SAINT GERMAIN

Fonte: Youtube

                                      Deusa Pórtia e Mestre Saint Germain

Este Ser maravilhoso que conhecemos como Saint Germain consumou Sua ascensão no ano de 1684. Muitas e muitas vezes Ele aceitou novas encarnações e esforçou-Se por estimular nos homens de diversos países deste planeta o desejo de liberdade, pois que liberdade é Seu atributo especial. Foi confiada a Ele, na qualidade de Mestre Ascensionado, a administração do já iniciado ciclo de dois mil anos da Era da Liberdade, assim como Jesus exerceu-a no anterior, da Dispensação Crística. Ao Mestre Ascensionado Saint Germain foram concedidos o privilégio e a responsabilidade de oferecer a liberdade no presente período, a todas as criaturas – homens, seres elementais e anjos prisioneiros. Há de chegar o tempo em que não haverá mais velhice, enfermidades, pobreza ou males de qualquer natureza; nem mesmo a chamada “morte”.

Os ensinamentos publicados pela Ponte para a Liberdade contêm a orientação dos Mestres Ascensionados para a melhor compreensão e emprego do Fogo Sagrado, a fim de que todos possam obter a liberdade do espírito, dos corpos físicos, etérico, emocional e mental. Estando os quatro corpos inferiores definitivamente purificados e harmonizados(na verdade libertados), o indivíduo estará, ao final de sua encarnação, em condições de ser um Mestre Ascensionado e assim livre para sempre!

Todas as Legiões Celestiais ofereceram-Se a Saint Germain para auxiliar nessa obra gigantesca, e Ele vem aceitando a cooperação de qualquer elemento da corrente humana, que esteja à procura de mais luz e liberdade.

No ano de 1786, Saint Germain recebeu o cargo da Bem-Amada Mestra Ascensionada Kuan Yin e, desde então, até o dia 1º. De maio de 1954, Ele preparou-Se para a imensa responsabilidade que representa ser Diretor Cósmico desta nova era.

Este bendito Mestre Ascensionado pede, nesta Hora Cósmica, orações, dedicação e auxílio de todos os que O amam, Ele que sempre viveu para servir a todos.

A Coroação de Saint Germain

Cada dois milênios a Terra ingressa em novo raio. A Roda Cósmica necessita, para uma rotação completa, de quatorze mil anos. O Chohan escolhido como representante do novo raio é coroado e investido de autoridade cósmica, para continuar a evolução do planeta e de seus povos dentro desse espaço de tempo.

O Sexto Raio, que estava sob a direção do Mestre Jesus, terminou seu ciclo no dia 1º. De janeiro de 1954. Depois de um intervalo de poucos meses começou, oficialmente, a irradiação cósmica do Sétimo Raio. O tempo decorrido de 1930 até 1954 é visto como um período preparatório semelhante ao trabalho desenvolvido pelo precursor São João Batista.

No dia 1º. de maio de 1954 celebrou-se, em Shamballa, a cerimônia festiva da transmissão da coroa, cetro, espada e manto do Mestre Jesus ao novo Chohan, Mestre Saint Germain.

A coroa, símbolo da autoridade, cingia a cabeça do Arcanjo Miguel quando aqui chegou com os primeiros homens que encarnaram na Terra; e, desde então, vem sendo usada pelos Chohans dos Sete Raios que assumem o poder a cada dois milênios. Completaram-se, portanto, quatorze mil anos da coroação do último Chohan do Sétimo Raio, que foi precedido pelo Sexto que, por Sua vez, recebeu a coroa do Chohan do Quinto, prosseguindo desse modo a sequência dos Chohans e respectivos Raios até o primeiro deles, no início dos ciclos.

O próprio Bem-Amado Mestre Jesus colocou nas mãos de Saint Germain o cetro, investindo-O de poderes sobre as evoluções angélica, humana e Elemental da presente Era. O Maha Chohan entregou-Lha a espada que simboliza o poder do Espírito Santo; e o primeiro gesto de Saint Germain foi coroar a Sua Chama Gêmea, a Bem-Amada Pórtia, Deusa da Oportunidade e da Justiça.

