteceram em função de erros ou sintomas dos erros do século passado. Tudo isso é um sintoma de erros e negligência. Temos de tentar criar e fazer o século 21 o século do diálogo. É impossível eliminar os problemas, mas cabe a nós solucionar sem o uso da força. Uma negociação a partir do diálogo”, propôs.

 

 

 

 

O líder lembrou ainda a crise econômica de 2008 e refletiu sofre as consequências dos problemas mundiais na área. “Temos o desenvolvimento da ciência e da tecnologia que por si só talvez nem sempre podem garantir uma felicidade maior. O dinheiro também não pode manter isso. Por causa do dinheiro temos essa imensa lacuna entre ricos e pobres. O nosso futuro depende da humanidade como um todo, e não dessa ou daquela nação. Portanto, esse conceito “nós” e “eles” é a base do conceito da guerra e da destruição do seu vizinho. mas hoje a destruição do seu vizinho é a destruição de si mesmo”, afirmou Dalai Lama.

 

 

 

 

Respondendo a perguntas da plateia após 30 minutos de discurso, o Dalai Lama pregou um economia sustentável no Brasil, com a proposta de planos econômicos com sentido mais holístico. “Temos de pensar nos recursos da natureza. Não faz sentido passar batido todos os recursos naturais em prol do desenvolvimento. É melhor então preparar sua mente, porque haverá limites. Sem falar em desastres recentes também (citando o crescimento da economia do Japão e o recente terremoto). Acho que o Brasil tem muito sucesso como Estado. Penso que um plano econômico (no País) deve ser mais holístico e sustentável. O resto da América Latina está de olho nesse País. Porque simplesmente copiar a América ou Estados Unidos? Não. Pensem em uma economia mais sustentável, com danos ecológicos mínimos e reduzir, finalmente, a lacuna entre ricos e pobres, e desmilitarizar”, pregou o Dalai Lama, que também criticou o sistema educacional no mundo.

 

 

 

 

“A educação de hoje não presta a atenção adequada à importância das questões do coração. As pessoas que planejaram os ataques de 11/9 tinham um cérebro ótimo, mas conduzido pelo ódio. Há tantas conquistas científicas maravilhosas usadas para gerar mais sofrimento. Não há nada errado na ciência ou tecnologia, mas às vezes o uso envolve alguma coisa errada. Portanto, precisamos encontrar uma educação universal, uma educação moral. Se dependermos só da fé religiosa, jamais será algo universal. É por isso que a educação secular com foco no coração, isso sim, pode ser universal”, disse.

 

 

 

 

O Dalai Lama afirmou ainda que o Brasil deve servir de exemplo para o mundo e conduzir o seu desenvolvimento econômico com base nas questões morais e com foco no altruísmo. “Acho que vocês, do Brasil, podem mostrar aos demais o trabalho dos negócios com princípios morais, com uma motivação mais altruísta. Se você se centra muito em si, você se torna um prisioneiro. Portanto, pratiquem uma atitude altruísta, não necessariamente para praticá-lo pura e simplesmente ou por uma atitude religiosa. Se você fizer bem para os outros, você terá benefícios. É a lei da causalidade. E deve haver também um terceiro caminho, sem falar na religão, mas usando nossa experiência com bom senso”.

 

 

 

Teste de paciência
A chegada do Dalai Lama a São Paulo, e posteriormente ao local da palestra, foi um “teste de paciência”. Devido às condições climáticas, o avião que trouxe o líder religioso da Argentina demorou a pousar no Aeroporto Internacional de Guarulhos, região metropolitana de São Paulo. Ao pousar, Dalai Lama deixou o aeroporto de helicóptero em direção à zona sul para reduzir o atraso. Porém, no meio do trajeto, a aeronave teve de retornar, novamente, por falta de teto. De volta a Guarulhos, a Sua Santidade foi transportada de carro para o World Trade Center, acompanhado de batedores da Polícia Militar. Foram duas horas de atraso para o início da palestra, inicialmente marcada para às 14h30.

