Traduzir
EnglishFrenchGermanItalianPortugueseRussianSpanish
Participe de nossos abaixo-assinados
Petição Pública
Prezado Leitor, sua participação é muito importante para nós. Pedimos que, no site www.peticaopublica.com.br,
para cada abaixo-assinado de que você queira participar, digite seu nome completo, RG ou CPF e e-mail. Aproveite para recomendar o site a sua rede de contatos. Obrigada.
Lista de Links

A Terra na Terceira Dimensão

RESET MUNDIAL

20/05/2020
Fonte: Youtube

Você vive em realidades paralelas

20/05/2020
Fonte: Youtube

A Caronga Vi, a inteligência artificial e a tecnologia 5G

17/05/2020
Fonte: Youtube

Aliança da Terra atrapalha Nova Ordem Mundial

13/05/2020

Fim de jogo: 3D na Terra já era, graças a Deus!

09/05/2020

By Vital Frosi (Youtube)

 

Tranco na Cabala Negra

02/05/2020

Governo dos EUA acusa Nicolás Maduro de chefiar cartel do narcotráfico

Nicolás Maduro, presidente da Venezuela
Direito de imagemAFP
Image captionEUA consideram que Maduro é lider de um cartel de drogas em parceria com a guerrilha colombiana

Os Estados Unidos abriram um processo criminal contra o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Os americanos o acusam de associação com o tráfico de drogas. A acusação também é direcionada diversos outros membros de alto escalão do governo venezuelano.

As acusações foram anunciadas pelo procurador-geral (cargo equivalente nos EUA ao de ministro da Justiça do Brasil) William Barr e devem aumentar as tensões entre os dois países.

Os EUA também ofereceram uma recompensa de US$ 15 milhões (R$ 75 milhões) para informações que possam levar à prisão de Maduro.

A Casa Branca apoia o líder de oposição Juan Guaidó, que no ano passado se autodeclarou presidente interino.

As novas acusações são uma escalada na longa campanha de pressão dos EUA para a saída de Maduro, que também inclui sanções econômicas ao país latino-americano. Os americanos consideram Maduro “ilegítimo” e também o acusam de ser um “ditador”.

Fonte: BBC

Arábia Saudita prende por corrupção trezentos funcionários

A medida, cujos detalhes são desconhecidos, alcança militares, juízes e funcionários de vários ministérios

Foto do príncipe herdeiro, Mohamed bin Salman (MBS), em Riad, Arábia Saudita.
Foto do príncipe herdeiro, Mohamed bin Salman (MBS), em Riad, Arábia Saudita.FAYEZ NURELDINE / AFP

Trezentos funcionários públicos, incluindo militares e membros das forças de segurança, foram detidos na Arábia acusados de receber subornos e abusar de cargos públicos. A Comissão de Controle e Anticorrupção (Nazaha), que encaminhou os indiciados aos tribunais competentes, estima em 379 milhões de riais (536 milhões de reais), o valor fraudado. As prisões foram divulgadas uma semana depois que surgiu a informação da detenção de pelo menos dois membros importantes da família real, o que, como aconteceu com a campanha anticorrupção que resultou no confinamento de dezenas de príncipes e magnatas no Ritz de Riad em 2017, levanta questões sobre seu objetivo principal.

“A Comissão abriu um processo administrativo contra 219 funcionários por descumprimento do dever e também iniciou processos criminais contra 674 pessoas, das quais 298 foram afastadas de seu emprego, de acordo com a lei, e acusadas de vários crimes de corrupção administrativa e financeira, como aceitação de subornos, malversação de fundos, desperdício de dinheiro público e abuso de poder”, informa a Nazaha em seu site.

Entre os detidos, a Comissão menciona oito militares no Ministério da Defesa, incluindo um general e vários oficiais reformados, por suborno e lavagem de dinheiro com contratos governamentais entre 2005 e 2015. (Significativamente, durante essa década esteve no comando do país o rei Abdullah, cujos filhos e colaboradores mais próximos foram expurgados quando seu meio-irmão Salman o sucedeu em 2015). Também aponta 29 funcionários do Ministério do Interior, metade dos quais trabalhava na Província Oriental, entre eles dois generais e três coronéis.

