Comunidade virtual une gente que está atrás de parceiro para ter filho

Objetivo da coparentalidade é dividir responsabilidades e criar criança em regime de guarda compartilhada, sem romance nem sexo entre pais.

Você já ouviu falar em coparentalidade? Reportagem do Fantástico apresenta uma nova forma de família, já contemplada pela lei. Fazer parte desse grupo significa encontrar alguém com quem ter um filho, dividir as responsabilidades e criá-lo em regime de guarda compartilhada, sem que haja romance nem sexo entre os pais.

Quem opta pela coparentalidade assume, em contrato, o compromisso de cumprir as responsabilidades de pai ou mãe. Os integrantes do “casal”, porém, têm vidas totalmente separadas. Em comum apenas a obrigação de cuidar da criança para sempre.

Conheça na reportagem a gaúcha que inaugurou o modelo no Brasil ao criar uma comunidade virtual que já tem 2.000 integrantes, pessoas que tiveram filhos seguindo a proposta e interessados em realizá-la. É o caso da cantora Ana Carolina que, junto com a namorada, Letícia Lima, procura um amigo para propor a coparentalidade.

Fonte: G1

Coparentalidade

Fonte: Youtube