 

 

 

 

Para “descontrair” a plateia, o mestre de cerimônias, o ator João Signorelli, que interpretou um guru na novela global Caminho das Índias(2009), convidou empresários a dar declarações sobre o motivo de sua presença na palestra. Emsintonia com o evento, a maioria refetiu sobre “busca por inspiração”. O ex-ministro Ozires Silva, ex-presidente da Petrobrase da Embraer, atualmente presidente do Fórum de Líderes Empresariais, comentou as declarações e destacou a importância da palestra do Dalai Lama ao empresariado brasileiro. O Fórum foi o responsável por convidar a classe.

 

 

 

 

Além do vice-governador do Estado, Guilherme Afif, que passou a maior parte do tempo antes da palestra lendo mensagens em seu aparelho celular, participaram do evento o ex-deputado federal Fernando Gabeira (PV-RJ), munido com uma câmera fotográfica, o empresário Ricardo Young, ex-candidato do PV ao Senado por São Paulo nas eleições de 2010, e o rabino Henry Sobel.

 

 

 

 

Ao término da palestra, às 17h46, Gabeira saiu apressado, dizendo que tinha uma entrevista marcada com o Dalai Lama, mas que não sabia se seria possível falar com líder religioso devido ao atraso na programação. Os demais saíram do local sem dar declarações. Dalai saiu como entrou: sorrindo.

Fonte: Terra

WESAK

18/05/2011

17 de Maio é o Festival do Ano Novo no Budismo, quando também se comemora o nascimento de Gautama Buda. Os budistas recomendam que, nesse dia, pratiquemos boas ações e dediquemo-nos a meditar e a entoar mantras.

FESTIVAL DE WESAK

WESAK – LUA DE BUDA
A palavra WESAK origina-se no Sânscrito e quer dizer MAIO.

Na realidade (maio ou wesak) em sua Lua Cheia é comemorado com um festival mundial, onde pessoas de todas as partes do planeta celebram a Vitória de Gautama, o Buda.

É uma festividade dos povos budistas de todo o planeta. Nesse momento em que a Terra passa pelo signo de Touro é que a humanidade recebe um eflúvio de forças divinas do Buda Cósmico, como uma espécie de incentivo e choque espiritual para nosso Despertar Superior

A liberação de poderosas energias podem afetar poderosamente a humanidade e que, se liberadas, estimularão o espírito de amor, de fraternidade e de boa vontade na Terra. Essas energias são tão definidas e reais como são as de que se ocupa a própria ciência que as chama de raios cósmicos.

O Festival de Wesak marca o nascimento, iluminação e morte de Gautama, o Buda  e é o grande Festival de Encontro Espiritual do Oriente com o Ocidente.

Na lua cheia de Touro é realizada a celebração máxima do Budismo, o Festival de Wesak, no vale dos Himalaias, na Índia, em homenagem a Lord Gautama.

Em cada Lua Cheia do ano, ocorre grande derramamento de Luz e de energias de Bênçãos para a humanidade. Assim sendo, ocorrem 12 ou 13 plenilúnios, com força energética especial que tem correspondência direta com o signo do zodíaco atualmente na época, porém o WESAK (MAIO) é um momento muito especial de Encontro de Anjos, Arcanjos, Mestres Espirituais, Elohins, Seres Extraterrestres Benevolentes, enfim Consciências Já Despertas e Evoluídas, jorrando Bênçãos à humanidade.

O Wesak é um momento especial pois renova nossas forças no sentido de acelerar nossa própria Iluminação e o ápice desse momento é quando a Lua Cheia de Maio surge no céu trazendo energia adicional e luminosa a cada pessoa que de puro coração se propor a renascer em si mesmo como a ave FENIX.

Este sagrado Momentum favorece a avaliação de nossas imperfeições mergulhando nos registros do subconsciente para descobrir e transmutar padrões rígidos e escravizantes que ainda possuímos em Liberdade, Felicidade e Iluminação.

MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA – POR QUE MEDITAÇÃO NA LUA CHEIA?