Cada membro da Hierarquia aproximou-Se, observando a respectiva graduação e todos, genuflexos, prestaram juramento ao novo Rei Saint Germain, oferecendo-Lhe as bênçãos de Suas próprias emanações de vida. Anjos e Seres Elementais seguiram o exemplo, derramando Suas vibrações naqueles que estavam cientes desse grande acontecimento cósmico e sobre os homens, em geral.

As Atividades ou Os Serviços Prestados pelo Sétimo Raio

É tarefa do Sétimo Raio ensinar a humanidade a transmutar os seus erros, por meio da Chama Violeta da Libertação e viver uma existência regenerada, pura e cheia de felicidade. A Chama Violeta com seu poder transmutador é um instrumento divino. Já foi explicado no início deste livro que esse processo é efetuado de modo completamente indolor.

O Sétimo Raio é transmutação, purificação e magnetização. No interior da Chama que arde em vosso coração reside o poder de atrair a luz, que está ao vosso dispor; podeis impregná-la de boas ou más vibrações e enviá-las ao Universo. Regulareis a luz pela qualidade de vossos pensamentos e sentimentos, pela palavra pronunciada e por vossas atitudes.

Essa luz move-se num círculo indestrutível e é lançada fora do centro da criação, em vós, para onde retorna a fim de ser libertada. Todos vós usais a luz primeva e imprimis nela o sinete de vossas peculiaridades. O retorno das deficiências e provações à existência terrena chama-se carma, e pode ser transmutado pelo emprego da Chama Violeta do Amor e da Liberdade.

O desejo de participar dos serviços prestados pelo Sétimo Raio à evolução do planeta e de seus povos existe latente na consciência humana, e o poder do apelo não só o realiza como mantém as forças espirituais que elevam a vida.

Qual é verdadeiramente a causa da liberdade? Deus! A partícula espiritual de cada pessoa traz em si a noção de que a liberdade e a devoção estão associadas. O mantra divino da vida é: expansão, desenvolvimento e perfeição. Estas qualidades necessitam de liberdade para sua manifestação. Sem liberdade, não pode haver progresso nem desenvolvimento!

Liberdade é Deus em Ação

É justo e é regra do Plano Divino que toda vida possua liberdade, a fim de que ele possa ser manifestado. E nisso estão incluídos não só os homens, como os seres elementais, os anjos prisioneiros e os animais.

O Sétimo Raio promove a transformação da energia divina desperdiçada e igualmente organiza o sistema de vida que todos, algum dia, deverão adotar; também propicia às criaturas a ajuda da Bem-Amada Pórtia, Deusa da Oportunidade e da Justiça que oferece a todos a liberdade, para que possam descobrir dentro de si mesmos o reino do céu, já neste plano. Saint Germain espera a colaboração de cada um de Seus bem-amados, discípulos para fazer desta Terra a Estrela da Liberdade; na qual anjos, homens e seres elementais possam andar de mãos dadas e trabalhar juntos na salvação do planeta. O Fogo Violeta da Misericórdia e da Compaixão é o instrumento divino que realiza esta condição. Por isso, Saint Germain vos pede, insistentemente, que utilizeis de forma dinâmica o Fogo Violeta, a fim de primeiramente vos libertardes, prosseguindo com a aplicação do Fogo Sagrado “por amor à Vontade Divina”, para beneficiar tudo que vive no plano terrestre. Quanto à sabedoria metafísica, muita literatura a respeito já foi escrita, mas a exigência da hora é dar orientação simples sobre o uso individual ou coletivo da Chama, a fim de que as energias humanas se unam às da Grande Fraternidade Branca no trabalho global.

