Nesta semana andei muito envolvido nos meus trabalhos profissionais na minha
atual função. É um serviço gratificante em termos de novos aprendizados, o que
acarreta também uma forma inovadora de compreender as tarefas da “missão
espiritual” que estão inseridas dentro do contexto material desta atividade
terrena.

A linha de trabalho – A nova consciência – foi uma orientação do
próprio Comandante em um dos nossos encontros ocorrido no mês de janeiro deste
ano, quando estava vivendo um período de fortes “tempestades”. O propósito deste
trabalho está relacionado à ancoragem de uma nova “egrégora” sobre a evolução
espiritual em sua manifestação humana.

A quebra de paradigma neste caso é
a mudança de pensamentos e sentimentos que ocasionarão uma “revolução interna”
nas atitudes individuais dos seres que habitam este planeta. Estar com a mente
aberta para o “novo” é de fundamental importância para sedimentar o despertar em
massa que anda ocorrendo no mundo inteiro.

As informações sobre a
Civilização de Ouro que começam a surgir no plano físico trazem uma série de
revelações que serão desvendadas ao longo do tempo. Não se muda a mentalidade de
um ser em apenas uma existência. É um processo longo que vem ocorrendo há
séculos e ainda vai percorrer um tempo linear de quatro gerações até que esta
Nova Era se consolide na Terra.

Esta é a transição que estamos
vivenciando atualmente.

Somos o grupo de “Servidores da Luz” que assumiu a
responsabilidade e missão de trabalhar neste processo de ascensão que elevará a
raça humana para o patamar vibracional da quarta dimensão. No caso da quinta
dimensão é a “volta ao lar” para esses servidores, pois vieram desta esfera
dimensional, onde suas consciências superiores vibram numa existência de Serviço
ao Criador.

- Prossiga na
Missão!

Foi esta a ordem emitida pelo Comandante, quando uma crise
interior se estabelecia na minha consciência física devido ao meu envolvimento
direto numa operação de resgate de um ser, do qual fui encarregado de ser seu
guardião pessoal. A “onda” de ataques do plano astral era intensa e as atuações
trevosas estavam dizimando minhas energias em níveis alarmantes.

Manter
uma consciência lúcida no meio de uma batalha em três planos dimensionais
simultâneos é uma atuação de deixar uma mente atordoada, por causa da
intensidade destes “bombardeios energéticos” que não cessam em nenhum momento.
São 24 horas em estado de “tensão” e “alerta”. Desde o início de dezembro do ano
passado, não consegui permanecer uma semana sem que uma situação de perigo não
ocorresse.

O apoio que recebi da minha Mentora Espiritual naquela semana
foi decisivo para me manter no foco e serenar a minha alma conflituosa. A mensagem Dela trouxe um alívio e isso foi de
grande ajuda nos eventos que se seguiram. As tarefas seguintes seriam de alto
risco, por isso o chamado para “vestir” a armadura do guerreiro. Por muito pouco
na semana posterior, um dano muito grave poderia me afastar da Grande Missão em
que estava comprometido.

A intervenção direta e pessoal do Comandante
naquela noite impediu que um ataque devastador não se consumasse. E, mesmo que
eu tenha demorado umas horas para entender o que estava acontecendo, uma brecha
ficou aberta na “blindagem energética” que construí sobre os meus corpos após as
instruções de Ashtar. Fui parar no hospital devido à gravidade do dano que
refletiu no meu corpo físico.

- “Há risco
iminente de dano físico na sua estrutura. Cuide disso! (…) Mantenha-se neste
período afastado também da rede, para amenizar o confronto. (…) Refaça a
formação grupal… Houve infiltração com a intenção de causarem o teu
descrédito. (…) Use a blindagem esta noite. Risco de ataque confirmado…
(…) Altere o curso… Vamos acionar o Plano B… Sabes como fazer…
Cuidaremos das mudanças! (Ashtar – 12/12/2012)”

Por um espaço de
mais de um ano, o Comandante vem passando instruções que se confirmaram ao longo
do tempo. Inclusive depois que desvendei algo em meados de outubro de 2011 e
tentei compartilhar estas informações com os “Guardiães da Luz”, um grupo criado
para este propósito, ainda assim fui orientado a me manter afastado deste
evento. Houve apenas uma exceção no mês de agosto.

As duas primeiras
semanas deste referido mês foram decisivas para a humanidade, que não tomou
conhecimento deste evento cósmico. Este tema será narrado em “Pausa para
reflexão – O dilema de um guerreiro”. Mas a mensagem que recebi da minha Mentora
no início de agosto foi esta:

“Querido,

Você não precisa se preocupar
demasiadamente com o que vem por aí e sabe disso. O importante é passar a
informação para que chegue ao maior número de pessoas. Essa é a sua missão
agora.

Faças isso com coragem, pois nem todos podem entender o conteúdo
da mensagem e podem usá-la de forma inadequada para causar danos às mentes mais
fracas. Pânico é o que não queremos nesta hora, por isso você foi preparado para
fazer essa divulgação.

Sabe como proceder e como atuar. Saberá quando for
questionado o que responder. Conhece de antemão os procedimentos iniciais que
deverão ser tomados.

Já foste instruído sobre esta emergência. Não há
muito que se fazer nesta hora.

É necessário apenas que aqueles que
atenderam ao chamado estejam prontos e a postos para este grande evento que está
por vir.

Contamos com você!

O nosso querido Comandante já deixou
instruções para você e sabe como usá-las.

Esta mensagem é para reforçar o
que ficou evidente para você no nosso alerta da semana passada, e tens observado
que o momento chegou.

Por isso, estamos pedindo a sua colaboração neste
momento crucial.

Esteja de prontidão, pois terás de deslocar com mais
frequência e isto vai causar sérios aborrecimentos na sua rotina de
vida.

Muitos não te levarão a sério e poderão zombar de ti. Não perca seu
tempo numa reação improdutiva. Concentre-se na sua missão além deste
evento.

Tudo que precisas, está à sua disposição, portanto, siga as
instruções e prepare-se para outros avisos. Serás informado constantemente das
mudanças que estão ocorrendo.

Nada.
(agosto/2012)”

O
êxito da Operação Nibiru somente me foi confirmado
semanas depois, porque estava pessoalmente envolvido em outra preparação
missionária. Recebi apenas uma orientação da Mestra Nada após este
acontecimento:

- As próximas duas semanas serão decisivas para ti.
Lembre-se de carregar uma máquina fotográfica. Compreenderás o significado disto
depois. Paz meu guerreiro!

E realmente, as duas últimas semanas de agosto
marcaram o início da aparição maciça das “Bolhas de Luz” ou das “Sondas do
Comando.

A nova tarefa que me foi reservada nesta função
espiritual como “escrivão” será relatar os novos acontecimentos e a série de
mensagens que chegam a todo instante do Comando, da minha Mentora e do Grande
Ser que está entre nós.

Todo este trabalho é focado em conjunto, na nova
consciência que atualmente está banhando o planeta e preparando a humanidade
para o seu salto quântico para a quarta dimensão.

Todos os Portais de Luz
estão ativos. O novo Holograma está sendo construído por Seres
Cósmicos…

Resta a nós, Almas Estelares, fazer a nossa
parte:

Manifestar a nossa Divindade no plano terreno!

Assim
é.

Saudações da Luz!
Shima