Porque há ciclos no fluxo e refluxo das energias espirituais, com os quais os grupos, tanto quanto os indivíduos, podem conscientemente cooperar. Um dos principais ciclos de energia coincide com as fases da Lua, alcançando seu pico, sua maré alta, durante a Lua Cheia. Este é o tempo, portanto, em que a canalização da energia, através da meditação grupal, pode ser eficaz de maneira ímpar. Hoje, centenas de grupos de serviços se reúnem mensalmente para meditar, de maneira regular, no mundo todo, por ocasião da Lua Cheia. A Lua mesma não tem nenhuma influência sobre o trabalho, mas a sua esfera, plenamente iluminada, é indicativa de um alinhamento livre e desimpedido entre nosso planeta e o Sol, o Centro Solar, a fonte de energia para toda a vida na Terra. Em tais ocasiões, estando a Lua “fora do caminho” e o contato entre o Centro Solar e o Planeta Terra alcançando seu ponto máximo, o homem pode fazer uma aproximação bem definida a Deus, o criador, o Centro da Vida e da Inteligência.

O ritmo plenilunar é usado para determinar as datas das meditações já que determina o tempo mensal em que o impacto das divinas energias de Luz, Amor e Poder é mais forte e pode ser registrado pelos grupos e irradiado dentro da consciência humana.

MAIS SOBRE O FESTIVAL DE WESAK

Lua cheia de Buda (Touro)

O que deveria ser realizado em cada lua cheia de Touro?

1. A liberação de certas energias que podem afetar poderosamente a humanidade e que, se liberadas, estimularão o espírito de amor, de fraternidade e de boa vontade na Terra. Essas energias são tão definidas e reais como são as de que se ocupa a própria ciência que as chama de raios cósmicos.

2. A fusão de todos os homens de boa vontade no mundo em um todo integrado e com capacidade de resposta.

3. A invocação e a resposta de certos Grandes Seres, Cujo trabalho pode ser, e será possível, se o primeiro destes objetivos for atingido, graças à realização do segundo objetivo. Meditem nesta síntese dos três objetivos. Por que nome estas Forças Vivas são chamadas é inteiramente imaterial. Podem ser considerados como os vice-regentes de Deus, que podem e cooperarão com o Espírito de Vida e de Amor sobre o nosso planeta, aquele no qual vivemos, nos movemos e temos nosso ser. Certos pensadores podem considerá-los como os Arcanjos do Altíssimo, cujo trabalho tem sido possível pela atividade do Cristo e do Seu corpo de discípulos, a Igreja verdadeira e viva. Outros os considerarão como os Guias da Hierarquia planetária, que se encontram por detrás de nossa evolução planetária e que raramente tomam parte ativa exterior nas atividades do mundo, deixando isso para os Mestres de Sabedoria, salvo nos casos excepcionais como o atual. Qualquer que seja o nome pelo qual os chamemos, eles estão prontos para ajudar, se o apelo for feito com força e poder suficientes por parte dos aspirantes e discípulos no momento da lua cheia de Touro e da lua cheia de Gêmeos.

4. A evocação de uma atividade enérgica e concentrada do lado interno realizada pela Hierarquia de Mestres, essas Mentes iluminadas à quais foi confiado o trabalho de direção do mundo. Deseja-se uma resposta e pode ser obtida entre os três grupos:

- a. A expectante e (nesse momento) ansiosa Hierarquia – ansiosa porque nem mesmo Eles podem dizer como reagirá a humanidade, e se os homens serão suficientemente sensatos para aproveitar a oportunidade oferecida. Os Mestres aguardam, organizados sob a direção do Cristo, o Mestre dos Mestres e Instrutor de anjos e homens. Ele foi instituído como o intermediário direto entre a Terra e o Buda, Aquele que, por sua vez, é o intermediário consagrado entre a Hierarquia expectante e as forças atentas.