A campanha, divulgada no domingo à noite, chega ao judiciário e aos Ministérios da Educação e Saúde. Há dois juízes acusados ​​de receber suborno; 10 funcionários públicos presos por suposta corrupção em conexão com o colapso de um prédio em uma universidade de Riad que causou várias mortes; e 21 pessoas que cometeram irregularidades administrativas e financeiras em contratos com a Direção Geral de Saúde da Província Oriental, incluindo duas mulheres e três residentes estrangeiros.

Apesar de sua declarada meta de transparência, a Nazaha não fornece o nome nem outros detalhes sobre os diferentes casos. Também não está claro quando começaram as investigações contra os funcionários nem suas prisões. A campanha parece ecoar a realizada no final de 2017 contra dezenas de príncipes, empresários e altos funcionários para combater a corrupção. Na ocasião, os detidos foram trancados no hotel Ritz-Carlton em Riad e só receberam autorização para sair depois de renunciarem a uma parte substancial de suas fortunas.

As autoridades disseram então que tinham arrecadado 400 bilhões de riais. Observadores, no entanto, interpretaram a medida como um expurgo lançado pelo herdeiro e governante de fato do reino, o príncipe Mohamed Bin Salam (conhecido como MBS), para intimidar seus potenciais críticos. A Corte Real disse no início do ano passado que estava encerrando aquela campanha, mas as autoridades mais tarde anunciaram que também iriam investigar a corrupção entre funcionários públicos.

O príncipe Mohamed conquistou a simpatia de boa parte dos sauditas por conter aqueles que estavam enriquecendo às custas do erário em um país onde a enorme riqueza do petróleo fomenta o nepotismo e a troca de favores. No entanto, seus métodos pouco transparentes também suscitaram críticas e a suspeita de que apenas encobrem seu desejo de concentrar todo o poder em suas mãos. Na época em que lançou o expurgo de 2017, veio à tona que ele havia adquirido um castelo na França, um iate de luxo e uma pintura atribuída a Leonardo da Vinci por 400 milhões de dólares (1,95 bilhão de reais).

“Como empresa, vimos mudanças significativas. Agora há licitações para os contratos públicos e quem oferece as melhores condições ganha. Até sua chegada, os serviços públicos de água, eletricidade e outros eram outorgadas de forma direta e ineficiente. Ele pôs ordem”, declarou recentemente um executivo europeu que trabalha para uma multinacional saudita. O interlocutor admitiu, porém, que essa luta contra a corrupção “não chegou a todos” e que os mais próximos de MBS “foram poupados”.

A notícia das novas detenções veio à tona apenas uma semana depois da prisão de pelo menos dois membros importantes da família real, bem como um outro príncipe e vários funcionários de alto escalão vinculados a eles. O confinamento em suas residências do príncipe Ahmed Bin Abdelaziz, irmão mais novo do rei Salman, e do príncipe Mohamed Bin Nayef, sobrinho de ambos, foi interpretado como um novo reforço do poder do herdeiro e filho favorito do monarca.

 

TRUMP lidera Operação Storm para detonar Nova Ordem Mundial

02/05/2020

Fonte: Youtube

OVNIs já se tornam visíveis para nós porque saímos da 3D e estamos na 4,5 dimensão

29/04/2020

Fonte: Youtube

Aliança da Terra planeja prisão em massa dos líderes Iluminatti

15/04/2020

REPTILIANOS e as crianças resgatadas em túneis subterrâneos de NY. A base subterrânea de DULCE

14/04/2020
 
Fonte: Canal Plutarco, Youtube
 
Agora, e desde a semana passada, milhares de crianças famintas
e terrivelmente abusadas foram encontradas mortas
ou salvas em um túnel subterrâneo em Nova York.
 