O Bem-Amado Saint Germain diz:

“Pensai em Nós que isoladamente ou acompanhados de outras almas conseguimos a conquista da liberdade e da vitória. Séculos após séculos procurávamos refúgio em cavernas, grutas ou lugares onde pudéssemos Nos abrigar; porque aspirávamos a entrar em contato com as Legiões de Luz. Tínhamos o desejo de receber os Seus ensinamentos e de fazer experiências com os raios de luz atraindo-os através de apelos. Não havia ninguém que pudesse Nos dizer se estávamos no caminho certo. Não possuíamos outro guia, senão a Chama de Nossos corações. Se permitíssemos que o medo Nos abalasse, estaríamos ainda hoje vivendo entre a massa de ortodoxos. Digo-vos com toda a sinceridade: se quereis resultados reais, deveis ser resolutos e confiar em vós mesmos. Em vossa câmara secreta, decidireis se tencionais ou não cooperar com os Ascensionados. Se hesitardes em auto-realizar-vos agora, tereis de aguardar outra oportunidade. Avaliai tudo aquilo que vos temos ensinado com relação à lei da verdade, do equilíbrio, da pureza, da sabedoria e do amor. Se já vos decidistes, então permanecei firmes e ide em direção à Luz da Liberdade.

O maior exercício do mundo é usar a Chama da Liberdade e manter constantemente o equilíbrio – permanecendo no centro da própria Chama Divina.

A alquimia divinal da Chama Violeta é, realmente, análoga às demais ciências abstratas ou concretas do mundo exterior. Nada resulta do acaso. Viveis na era das pesquisas e estais no mesmo ponto em que Eu também estive(durante a encarnação anterior à Minha Ascensão) quando experimentava diversas combinações de pensamentos, sentimentos e afirmações.

Presentemente, vos encontrais num período de transformação do mundo atual e pessoal e, em poucos anos, planetário! Essas fases provocam inquietação nos corpos mentais e emocionais dos povos e, por fim, despertam-lhes o medo.

Nas transformações mundiais vindouras, ocorrerão dias difíceis, um grande número de pessoas mergulhará na miséria e provação. Todas elas irão necessitar, urgentemente, de vossos apelos à poderosa força transmutadora do Fogo Violeta.

Não deveis limitar a vossa divina e gloriosa Presença ‘EU SOU’! Meus amados, reconhecei novamente, como quando fostes criados, o Seu ilimitado poder e boa-vontade de agir em vós e através de vós a cada hora. Pessoalmente, não podeis sequer fazer uma tentativa de converter a raça humana ao estado de pureza que possuía primitivamente, mas vossa Presença pode fazê-lo.

A vossa ou a Minha Presença, de modo algum, são limitadas! Elas são oniscientes e bem capazes de projetar milhões de raios de luz em qualquer condição, lugar ou pessoa necessitada! Estamos no começo de uma nova era, cujo Chohan, pela bondade e amor de Deus, foi determinado ser Eu mesmo. Quero estar ao vosso lado nas cerimônias e rituais(atribuições do Sétimo Raio e que fazem parte dos serviços prestados). Esses atos religiosos de adoração, cuja beleza ainda não podeis avaliar, permitem que anjos, homens e seres elementais, novamente  unidos, percorram o caminho da evolução.

Juntos eles irão servir e juntos erguerão, aqui na Terra, o reino do céu.

Um dia, antes de Minha ascensão, encontrava-Me em profunda meditação diante de Minha Presença ‘EU SOU’ e sob o misericordioso, indulgente e transformador Fogo Violeta, quando houve uma expansão visual interna e, momentaneamente, vi um lavrador que andava semeando a sua lavoura. O homem guardava pesada mágoa no coração e, com a cabeça inclinada, prosseguia triste no seu trabalho. Repentinamente, vi um Raio do Fogo Violeta de Minha própria Presença ser projetado em direção a ele, envolvendo-o completamente; instantaneamente, a mágoa foi transmutada. Aquele desgosto fora causado pro Mim, em outra ocasião, e, portanto, cabia-Me o dever de repará-lo.

Desta forma, expiei a culpa anterior para com aquela emanação de vida. O semeador ergueu a cabeça; sentiu-se livre da pressão de sua dor íntima; vi então com que alegria e felicidade regressou à sua casa.