- b. Novo Grupo de Servidores do Mundo, cujo objetivo é a paz do mundo, composto nesta época por todos os servidores sensíveis e consagrados da raça, que tem o propósito de estabelecer a boa vontade na Terra, como a base para a futura vida e expansão mundiais. Originalmente, este grupo era formado por uns poucos discípulos aceitos e aspirantes consagrados. As suas fileiras foram abertas, ultimamente, a todos os homens de boa vontade que trabalham ativamente por uma verdadeira compreensão, que estão prontos a se sacrificarem para ajudar a humanidade, que não veem nenhuma linha de separação, mas têm, isso sim, o mesmo sentimento para com os homens de todas as raças, nacionalidades e credos.

- c. As massas dos homens e mulheres que responderam às ideias que foram lançadas, e que reagiram favoravelmente aos objetivos de compreensão internacional, interdependência econômica e unidade religiosa.

À medida em que estes três grupos de pensadores e servidores se tenham contatado, quando os três grupos possam estar alinhados, ainda que momentaneamente, muito pode ser realizado; as portas da nova vida podem ser abertas para dar passagem ao influxo de novas forças espirituais. Tal é o objetivo e a ideia do Grupo.

Que importância tem para vocês, pessoalmente, esta lua cheia de Touro? Parece-lhes ter suficiente importância para realmente significar tão grandes esforços a vocês? Creem sinceramente que neste dia pode haver realmente uma liberação de energia espiritual suficientemente potente para mudar os assuntos do mundo, desde que os filhos dos homens desempenhem sua parte? Acreditam realmente, e estão prontos na prática, a apoiar a crença de que nesse dia o Buda, em cooperação com Cristo e com a Hierarquia de Mestres Iluminados, mais a ajuda oferecida por alguns dos Tronos, Principados e Poderes da Luz, que são a correspondência superior dos poderes das trevas, estão prontos a executar os Planos de Deus, quando for dado o direito e a permissão dos homens? A principal tarefa de vocês na atualidade, não é lutar contra os poderes do mal e as forças das trevas, mas despertar o interesse e mobilizar as Forças da Luz e os recursos dos homens de boa vontade e de inclinação correta no mundo atual. Não resistir ao mal, mas organizar e mobilizar o bem e assim fortalecer as mãos dos trabalhadores que estão do lado do direito e doar amor, para que o mal tenha menos oportunidades.

Se vocês tiverem fé no que lhes disse, – ainda que seja do tamanho de um grão de mostarda – se tiverem uma crença firme no trabalho do espírito de Deus e na divindade do homem, então esqueçam-se de si próprios e consagrem cada um de seus esforços, a partir do momento em que receberem esta comunicação, para a tarefa de cooperar no esforço organizado, a fim de mudar o curso dos assuntos mundiais, por meio de um acréscimo no espírito de amor e de boa vontade no mundo durante este mês.

ANTIGOS ENSINAMENTOS

Ensinamentos da Antiga Sabedoria consideram Wesak o momento mais significante do ano, quando um real evento celestial ocorre e se manifesta sobre a Terra. Considera-se que o Festival de Wesak seja um tempo em que o próprio Deus, transmitindo através de Buda e de Cristo, envia uma benção para a Terra. Durante séculos tem sido celebrado na Índia e sempre ocorre na Lua Cheia de Buda. Durante esse tempo, a humanidade pode se alinhar completamente com forças espirituais que não estão à disposição em outras ocasiões do ano. A força dessa benção nos estimula espiritualmente e nos deixa mais preparados para servir completamente ao Plano Divino.

Próximo ao Nepal e rodeado pelas montanhas dos Himalaias, fica uma área de terra protegida. Um caminho, entre passagens estreitas, eventualmente se abre para um vale coberto de grama. Vários dias antes da Lua Cheia, buscadores espirituais entram no vale e aí montam tendas coloridas. Na parte norte do vale há uma grande rocha plana onde é colocada uma grande vasilha de cristal cheia de água. Logo antes da Lua Cheia, Cristo, os Senhores, os Mestres, os Arcanjos e os Iluminados que guiam o planeta Terra se reúnem ao redor dessa rocha para orar.