Esse túnel se estenderia por uma distância de 4 quilômetros entre
o Clinton Foundation Building e o porto de Nova York!
 
É através da abertura para o porto de Nova York que crianças e
cadáveres são carregados no navio médico Comfort.
 
Enfermeiras confirmam tratamento de crianças vítimas de abuso
horrível no Corona Campaign Hospital em tendas no
Central Park!
 
 
O navio médico “Comfort” foi colocado lá em Nova York pelo
presidente Trump.
 
Um segundo navio médico, o “Mercy”, que teria a mesma missão,
ou seja, prestar assistência às crianças sequestradas,
vítimas de abusos horríveis e salvas dos túneis, fica no porto de Los
Angeles.
Os esforços de resgate estão sob a direção da Força-Tarefa Pedófila
do Pentágono.
 
Eles (as crianças vítimas de abuso) são removidos dos túneis.
Existem corpos empilhados …
 
Não sei se é verdade, mas um cara disse que alguns desses corpos foram
mordidos (provavelmente por ratos!).
 
Eles especulam que as crianças famintas e vivas comiam os mortos.
 
Há também um hospital Mash localizado no Central Park para tratar
alguns deles.
 
Nova York está clamando por sacos de corpo.
 
Eles estimaram que 100.000 eram necessários.
 
Eles estimaram que perderiam de 4 a 6% das vítimas que deixaram
vivos porque eram muito fracos.
Há evidências de tortura horrível e abuso sexual.
 
Muitos foram educados para isso e nunca viram a luz do dia.
 
Alguns estão distorcidos.
 
Todos estão desnutridos.
 
Muitos precisam de respiradores, porque o ar nos túneis estagna e
não é renovado.
Oficiais que estiveram nos túneis estão traumatizados!
Eles recebem bolsas de vômito antes de entrarem.
 
Judy Byington para Crônicas Dinar
 
 
Filibert: Algumas dessas crianças deveriam ser usadas para
produzir
Adrenocromo, o sangue de crianças
traumatizadas enriquecido com adrenalina que a “Elite” usa
para rejuvenescer!
P Anon declara que as crianças são atendidas primeiro (ou seja,
sua libertação)
antes da desclassificação
dos arquivos e da acusação de 160.000 pessoas com uma acusação
selada nos vários tribunais federais Estados Unidos!
 
Na base do lago China, na Califórnia, 35.000 crianças foram
libertadas e
parcialmente transferidas para o navio médico
“Mercy”, estacionado  no porto de Los Angeles!
Outros estão sendo lançados na Flórida e Washington DC!
 
Você deve saber que nos Estados Unidos, mais de 800.000
crianças desaparecem
todos os anos, e estamos começando
a descobrir onde elas estão para atender às necessidades da
elite satanista que
governa parte do mundo e que acredita
que tudo é permitido e acima da lei, regularmente estuprando
e sacrificando crianças.
Fonte: latableronde over
Fonte: Youtube
« Próximas
Rádio Anjos de Luz

Com agradecimento à Fada San. Visite www.anjodeluz.net

Meu perfil
Perfil de usuário Terra 2012 .
Leitores do Terra 2012 pelo mundo
free counters
Escreva para a grande fraternidade branca

Grande Fraternidade Branca
Com agradecimento ao Espaço Hankarra. Visite hankarralynda.blogspot.com

Prezado Leitor, se você é uma pessoa solitária, quer desabafar ou deseja uma opinião fraterna e desinteressada sobre algum problema que o aflige, escreva-nos carta para o endereço informado no rodapé do site, ou, se preferir, mande e-mail para grandefraternidadebranca
@terra2012.com.br
.

Todas as correspondências serão respondidas no menor prazo possível.

arvore

Antes de imprimir pense em sua responsabilidade e compromisso com o MEIO AMBIENTE!

Gato no notebook

DÚVIDAS? Fale com o Administrador gtm@terra2012.com.br

Acessar Webmail Terra 2012