Naturalmente, aquele lavrador nunca soube a razão de seu alívio, mas Eu sabia que a sua mágoa fora desfeita, e que em Meu carma mais um erro havia sido resgatado. Acredito que isso vos interesse, meditai, pois, sobre o que foi relatado.

Quero agradecer a vossa total e espontânea dedicação à causa da liberdade e os vossos esforços e lealdade em manter este estandarte ao longo de tantas encarnações, quase sempre nas mesmas épocas em que fomos contemporâneos. Agora, que abrimos a porta para um novo dia, irei lembrar-Me de cada um que, alguma vez, esteve ao Meu lado, e todos passarão a pertencer à corte espiritual que existirá para todo o sempre!

Há, ainda, muitas coisas que desejaria dizer e, em muitas delas, ressaltar cada pormenor referente a vós. Guardadas no fundo de Meu coração existem recordações muito queridas, laços que ligam o Céu e a Terra.

Os compromissos que ainda vos mantêm atraídos à Terra permitem que permaneçais em trevas – se bem que por um pequeno período de vossa vida – impedindo, entretanto, que vós, os ‘libertos em Deus’, possais gozar das bênçãos divinas.

Espero e confio que desfruteis a felicidade proporcionada pelo advento do Sétimo Raio, alegrando-vos com a beleza do reino celeste e suas radiações. É realmente maravilhoso o que podemos alcançar e, ao mesmo tempo, libertar, através de vós, o restante da humanidade.

Agradeço os incentivos singelos e despretensiosos que acrescentam tanta alegria à vida.

Deus abençoe a cada um de vós!”

Fonte: Haja Luz Ponte Para a Liberdade

QUINTA-FEIRA, 4 DE AGOSTO DE 2016

Em toda dor existe igualmente uma cura – Saint Germain

 Áudio

Em toda dor existe igualmente uma cura.
Em toda doença existe um pedido de  socorro.
Em toda desavença, em toda briga, em todo conflito, existe um movimento para a harmonia para a paz.
Em toda a morte existe renascimento.
Em todo o ciclo que se fecha existe um nascer de um novo ciclo.
Em toda a semente que se arrebenta e desmancha na Terra, existe a promessa da nova vida.Meus amados, vocês devem olhar a vida de vocês com esses olhos, com essa compreensão espiritual.Toda a situação em desalinho na vida de vocês assim está para que possa ser feito um acerto – um movimento.

A derrota é o movimento mais baixo da onda que nasce para trazer a você a vitória. E é através desse sentimento de entrega, de compreensão dos ciclos da vida, que você progride.

Nós acreditamos que é melhor, perder vez ou outra, para que a vida tome um impulso, para um novo aprendizado, para uma nova abertura, para novos relacionamentos, para uma nova postura perante a vida.

Maior defeito aos nossos olhos é aquele que se acomoda na dor. Aquele que se acomoda vivendo uma situação contrária à sua natureza.

Ao homem é dado todos os dias o impulso da vida. Junto com os raios de Sol. Junto com a emanação do grande Sol, a Terra recebe emanações de luz, de força, de impulso, para o renascimento. Não apenas da semente, das forças da Natureza, mas, para a transformação das células, do impulso que habita dentro do seu Ser.

Cada ciclo da Terra, cada dia da Terra, que se fecha e que se abre com a noite é uma nova chance de você encher a sua alma, a sua mente, o seu corpo espiritual, do Prana.

Nos tempos antigos, os Yogis, se alimentavam do Prana – a força solar, a força do amanhecer. Por isso, essas pessoas acordavam de madrugada, antes do Sol nascer, para poder saudar junto com os raios do Sol: a força da vida, a energia nova, a nova oportunidade de viver… De fazer diferente, de aprender de outra forma… De curar as doenças… De pacificar a sua vida… De abrir caminhos para um novo momento.

O Sol é saudado como um grande doador de vida no Planeta, uma Entidade Cósmica, um Ser Espiritual de elevada potência. É o Sol que doa a vida para todos os espíritos encarnados na Terra. Reconhecer a força do Sol é reconhecer a força e a conexão de cada alma com Deus, Pai, Criador.