Poucos minutos antes do momento exato da Lua Cheia, pode se ver uma pequena luz no céu. À medida que ela se aproxima e cresce em claridade, a forma do Buda, com seu robe cor de açafrão e com as penas em posição cruzada, pode ser vista no céu.
No momento exato da Lua Cheia, Buda, suspenso sobre a rocha, estende sua mão em uma benção em direção a Cristo, que, representando a Humanidade, a recebe para distribuição. Então é pronunciada a Grande Invocação, enviando uma forte corrente de gratidão, da Humanidade para o Próprio Deus. Enquanto Buda envia sua Benção de Iluminação e Cristo envia sua Benção de Amor, a estrutura atômica e molecular da água se altera, recebendo uma infusão de Sabedoria. Ela é então distribuída em pequenas porções e levada ao mundo para ser compartilhada.

O Festival de Wesak é um momento poderoso de intenso serviço espiritual, feito da Humanidade para Deus e de Deus para a Humanidade, através de Buda e de Cristo. Durante os 8 minutos dessa celebração, o universo inteiro faz uma ligação unindo a humanidade com a Fonte da nossa criação, a que chamamos Deus. Os efeitos espirituais permanecem até o próximo Festival de Wesak.

O festival de Wesak ou de Vaisakha é o festival do Buda. É marcado pelo nascimento, iluminação e morte de Buda. Este festival é celebrado anualmente na lua cheia de maio; é o grande festival do oriente. Buda é o intermediário espiritual entre o centro onde a vontade de Deus é conhecida e a hierarquia espiritual.

O momento pleno de Wesak acontece na entrada da Lua Cheia em Escorpião, e o Sol em Touro, porém o Festival é celebrado dois ou três dias antes e dois ou três dias após o plenilúnio. Segundo o Mestre Ascensionado Djwhal Khul afirmou nos livros de Alice Bailey:

“Wesak é o maior evento no nosso planeta e o que tem o maior efeito sobre a humanidade. Nenhum custo é tão alto para ser útil à Hierarquia Espiritual por ocasião da lua cheia do Wesak. Nenhum preço é tão caro para ganhar-se iluminação espiritual e que é possível particularmente nessa época”.

A cerimônia de Wesak é originalmente comemorada no Vale Wesak, no Himalaia, onde é honrado o nascimento, morte e iluminação de Sidartha Gautama. Atualmente simboliza a consciência de Buda e Cristo ligando o Oriente com o Ocidente na fé. Esotéricos dizem que no Wesak encontramos a chave para abrir a porta entre Shambala e a Hierarquia com energias para transformar escuridão em claridade, o irreal para o real, a morte para a imortalidade, o caos para a beleza.

O amor Divino e a Sabedoria, são as energias mais fortes para aqueles que estiverem abertos para receber. Através de Buda a Sabedoria de Deus, através de Cristo o Amor manifestado na humanidade. Um tempo para alinhar os nossos chacras e células do corpo físico. Os dias do festival podem ser usados para dar nosso amor, beleza e compaixão para a nossa família, nosso grupo e para o Mundo.

O festival de Wesak, é reconhecido por muitos como um dia de impacto espiritual supremo. Este festival não é uma celebração comemorativa mas um presente, um evento vivo, uma cerimônia sagrada que ocorre a cada ano entre Buda e o Cristo. A hierarquia espiritual une-se enquanto uma benção é derramada em nosso planeta.

Esta cerimônia marca um ponto elevado do ano espiritual e serve para vitalizar a aspiração de toda a humanidade, a evolução humana, os caminhos como uma fonte de luz e do amor, inspirando e estimulando todos os esforços que promovem a harmonia humana e planetária.

O esforço cooperativo da humanidade ao invocar as energias da luz e do amor, trabalhando junta na meditação e nas preces no festival de Wesak, a preservação de uma quietude interior, a atenção focalizada, engloba os participantes nessa força espiritual, possibilitando uma expansão da consciência mais intensa do que em qualquer outra época do ano.

OS MANTRAS DA ALMA E DA MÔNADA

O Mantra da Alma foi transmitido pelo Mestre Ascensionado Djwhal Khul para a Terra, através de Alice Bailey. É um dos mantras mais poderosos do planeta e deveria ser recitado todas as vezes em que se iniciar algum trabalho espiritual.

MANTRA DA ALMA

Eu sou a Alma,
Eu sou a Luz Divina,
Eu sou Amor,
Eu sou Vontade,
Eu sou o Desígnio Imutável.

MANTRA DA MÔNADA

Eu sou a Mônada,
Eu sou a Luz Divina,
Eu sou Amor,
Eu sou Vontade,
Eu sou o Desígnio Imutável.
Ao recitar esses mantras, estaremos ativando nosso Eu Superior e a poderosa Presença do Eu Sou (Mônada).

A GRANDE INVOCAÇÃO

Essa oração foi ofertada pelo Senhor Maitreya, o Cristo Planetário, entre 1945 e 1950. É uma das orações mais poderosas jamais entregues aos Trabalhadores da Luz e ao novo grupo dos Servidores do Mundo. Existem uma versão longa e uma versão mais curta. Essas orações foram extraídas do livro de Alice Bailey – The Externalization of the Hierarchy.

Do ponto de Luz na Mente de Deus
Que a Luz se irradie para a mente dos homens.
Que a Luz desça sobre a Terra.
Do ponto de Amor no Coração de Deus
Que o Amor se irradie para o coração dos homens.
Que o Cristo retorne à Terra
Do centro em que a Vontade de Deus é conhecida
Que o propósito oriente as pequenas vontades dos homens-
O propósito que os mestres conhecem e a que servem.
Do centro do que chamamos de raça dos homens
Que o Plano do Amor e da Luz se realize
E possa ele selar a porta onde o mal habita.
Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

VERSÃO LONGA

Que as Forças de Luz tragam a iluminação à humanidade,
Que o Espírito da Paz se faça presente em toda parte,
Que os homens de boa vontade de todos os lugares possam se unir num espírito de cooperação,
Que o perdão de todos os homens
Seja a linha mestra desta época,
Que o poder atenda aos esforços dos Grandes.
Assim seja, e ajude-nos a fazer a nossa parte.
Que os Senhores da Libertação fluam,
Que tragam auxílio aos filhos dos homens
Que o Cavaleiro do Lugar Oculto apareça,
E, ao chegar, salve.
Venha ó Poderoso,
Que as almas dos homens acordem para a Luz,
Que eles se unam na mesma intenção,

Que a ordem do Senhor possa se cumprir,
É chegado o fim do infortúnio!
Venha, ó Poderoso,
Agora chegou a hora de a Força Salvadora atuar.
Que ela possa se estender por toda a parte, ó Poderoso.
Que a Luz, o Amor, o Poder e a Morte
Possam cumprir o propósito daquele que há de vir.
A vontade de salvar está aqui,
O amor para continuar o trabalho está em todo lugar,
A ajuda ativa de todos aqueles que conhecem a verdade também está aqui,
Venha, ó Poderoso, e funda os três.
Construa uma grande muralha de proteção,
O domínio do mal tem de terminar.
Do ponto de Luz na Mente de Deus
Que a Luz se irradie para a mente dos homens.
Deixe que a luz desça sobre a terra.
Do ponto de Amor no Coração de Deus
Que o Amor se irradie para o coração dos homens.
Que o Cristo retorne à terra
Do centro em que a Vontade de Deus é conhecida
Que o propósito oriente a pequena vontade dos homens-
O propósito que os Mestres conhecem e a que servem.
Do centro do que chamamos de raça de homens
Que o Plano de Amor e de Luz se realize,
E possa ele selar a porta onde o mal habita.
Que a Luz, o Amor, e o Poder restabeleçam o Plano na terra.

FAÇA SEU RITUAL

Em qualquer momento 12 horas antes e 12 horas após a LUA CHEIA você pode se sintonizar com todas as energias dos seres espirituais ao redor do mundo que participam do Festival Wesak.