Vocês são filhos desse Deus. Cada pessoa encarnada é filha desse Deus. E quando você fortalece a sua conexão com o Deus, Sol, com a Luz… Você tem a oportunidade de recriar e transformar a sua vida e a sua história.

Observe as coisas que você gosta. Dê força, dê luz a aquilo que você mais gosta na sua vida. Se você gosta de estudar, de cozinhar, de cuidar das pessoas, de ler, de cantar, de tocar… Observe as coisas que dão prazer a você. Observe onde está o seu prazer, onde está a sua luz.

E no seu dia, ainda que por alguns momentos, dê espaço a manifestação desse prazer, dessa atitude, desse pensamento, dessa força que você tem dentro de você.

Esses momentos onde você se conecta com prazer, com a vida. Você renova os seus votos. Você renova a sua conexão com o Bem. Você renova a sua energia de Luz.

Não se vive apenas da noite. De igual forma, não se vive apenas de problemas. Não se vive apenas de situações complicadas. Ou de pensar naquilo que você, no momento, não pode solucionar.

Não se permitam ser na vida -Sonâmbulos da Alma- pessoas que dormem para a sua força interior.

Acordem. É o momento de acordar a sua Força. É o momento de acordar a sua Luz. É o momento de dar força, dar espaço na sua vida, para aquilo que você realmente acredita e realmente gosta.

Encontre um Espaço Sagrado, em você. Promova um Espaço Sagrado no seu dia.

E se nesse momento você pensa, “Meu Deus, eu não sei o que eu gosto… Eu não sei qual é o meu prazer… Eu não sei aquilo que realmente toca a minha alma”.

Se esse sentimento bater no seu coração, nesse momento, dialogue com o seu Eu Sou. Peça que venha de dentro de você essa intuição. E aceite as inspirações que vierem.

Se você descobrir que você gosta de cozinhar: cozinhe.
Se você descobrir que, o que você gosta é cuidar de alguém, das pessoas: cuide.
Se você descobrir que, o que você gosta é fazer jardinagem, caminhar… Seja o que for, uma coisa simples: assuma o compromisso com você mesmo de promover esse espaço de alegria, de doação, de felicidade a você mesmo, todo os dias. Um pequeno espaço para ser feliz.

Não seja, não se torne, um escravo da matéria. Não se permita continuar na vida como um sonâmbulo esquecido da sua luz. Não se permita ser conduzido pelas necessidades materiais. Porque, o rico ou o pobre, irão passar por essa vida cumprindo o seu limitado tempo na matéria e irão desencarnar.

Assim, a sua vida presente, o seu momento presente é o seu Presente. Aproveite a sua encarnação para viver plenamente os seus compromissos e o seus valores. Não deixe para amanhã o que pode fazer hoje.

Você é cem por cento responsável pela Luz ou pela Sombra do seu dia. E viva o seu dia como o dia mais importante da sua vida. Para que você possa, à noite, deitar o seu corpo e se entregar ao sono daqueles que tem a consciência tranquila, que fizeram hoje, o melhor para si mesmos.

E aqueles que estão sendo chamados para esse despertar da consciência, para assumir a sua força e o seu poder, para manifestar a sua luz… Fixem o seu pensamento no Bem. E tenham coragem. Porque, onde há luz, as sombras se manifestam.

Onde a luz atua com poder, as sombras estão cercando. Não porque exista uma força do mal, mas porque esse mundo, esse Planeta; é o planeta da dualidade. E assim é natural, como a noite e como o dia.

Faça prosperar em você a sua escolha de luz. Porque é você, aqui neste plano, que escolhe: amar a si mesmo e servir ao seu Cristo interno e fazer brilhar a sua luz… Ou deixar passar a vida na penumbra daqueles que ainda não despertaram.

Eu Sou Saint Germain. E aqui estou na missão da Evolução, na Expansão da Consciência e na Presença da Luz do Eu Sou.

Nesse momento, expando a minha energia por esta sala. E chamo ao despertar, as consciências daqueles seres, que estão ouvindo e participando do despertar.

Agora é a hora da Conexão.

De Maria Silvia Orlovas