Purifique-se com um banho de ervas , meditação ou um passeio na natureza.

Ouça músicas espirituais.
Faça um altar incluindo nele representações dos elementos fogo, terra , ar e água e também figuras ou imagens dos Mestres Ascensos , Buda , Cristo , Yogues ou Anjos.

Coloque flores no altar. Um quartzo rosa também é um bom elemento pois ele é um amplificador do Amor e Sabedoria, expandindo amor e beleza.

Coloque uma tigela de água em seu altar para que ela seja carregada com as vibrações de sua meditação, esta água servirá para usos futuros, aspergindo sobre pessoas e ambientes que precisam de purificação, ou mesmo ser jogada em um rio com a intenção de espalhar as energias do Wesak para todos os seres.

Faça orações, invocações de Luz, cante mantras.
Finalmente, faça a seguinte visualização, sozinho ou em grupo.

Visualize-se em um lindo vale, sinta o ar fresco da montanha e sinta seus pés pisando uma grama macia… Inspire profundamente procurando se relaxar, acalmando suas emoções e sua mente…Sinta a paz neste ambiente e dentro de você…

Procure então, com os olhos fechados, se interligar com todos os Trabalhadores da Luz e sinta a presença desses seres …participe então do chamado magnético que chega para todas Almas. Todos são chamados a reunirem-se no Amor e na Luz, criando então uma energia de paz que circunda todo o Planeta como uma rede de luz.  Visualize a presença de seu Mestre, Arcanjos, e receba e transmita as poderosas energias espirituais que Eles enviam em benefício de toda a Humanidade.

Visualize essa energia em sua cabeça e no centro de seu coração.  Esse nível de luz e amor chegam em sua Alma e em sua personalidade. Sinta-se banhado de Luz.
Conclua a visualização com um grande OM…

Fonte: Site Cura e Ascensão

O BRASIL É UMA TERRA QUE ABRAÇA VÁRIAS RELIGIÕES

24/04/2011

Pessoal, vocês já repararam como, no Brasil, convivem pacificamente diferentes religiões?

Há pessoas que escolheram o Judaísmo, crença monoteísta, ou seja, em apenas um Deus, baseada na sua adoração, nas boas ações e na Torá, que corresponde aos 5 primeiros livros do Antigo Testamento da Bíblia cristã. Portanto, o fiel deve ser misericordioso com o próximo e ter bastante firmeza de caráter. Além disso, deve consumir alimentos kosher, isto é, puros (exemplo de proibição: carne de porco), descansar durante o Shabat (entre o pôr do sol de sexta-feira e o do sábado) e frequentar a Sinagoga, onde os rabinos ensinam, em aramaico, a obedecer ao Talmud, que reúne as leis orais da Mishná e os comentários destas, chamados de Gemará.

Outras praticam o Hinduísmo, religião muito antiga, que se iniciou pelo culto à natureza. Na sua primeira fase, chamada de Védica, havia cultos a deuses tribais,  enquanto na seguinte, a Bramânica, começou-se a louvar a trindade de deuses formada por Brahma, Vishnu e Shiva, sendo este é o promotor das transformações profundas, como as por que passa a Terra atualmente,  a partir da qual os brâmanes passaram a ser vistos como casta de seres especiais, além de acreditar-se em reencarnação (“Roda de Samsara”), lei do carma e transmigração de almas (“atman”) e defender-se a ideia de que a vida na Terra é ilusão (“Maya”). O principal guru espiritual hindu foi Mahatma Gandhi, que pregou a não-violência (“Ahimsa”). No hinduísmo, recomandam-se a meditação (“Darshan”) e a oferenda (“Puja”), a alimentação vegetariana, pois a carne é impura, e a entoação de cânticos em sânscrito, chamados de mantras, como “OM” (Deus), que se repetem várias vezes, contadas por meio de colares de contas, os japa malas, feitos de sândalo ou rudraksha, que é considerada uma árvore muito auspiciosa na Índia. Também se pratica ioga, em alusão à dança de Shiva, que tinha várias esposas, segundo a mitologia, entre as quais Lakshmi (deusa da criatividade), Kali (deusa da destruição), Durga (deusa da beleza) e Parvati (mãe).  Outro mito é o de que esta esposa fez um filho, Ganesha, a partir de uma costela sua, mas Shiva, confundindo-o com um amante, cortou-lhe a cabeça, pondo, no lugar, a de um elefante. Ele é o que traz prosperidade. Também se cultua a Krishna, mas, na Índia, o Movimento Hare Krishna não possui grande alcance.

Outra fascinante religião que alguns cultuam no Brasil é o Budismo, baseado nos ensinamentos de Buda, que foi um princípe chamado Sidarta e nascido na Índia. “Buda” significa iluminado, seus ensinamentos são chamados de “Dharma” e seus discursos, de “Sutras”. Curiosamente, o culto extinguiu-se na Índia, mas se espalhou pela China, Sri Lanka, Japão e pelo resto da Ásia, em parte, atribuído a sua natureza pacifista. Assim como o Hinduísmo, o Budismo considera ilusória a vida calcada só no corpo, mente, olhos, ouvidos, nariz e língua, e, como os espíritas, defende a ideia de que o homem nasce, adoece e morre por várias vidas, até que chegue à iluminação (Nirvana), quando cessa seu sofrimento, tornando-se, pois, livre. Estes também empregam o termo budista “karma”, que, em sânscrito, significa “ação”, podendo ser positivo ou negativo. Assim sendo, o karma negativo de uma vida decorre de karma negativo de vida passada. É o que o espiritismo chama de “lei de causa e efeito”. Para os budistas, há seis reinos – Devas (deuses), Asuras (semideuses), Humanos, Animais, Pretas (seres famintos) e Seres do Inferno, e a criatura encarna em reino superior ou inferior consoante suas obras, o que é um preceito também do Catolicismo.  Outro aspecto também relevante do Budismo, que os espiritualistas modernos procuram difundir, é que o sofrimento humano decorre de sua mente, de sua vibração no egoísmo, na ganância e nos demais pecados capitais citados pelo Catolicismo, pois, quando conseguir livrar-se desse estado de consciência, fará sua ascensão espiritual, de que já falamos algumas vezes aqui no nosso site.

Não importa qual seja sua religião: o importante é que todos somos um, uma unidade em Deus. Mais ainda, querido leitor, veja que todos os caminhos espirituais convergem para a necessidade de vibrar positivamente. Aqui, no Terra2012, inclusive, temos a Seção “O poder da palavra falada”, com decretos e orações nesse sentido, que ganham bastante força se mentalizar-se junto a chama violeta vibrando sobre o problema ou assunto que se almeja resolver.

A chama violeta, pertencente ao Sétimo Raio Divino, da transmutação, é um presente divino, divulgado pelo Mestre Ascenso Saint Germain, capaz de extirpar toda a negatividade existente sobre determinada situação. Experimente! 

 

Autor: Lyly

Rádio Anjos de Luz

Com agradecimento à Fada San. Visite www.anjodeluz.net

EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Acessar

Meu perfil
Perfil de usuário Terra 2012 .
Receba newsletters

Seu e-mail

Leitores do Terra 2012 pelo mundo
free counters
Quem está Online
10 visitantes online agora
2 visitantes, 8 bots, 0 membros
Map of Visitors
Enquetes

SE DILMA CAIU, FORA TEMER TAMBÉM?

View Results

Loading ... Loading ...
Escreva para a grande fraternidade branca

Grande Fraternidade Branca
Com agradecimento ao Espaço Hankarra. Visite hankarralynda.blogspot.com

Prezado Leitor, se você é uma pessoa solitária, quer desabafar ou deseja uma opinião fraterna e desinteressada sobre algum problema que o aflige, escreva-nos carta para o endereço informado no rodapé do site, ou, se preferir, mande e-mail para grandefraternidadebranca
@terra2012.com.br
.

Todas as correspondências serão respondidas no menor prazo possível.

arvore

Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE!